Miguel Macedo sujeito a termo de identidade e residência

portugal.gov.pt

O Ministro da Administração Interna, Miguel Macedo

O ex-Ministro da Administração Interna, Miguel Macedo

O interrogatório ao ex-ministro terminou esta sexta-feira. De acordo com a Procuradoria-Geral da República, o ex-ministro fica sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

Miguel Macedo esteve durante esta sexta-feira a ser questionado pela procuradora Susana Figueiredo, responsável pela Operação Labirinto, sendo constituído arguido por três crimes de prevaricação de titular de cargo político e de um crime de tráfico de influências, avança o jornal Público.

Em comunicado, a Procuradoria-Geral da República afirma que o interrogatório está concluído, confirmando que o ex-ministro da Administração Interna fica agora sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

“O arguido, que ficou sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência, está indiciado por factos suscetíveis de integrarem os crimes de prevaricação e de tráfico de influência”, anuncia o comunicado.

Esta medida significa que, se o ex-ministro se ausentar de casa por mais de cinco dias terá de avisar o Ministério Público. Caso o MP queira requerer uma medida de coação mais gravosa, o juiz Carlos Alexandre terá de inquirir o antigo ministro.

O inquérito decorre no Departamento Central de Investigação e Ação Penal e, segundo a PGR, encontra-se em segredo de justiça, que confirmou ainda o levantamento de imunidade ao político.

O interrogatório tinha começado esta terça-feira, dia 8, mas acabou por ser interrompido.

Miguel Macedo foi constituído arguido durante a investigação ao escândalo dos vistos Gold, depois de ser apanhado em diversas escutas, acabando depois por se demitir do Governo.

António Figueiredo, antigo presidente do Instituto dos Registos e Notariado, é o único arguido que continua em prisão preventiva.

O processo visa ainda a ex-secretária-geral do Ministério da Justiça, Maria Antónia Anes, o ex-diretor do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Manuel Jarmela Palos, o sócio-gerente da empresa JMF Projects and Business, Jaime Gomes, e os funcionários do IRN Paulo Eliseu, Paulo Vieira, José Manuel Gonçalves e Abílio Silva.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Porque é que este não foi parar a Évora ??? Ah, já sei… É laranjada, tem o cartão do partido e é um dos intocáveis… Além disso, estamos em época de eleições e isso iria afectar a “credibilidade” do desgoverno laranjada / centrista …

RESPONDER

"Não acredito que cumpra as nossas leis". Trump diz que voto por correspondência é "inapropriado"

O Presidente dos Estados Unidos (EUA) disse que é "inapropriado" os estados levarem vários dias a contar os votos por correspondência, defendendo que o vencedor deve ser declarado na noite das eleições. "Seria muito, muito apropriado …

Reservas de sangue O+ e A+ com níveis críticos. Federação apela à dádiva

A Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) alertou, esta terça-feira, que as reservas nacionais estão com níveis críticos dos tipos O+ e A+, apelando aos portugueses para darem sangue. Em comunicado, a FEPODABES refere …

Madeira quer visitantes infetados a ajudar nas despesas da estadia. "É aquilo que é justo"

O presidente do Governo madeirense anunciou esta terça-feira que decorrem diligências para encontrar mais uma unidade hoteleira para acolher doentes com covid-19, defendendo que os visitantes infetados devem ajudar a custear as despesas da sua …

Filhos de pais separados não podem circular entre concelhos no fim-de-semana

Os filhos de pais separados não poderão deslocar-se entre concelhos para efetuar trocas de residência entre os progenitores entre 30 de outubro a 3 de novembro, o próximo fim-de-semana que abrange o Dia de Todos …

Receita fiscal cai 2.822,7 milhões arrastada pela quebra do IVA e IRC

A receita fiscal do subsetor Estado registou uma redução de 2.822,7 milhões de euros até setembro, recuando 8,3% face ao mesmo período de 2019, refletindo os efeitos da pandemia, segundo a Síntese de Execução Orçamental. “No …

Novo Banco põe à venda carteiras de malparado (e têm nomes de jogadores de râguebi)

Depois de ter cancelado o projeto “Nata 3”, com crédito malparado no valor de 1,2 mil milhões de euros, o Novo Banco prepara agora a venda de carteiras de dimensões mais reduzidas. A revelação foi feita …

"Racismo cultural". Com França e Turquia em rota de colisão, Charlie Hebdo publica caricatura de Erdogan

Numa altura em que França e Turquia estão em rota de colisão, a publicação satírica Charlie Hebdo colocou o presidente turco Recep Tayyip Erdogan na capa a levantar as vestes de uma mulher. De acordo com …

Rui Pinto responde a Júdice: "Lidou durante décadas com ladrões e nunca se queixou"

O pirata informático respondeu, esta terça-feira, através do Twitter, às críticas do antigo sócio fundador da sociedade de advogados PLMJ que, em tribunal, lhe chamou "ladrão". Esta terça-feira, na 17.ª sessão do julgamento sobre o processo …

Leopoldo López admite que nunca quis fugir (e promete regressar para "libertar" a Venezuela)

O líder da oposição venezuelana Leopoldo López disse esta terça-feira, em Madrid, na primeira conferência de imprensa depois de ter saído do seu país, que nunca o quis deixar e que a intenção é "regressar …

É "tempo de unidade". Ex-ministro da Saúde apela a Marta Temido para deixar "retórica ideológica"

O ex-ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes afirmou esta terça-feira que é "tempo de unidade no país" e é preciso "falar verdade" quanto à pandemia da covid-19, considerando que um novo confinamento generalizado "seria devastador". Adalberto …