Miguel Macedo interrogado hoje no caso dos vistos Gold

Hugo Delgado / Lusa

O ex-ministro da Administração Interna, Miguel Macedo

O ex-ministro da Administração Interna já viu a sua imunidade parlamentar levantada e deverá ser acusado no início de novembro no âmbito do processo dos vistos Gold.

Depois de ver a sua imunidade parlamentar levantada, Miguel Macedo vai ser ouvido durante esta terça-feira, nas próximas horas, segundo avança o Correio da Manhã.

O ex-ministro da Administração Interna será constituído arguido por prevaricação e tráfico de influências, um crime que é punível com pena de prisão entre os 2 e os 8 anos, e deverá ser formalmente acusado no início de novembro, também de acordo com uma notícia do CM.

Recorde-se que o ex-ministro da Administração Interna se demitiu após a detenção do ex-diretor do SEF, Manuel Jarmela Palos, com quem falava regularmente, bem como do ex-presidente do Instituto dos Registos e Notariado, António Figueiredo.

O ex-ministro garantiu, na altura, que não estava ligado às suspeitas e que se demitia apenas para não prejudicar o Governo.

“Operação Labirinto”, levada a cabo pela Polícia Judiciária desde o ano passado, investiga a atribuição fraudulenta de vistos gold, havendo indícios de corrupção ativa e passiva, prevaricação, peculato de uso, abuso de poder e tráfico de influências.

O ex-ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, vai ser ouvido esta terça-feira, nas próximas horas, no âmbito do processo dos Vistos Gold. Macedo vai ser ouvido por prevaricação e tráfico de influências, depois de lhe ter sido levantada a imunidade parlamentar. Miguel Macedo demitiu-se do cargo de ministro da Administração Interna no dia 16 de novembro de 2014 depois de o seu nome ter sido associado a um processo que envolvia a atribuição de Vistos Gold.Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/portugal/detalhe/macedo_vai_ser_interrogado_hoje.html

ZAP

Miguel Macedo, ex-ministro da Administração Interna, vai ser constituído arguido no processo dos vistos gold. O ex-governante, deputado cessante do PSD, já viu a sua imunidade parlamentar levantada e será constituído arguido por prevaricação e tráfico de influências. O ex-ministro deverá ser acusado no processo que está a chegar ao fim. A acusação deverá ser deduzida nos primeiros dias de novembro, quando faz um ano que a operação aconteceu.Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/politica/detalhe/ex_ministro_arguido_nos_vistos_gold.html
Miguel Macedo, ex-ministro da Administração Interna, vai ser constituído arguido no processo dos vistos gold. O ex-governante, deputado cessante do PSD, já viu a sua imunidade parlamentar levantada e será constituído arguido por prevaricação e tráfico de influências. O ex-ministro deverá ser acusado no processo que está a chegar ao fim. A acusação deverá ser deduzida nos primeiros dias de novembro, quando faz um ano que a operação aconteceu. O antigo ministro foi apanhado em escutas telefónicas durante a investigação. Falava com regularidade com Manuel Jarmela Palos, diretor do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras; e António Figueiredo, presidente do Instituto dos Registos e Notariado (IRN). A prisão de ambos levou Miguel Macedo a demitir-se, garantindo que nada tinha a ver com as suspeitas. Jurou inocência, mas explicou que saía para não prejudicar o Governo. No âmbito desta operação – que a PJ batizou de ‘Labirinto’ –, investigava-se a atribuição de vistos gold. Há indícios de corrupção ativa e passiva, prevaricação, peculato de uso, abuso de poder e tráfico de influências. É ainda arguida a ex-secretária-geral do Ministério da Justiça Maria Antónia Anes, o sócio-gerente da empresa JMF Jaime Gomes e os funcionários do IRN Paulo Eliseu, Paulo Vieira, José Gonçalves e Abílio Silva.Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/politica/detalhe/ex_ministro_arguido_nos_vistos_gold.html
PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Espero que não se venha a configurar como expediente o que recordo ter sido ele a pedir para ser ouvido, não podendo formalmente, ter sido ele a solicitar o levantamento da imunidade e ter desde logo pedido a demissão do governo e que nada tinha a ver com o que viria a ser indiciado! Se assim não for a justiça que seja firme nos seus exclusivos propósitos de um estado de direito democrático.

RESPONDER

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …

Grupo de precários da Casa da Música dispensado de serviço via e-mail "meia hora depois" de uma vigília de protesto

Cerca de 13 trabalhadores "precários" da Casa da Música, no Porto, foram dispensados dos concertos que tinham alocados para o mês de junho. Em declarações à Lusa, Hugo Veludo, um dos 13 assistentes de sala …

Sete detidos em operação na Quinta da Fonte ficam em prisão preventiva

Os sete homens que foram detidos numa operação policial no bairro da Quinta da Fonte, em Loures, na segunda-feira, ficaram em prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa, revelou à agência Lusa a Polícia …

O parasita da malária tem o seu próprio relógio interno

Um novo estudo acaba de revelar que, mesmo quando cultivados fora do corpo, os parasitas da malária conseguem manter o seu ritmo. Quando uma pessoa contrai malária, acontece uma dança rítmica dentro do corpo. Os sinais …