Mesmo com o aumento de infetados, diminuir a quarentena para 10 dias é uma hipótese

Manuel De Almeida / Lusa

A DGS deverá decidir em breve se o período de quarentena pode ser reduzido de 14 dias para apenas 10 dias, mas não para todos os casos. Para ficar menos tempo isolado é necessário cumprir vários critérios clínicos que ainda estão a ser estudados.

A verdade é que nos últimos dias o número de infetados por covid-19 tem vindo a aumentar drasticamente, e isso ninguém pode negar. A diretora-geral da Saúde reconhece esse aumento em Portugal, mas ainda assim Graça Freitas admite que o período de 14 dias de isolamento para casos positivos pode ser encurtado para 10 dias.

Na Europa, a lista dos países a diminuir o tempo de quarentena de 14 para 10 dias, com mais ou menos detalhes e algumas diferenças nos contornos da decisão, não pára de aumentar. Portugal poderá em breve fazer parte de um grupo onde já estão inseridos a França, Luxemburgo ou Alemanha. Por enquanto, os portugueses que estiverem em quarentena têm de cumprir os 14 de isolamento e no fim desse período realizar um teste.

Contudo, e de acordo com o Público, isso pode mudar. Graça Freitas já falou nessa hipótese mais do que uma vez, adiantando que essa “seria uma ótima notícia”.

“Os dez dias são mais ou menos consensuais para as pessoas positivas. Mesmo os franceses, que encurtaram para sete dias em relação aos doentes, em relação aos contactos dos doentes testam ao sétimo dia e, eventualmente, se o teste for negativo, só libertam essa pessoa do isolamento ao décimo dia”, disse Graça Freitas esta quarta-feira, mas relembra que caso a ideia avance “temos de ser muito cuidadosos”.

O pneumologista Filipe Froes explicou ao Público que “passados seis meses da pandemia nós já sabemos mais sobre a duração da transmissão e a evolução clínica das pessoas”. Neste sentido, o médico acha viável haver uma redução, mas apenas para “pessoas que tiverem teste positivo e com formas ligeiras de doença (ou seja, um doente que não precisa de internamento)”.

Ainda assim, há mais condições para poder ficar menos tempo isolado. O doente deve estar há pelo menos três dias sem recurso a fármacos que inibam a febre e deve também apresentar uma evolução clínica “favorável e consistente”, ou seja, menos sintomas. De acordo com os especialistas, só nestes casos é que é seguro diminuir o tempo de isolamento para 10 dias sem colocar o doente ou a comunidade em risco, diz o Público.

Além disso, Filipe Froes assume que “estes indivíduos já não precisam de fazer o teste de cura microbiológica”. “Há vantagens para todos nós. Não põem em causa a sua segurança nem a dos outros e poupam um teste de cura microbiológica que pode ser necessário para outras pessoas. E estas pessoas podem retomar a sua atividade laboral quatro dias mais cedo.”

Segundo o Público, a OMS faz a distinção entre isolamento (para casos positivos) e quarentena (para contactos de risco ou viajantes). Assim, os “critérios para a alta dos doentes em isolamento”, sem a necessidade de fazer um novo teste, estão estabelecidos: 10 dias para doentes sintomáticos, a contar após o início dos sintomas, e mais pelo menos 3 dias adicionais sem sintomas (incluindo sem febre e sem sintomas respiratórios).

Nos EUA, o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças também já recomenda apenas 10 dias de quarentena para os casos positivos que cumpram os critérios clínicos. Na Europa, o Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Uma redução de quarentena, mesmo que baseada em conhecimento científico, pode ser mal interpretada pela população que pode ver aqui um certo relaxamento nas medidas de controlo da pandemia, explica o Público.

Filipe Froes garante que “se as decisões forem suportadas cientificamente, com clareza e transparência, e permitirem garantir a segurança dos doentes e da comunidade, dissipando qualquer dúvida, não vejo que haja motivos para dúvidas”.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ainda sem fumo branco para o OE, Bloco e PCP reúnem órgãos máximos

O PCP e o Bloco de Esquerda reúnem hoje os respetivos órgãos máximos entre congressos com a proposta orçamental para 2022 no centro do debate. As conclusões da reunião da Mesa Nacional do BE serão apresentadas …

Sismo de 4,9 em La Palma e novo colapso do cone do Cumbre Vieja

A ilha espanhola de La Palma registou hoje um sismo de 4,8 de magnitude, no dia em que o vulcão voltou a sofrer um colapso no cone principal, causando grandes derrames de lava. O sismo foi …

Algas vivas sensíveis à luz (um tipo de cianobactérias chamado Synechocystis) injetadas num girino

Podia ser ficção científica, mas não é. Injetar algas no sangue dos sapos pode ajudá-los a respirar

Os sapos adotam várias técnicas de respiração ao longo da sua vida. Agora, uma equipa de cientistas alemães desenvolveu um novo método que permite que os girinos "respirem" graças à introdução de algas na sua …

As misteriosas auroras de Úrano foram finalmente detalhadas ao pormenor pelos cientistas

Auroras de Úrano foram captadas pela primeira vez em 2011 através do telescópio Hubble Space, mas as suas origens representam ainda mistérios que os cientistas não conseguem esclarecer. Pela primeira vez, os cientistas conseguiram moldar a …

Domingo invulgar: 17 grandes jogos para ver, em poucas horas

A ementa começa em França, ao meio-dia, e acaba no Chile, já depois das oito da noite. Não estamos perto do Carnaval mas vem aí um "domingo gordo" no futebol. Vários jogos grandes, uns mais mediáticos …

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …

Universidade no Reino Unido tem arquivo de "casas assombradas"

A Universidade de Sheffield, no Reino Unido, tem um arquivo aberto ao público com quase 80 mil fotografias de "casas assombradas" de várias feiras populares. Para muitos, o medo é parte integrante da experiência de uma …

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …