MB Way. Bancos “fecham” aplicação para cobrar comissões diferenciadas nas transferências

Em pleno arranque do ‘open banking’, os bancos estão a substituir a aplicação MB Way por soluções próprias que “amarram” os clientes, com o propósito de cobrar comissões diferenciadas nas transferências através do telemóvel.

Segundo noticiou o Público no domingo, os cinco maiores bancos a operar no mercado nacional estão a apostar nas aplicações tecnológicas para dar resposta às novas necessidades, cada vez mais digitais, dos consumidores.

Mas a estratégia que está na base dessas soluções (a NB smart app, a App Millennium, a App Caixa Easy, a App Santander e a BPI App) mantém princípios do “velho” modelo de negócio bancário, nomeadamente o de querer que os clientes tenham relações comerciais de exclusividade, penalizando, através da cobrança de comissões, quem quer trabalhar com várias instituições, nacionais ou estrangeiras.

A estratégia de “fechar” o negócio, num momento em que está em curso o ‘open banking’, forçado pela inovação das empresas tecnológicas na área financeira e imposto por legislação comunitária, explica a “concorrência” que os maiores bancos estão a fazer em relação à app MB Way.

A aplicação criada pela SIBS (empresa que gere a rede Multibanco e que é detida pelos maiores bancos) permite o pagamento de compras, realizar transferências imediatas e fazer levantamentos de dinheiro através de um telemóvel de nova geração (‘smartphone’) ou de um tablet.

Mas ao contrário do MB Way, onde todas as operações são gratuitas, e em que é possível associar até oito cartões bancários, de várias instituições financeiras – desde que pertençam ao grupo dos bancos aderentes -, as soluções internas de banco são fechadas, aceitando apenas os cartões bancários de cada instituição e cobrando pelas transferências. As comissões são aplicadas independentemente do valor, que em muitos casos é de poucos euros (o limite máximo é de 2.500 euros recebidos e enviados por mês).

Esta situação, que já esteve subjacente à criação das chamadas contas-pacote, trava a liberdade de muitos clientes que, no limite, têm de instalar várias aplicações para “fintar” as comissões, mas que, em alguns casos, não o conseguirão (caso do BCP, que, embora menos, cobrará nas duas app), avançou o Público.

Isto é contrário à Diretiva dos Serviços de Pagamento, cuja adoção está em curso, e tem como principais objetivos a inovação financeira, a eficiência, a redução de custos e a segurança nos serviços de pagamento.

Os bancos mais avançados na criação de soluções internas, o BPI e o Millennium BCP, foram os primeiros a criar comissões elevadas pelas transferências feitas com os seus cartões (a partir das suas contas) na MB Way, ou seja, fora das app próprias.

O BPI cobra (desde 01 de maio) uma comissão elevada (1,248 euros com imposto de selo) por cada transferência feita através da app MB Way. As transferências realizadas através da BPI app estão, atualmente, isentas.

A partir do próximo dia 17 de junho, o Millennium BCP vai passar a cobrar 52 cêntimos (incluindo imposto do selo) nas transferências realizadas na app Millennium e 1,248 euros aos que utilizarem a aplicação criada pela SIBS.

Isentos de pagamento na app interna ficam os clientes mais jovens (até 23 anos), e os que têm contas Programa Prestige, Programa Prestige Directo, Portugal Prestige, Cliente Frequente ou Millennium Go! (mais de 50% dos clientes, segundo o banco).

A NB smart, do Novo Banco, já garante todas as funcionalidades de MB Way, segundo adiantou ao Público fonte oficial, mas ainda não começou a cobrar, nem revela a partir de quando o poderá fazer. No seu preçário está inscrito a cobrança de 15 cêntimos apenas nas transferências MB Way.

O Santander e a Caixa Geral de Depósitos ainda estão a ultimar algumas funcionalidades, mas será uma questão de semanas ou de poucos meses para estarem disponíveis. O Santander já assumiu que também vai cobrar pelas transferências realizadas por MB Way, possivelmente a partir de julho, mas não revelou os valores nem os critérios de pagamento, e no preçário do banco ainda não consta qualquer valor.

O presidente do banco, Pedro Castro e Almeida, apenas adiantou (na apresentação de contas trimestrais) que a estratégia de comissionamento passará por incentivar o uso aplicação interna, e, tal como no BCP, ficarão isentos os jovens e os clientes com maior envolvimento com o banco.

O banco público tem previsto no preçário o custo de 15 cêntimos para as transferências através da Caixa Easy para MB Way (entre clientes Easy estão isentas) e 0,20 cêntimos para ordens a partir da MB Way.

À solução lançada pela SIBS (criada a 12 de outubro de 2015, entretanto melhorada) já aderiram 22 bancos: ActivoBank, Banco Atlantico Europa, Banco CTT, Bankinter, BBVA, Best Bank, BIG, BPI, Caixa Crédito de Leiria, Caixa Agrícola de Mafra, Caixa Económica da Misericórdia de Angra do Heroísmo, Caixa de Crédito Agrícola, Caixa Geral de Depósitos, Deutsche Bank, EuroBic, Millennium BCP, Montepio, Novo Banco, Novo Banco dos Açores, Popular, Santander Totta e Unicre).

Segundo informação da SIBS, “cerca de 90% dos cartões bancários em circulação em Portugal estão habilitados à adesão ao serviço MB Way”.

TP, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. É nesta, e noutras coisas, que o Banco de Portugal falha redondamente! O BP deveria regular a utilização do MBWAY, e nomeadamente a existência e o valor de comissões!
    Uma app, bem construída e bem pensada, e com fortes probabilidades de falhar, porque… os bancos têm vistas curtas, falta de visão, excesso de ganância e uma grande dose de incompetência!!!
    Se os bancos no passado tivessem tido em relação ao Multibanco, a mesma postura que estão a ter em relação ao MBWay, e cada um tivesse a sua rede de caixas privativa, tinha sido “castrado” à nascença um sistema que se tornou uma história mundial de sucesso!!!
    E o mesmo se pode aplicar às “transferências imediatas”!!! São imediatas, mas… pagando claro!!! E o BP fica calado!!!!! E pagar porquê??? Porque sim!!!! Dá mais trabalho aos bancos? Não!!! Custa horas de trabalho a alguns funcionários? Não!!! Custa energia? Não!!! Facilita a vida a toda a gente? SIM!!! Portanto paga!!!

  2. Tudo só malta porreira…
    Claro que têm de ganhar o deles. Sem discussão, mas já chega de irem ao bolso ao pessoal…
    Quando não é em juros, é em comissões, quando não é nem de uma maneira nem da outra, …é nos impostos…

RESPONDER

BMW vai começar a cobrar mensalidade pelo smart cruise e aquecedores de assentos

A BMW vai começar a cobrar uma mensalidade ou anuidade aos condutores por várias funcionalidades opcionais dos seus automóveis. Smart cruise, faróis inteligentes e aquecedores de assentos são algumas funções que passarão a ser cobradas periodicamente …

Uma boa higiene oral ajuda a travar a covid-19. Os especialistas explicam porquê

Especialistas espanhóis defendem que uma boa higiene oral ajuda a travar a covid-19, uma vez que o novo coronavírus se concentra inicialmente no nariz e boca, sendo também expelido através destas vias. "Na fase inicial …

"Muito angustiado". Papa diz sofrer com a transformação de Santa Sofia em mesquita

O Papa Francisco afirmou este domingo estar "muito angustiado" com a conversão, decidida pela Turquia, da antiga basílica de Santa Sofia numa mesquita, após a oração dominical do Angelus. “O mar leva o meu pensamento um …

Gestor de ativos norte-americano diz que o ouro é o "verdadeiro bitcoin" (e explica porquê)

Um gestor de ativos norte-americano disse, em entrevista à CNBC, que acredita que o outro é o "verdadeiro bitcoin" - e explicou porquê. O preço do ouro, "investimento-refúgio" racional para investidores em tempos de crise …

Fortuna de Jeff Bezos não pára de engordar. Acabou de atingir um novo recorde

A fortuna do fundador e CEO da Amazon, Jeff Bezzos, acaba de quebrar um novo recorde ao atingir os 182,6 mi milhões de dólares. Os números foram avançados esta semana pela revista Forbes, que detalha que …

Portugal não pode chegar ao inverno com a situação atual, alerta epidemiologista

Portugal corre o risco de não conseguir responder a um ressurgimento de casos de covid-19 no inverno, afirmou este sábado o médico de Saúde Pública Ricardo Mexia, considerando que o país não pode chegar a …

Pela primeira vez, nasceu um raro par de elefantes gémeos no Sri Lanka

Um raro par de elefantes gémeos foi encontrado num parque nacional no Sri Lanka. É a primeira vez que o país regista crias gémeas, que são extremamente raros em elefantes. Os dois animais, que terão entre …

Teste aos forcados e lotação reduzida. Publicadas as novas regras para as touradas

A temporada taurina retoma com praças com lotação de 50%, uma reivindicação do sector que viu este sábado ser publicada pela Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC) uma acualização às normas discutidas com a DGS. “O que …

Trump propôs "vender" Porto Rico após a passagem do furacão Maria, revela ex-funcionária

Elaine Duke, ex-secretária adjunta de Segurança Interna do presidente dos EUA disse que Donald Trump propôs "alienar" ou "vender" a Comunidade de Porto Rico depois de a ilha ser atingida pelo furação Maria, em 2017. "As …

Catarina Martins atira-se a Rio. Líder do PSD está a fazer "um favor" a Costa no fim dos debates

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez este sábado um duro ataque ao líder do PSD, que acusou de fazer um favor ao primeiro-ministro. Catarina Martins considerou “extraordinário” que o líder do maior partido da oposição …