Matou-os a (quase) todos: quatro dos cinco terroristas foram mortos pela mesma agente

Andreu Dalmau / EPA

Mossos d’Esquadra patrulha as ruas de Barcelona após o atentado

Podia ser apenas um filme de ação, mas aconteceu mesmo: sem dar voz ao medo, uma agente da polícia catalã disparou contra os atacantes quando estes se lhe dirigiam com facas, machados, machetes, cutelos e sacholas em punho.

Quatro dos cinco terroristas responsáveis pelo atentado da madrugada desta sexta-feira em Cambrils, na Catalunha, foram abatidos pela mesma agente dos Mossos d’Esquadra, a polícia catalã.

Segundo a agência EFE, a polícia disparou contra os atacantes quando estes saíram do carro e se dirigiram à agente empunhando facas, machados, machetes, cutelos e sacholas.

Eram cinco os terroristas que, dentro de um Audi A3, conduziam a alta velocidade no passeio marítimo de Cambrils, uma zona de praia em Tarragona, a 100 km de Barcelona.

Depois de tentarem atropelar várias pessoas (três civis ficaram feridos, um dos quais uma mulher, morreu), o carro investiu contra um veículo da polícia que o tentava bloquear, provocando feridas a um agente numa perna e na cabeça. Mais dois polícias ficaram feridos.

Foi então que os atacantes saíram do carro com armas brancas e o que se sabe serem agora cintos de explosivos falsos, em direção a outra agente, que não hesitou e acabou por abater os quatro terroristas.

O chefe da polícia dos Mossos, Josep Lluis Trapero, confirmou que “um só agente abateu quatro dos terroristas de Cambrils” e explicou que está a receber apoio psicológico. “Matar quatro pessoas, mesmo que sejas um profissional, não é fácil de digerir“.

O quinto terrorista começou a correr na direção de Salou, a zona balnear mais conhecida de Tarragona, empunhando uma faca. Foi intercetado por agentes à paisana, que dispararam para o ar para o tentar parar. Como não se entregou nem largou a arma, foi também abatido.

Estes terroristas envolvidos no atentado de Cambrils pertenceriam à mesma célula que levou a cabo o atentado nas Ramblas, em Barcelona.

“Mãe de satanás” indicia que preparavam ataque maior

Neste momento, há dúvidas se esta célula terrorista já foi ou não desmantelada. As autoridades acreditam que a sua base de operações era a vivenda que explodiu em Alcanar, Tarragona, antes do atentado de Barcelona, e onde foram encontrados vestígios de triperóxido de triacetona (TATP), um explosivo conhecido como “a mãe de Satanás”.

O El País revela este dado notando que a detecção deste explosivo “reforça a tese de que o grupo terrorista tinha planos para cometer atentados de maior alcance“.

Composto por acetona, água oxigenada e ácido sulfúrico, o TATP tem sido usado por elementos ligados ao Daesh em vários atentados na Europa.

A CNN realça que o explosivo foi também usado nos atentados de Paris em Novembro de 2015, nos ataques de Bruxelas em Março de 2016, na explosão de Manchester em Maio passado, e numa tentativa de ataque falhado em Bruxelas em Junho deste ano.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. A localidade é Tarragona e não Terragona; o veículo era um Audi A3 e não um Audi 3; a quantidade de vírgulas fora de sítio ou desnecessárias é brutal…

  2. Mulher valente!
    Mas pergunto o que estavam a fazer estes terroristas em Espanha. Como foi possível dar acolhimento a estes assassinos? A mesma pergunta é extensível a todos os países da UE.

A Lua pintou-se de vermelho na Argentina (e a causa não é propriamente boa)

Uma estranha lua com tons avermelhados pintou o céu da Argentina. O fenómeno misterioso encheu as redes sociais de fotografias e teorias. Em diferentes regiões da Argentina, várias pessoas puderam apreciar, nas últimas noites, a Lua …

Aeronave autónoma é uma alternativa acessível aos satélites (e já fez o seu primeiro voo)

A empresa Swift Engineering, em parceria com o Ames Research Center, da NASA, desenvolveu uma alternativa acessível aos satélites: uma aeronave autónoma de alta altitude e longa resistência. Já nasceu a alternativa acessível aos satélites: chama-se …

Reservas naturais chinesas salvaram os pandas da extinção (mas "esqueceram-se" dos leopardos)

Uma nova investigação revela que os esforços da China para salvar os pandas gigantes foram bem sucedidos, mas os mesmos falharam na proteção de outros animais que partilham o mesmo habitat, como é o caso …

Comunidade científica critica Trump por dizer que NASA estava "morta"

Na quarta-feira, o Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, afirmou no Twitter que "a NASA estava fechada e morta" até que o próprio fez com que voltasse a funcionar, afirmação que gerou consternação na …

É "bastante provável" que chegue à Europa uma Cybertruck de menores dimensões

É "bastante provável" que uma Cybertruck de menores dimensões venha a ser produzida e chegue depois ao mercado europeu, revelou Elon Musk, CEO da Tesla, empresa que produz estas pickups elétricas. Questionado na rede social …

Mais seis mortos e 131 novos casos em Portugal nas últimas 24 horas

Portugal regista hoje mais seis mortos e 131 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sábado, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. O número de pessoas internadas é de 366, mais nove …

"Erro" do Instagram favoreceu conteúdo de Trump face ao de Biden

Um "erro" da rede social Instagram favoreceu durante dois meses o conteúdo gerado pela campanha de reeleição do atual Presidente norte-americano, Donald Trump, quando comparado com as publicações de Joe Biden, candidato democrata que está …

Fotografia partilhada nas redes sociais levou à suspensão de alunos nos Estados Unidos

Pelo menos dois alunos da North Paulding High School, no estado da Georgia, dizem ter sido suspensos depois de terem partilhado nas redes sociais uma fotografia na qual é possível ver um corredor da escola repleto …

Estado de Nova Iorque com mais mortes por Covid-19 do que França ou Espanha

Os Estados Unidos registaram 1.252 mortos e 63.913 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo uma contagem independente da Universidade Johns Hopkins. Os últimos números de casos e óbitos registados devido a Covid-19 …

Turistas voltam a viajar, mas optam pelo low-cost

Mesmo num contexto de pandemia mundial o desejo de ir de férias continua vivo. Os turistas voltaram a procurar voos, contudo as opções recaem em percursos de curta distância e mais económicos. Ao longo dos últimos …