Matou-os a (quase) todos: quatro dos cinco terroristas foram mortos pela mesma agente

Andreu Dalmau / EPA

Mossos d’Esquadra patrulha as ruas de Barcelona após o atentado

Podia ser apenas um filme de ação, mas aconteceu mesmo: sem dar voz ao medo, uma agente da polícia catalã disparou contra os atacantes quando estes se lhe dirigiam com facas, machados, machetes, cutelos e sacholas em punho.

Quatro dos cinco terroristas responsáveis pelo atentado da madrugada desta sexta-feira em Cambrils, na Catalunha, foram abatidos pela mesma agente dos Mossos d’Esquadra, a polícia catalã.

Segundo a agência EFE, a polícia disparou contra os atacantes quando estes saíram do carro e se dirigiram à agente empunhando facas, machados, machetes, cutelos e sacholas.

Eram cinco os terroristas que, dentro de um Audi A3, conduziam a alta velocidade no passeio marítimo de Cambrils, uma zona de praia em Tarragona, a 100 km de Barcelona.

Depois de tentarem atropelar várias pessoas (três civis ficaram feridos, um dos quais uma mulher, morreu), o carro investiu contra um veículo da polícia que o tentava bloquear, provocando feridas a um agente numa perna e na cabeça. Mais dois polícias ficaram feridos.

Foi então que os atacantes saíram do carro com armas brancas e o que se sabe serem agora cintos de explosivos falsos, em direção a outra agente, que não hesitou e acabou por abater os quatro terroristas.

O chefe da polícia dos Mossos, Josep Lluis Trapero, confirmou que “um só agente abateu quatro dos terroristas de Cambrils” e explicou que está a receber apoio psicológico. “Matar quatro pessoas, mesmo que sejas um profissional, não é fácil de digerir“.

O quinto terrorista começou a correr na direção de Salou, a zona balnear mais conhecida de Tarragona, empunhando uma faca. Foi intercetado por agentes à paisana, que dispararam para o ar para o tentar parar. Como não se entregou nem largou a arma, foi também abatido.

Estes terroristas envolvidos no atentado de Cambrils pertenceriam à mesma célula que levou a cabo o atentado nas Ramblas, em Barcelona.

“Mãe de satanás” indicia que preparavam ataque maior

Neste momento, há dúvidas se esta célula terrorista já foi ou não desmantelada. As autoridades acreditam que a sua base de operações era a vivenda que explodiu em Alcanar, Tarragona, antes do atentado de Barcelona, e onde foram encontrados vestígios de triperóxido de triacetona (TATP), um explosivo conhecido como “a mãe de Satanás”.

O El País revela este dado notando que a detecção deste explosivo “reforça a tese de que o grupo terrorista tinha planos para cometer atentados de maior alcance“.

Composto por acetona, água oxigenada e ácido sulfúrico, o TATP tem sido usado por elementos ligados ao Daesh em vários atentados na Europa.

A CNN realça que o explosivo foi também usado nos atentados de Paris em Novembro de 2015, nos ataques de Bruxelas em Março de 2016, na explosão de Manchester em Maio passado, e numa tentativa de ataque falhado em Bruxelas em Junho deste ano.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. A localidade é Tarragona e não Terragona; o veículo era um Audi A3 e não um Audi 3; a quantidade de vírgulas fora de sítio ou desnecessárias é brutal…

  2. Mulher valente!
    Mas pergunto o que estavam a fazer estes terroristas em Espanha. Como foi possível dar acolhimento a estes assassinos? A mesma pergunta é extensível a todos os países da UE.

RESPONDER

Nova aplicação deteta insuficiência cardíaca através da voz

Foi desenvolvida uma nova aplicação para smartphones que prevê a insuficiência cardíaca através da voz. A tecnologia baseia-se num dos sintomas mais comuns: a falta de ar. O sintoma mais comum da insuficiência cardíaca é a …

Atividade física ajuda a prevenir a perda de visão

Uma nova investigação sugere que o exercício físico pode ser um componente-chave na prevenção da perda de visão. Os benefícios da atividade física são cada vez mais conhecidos, mas há alguns que devem ser tidos em …

Dubai vai construir uma cidade marciana no deserto

O Dubai tem em mãos um projeto ambicioso: a construção de uma cidade marciana. O projeto foi apresentado por uma empresa sediada em Copenhaga e Nova Iorque e é uma parte do plano dos Emirados …

Coreia do Norte voltou a rejeitar negociações com os Estados Unidos

A Coreia do Norte disse, esta terça-feira, que não tenciona retomar o diálogo com os Estados Unidos, quando o vice-secretário de Estado norte-americano, Stephen Biegun, chegou à Coreia do Sul para discutir diplomacia nuclear. Num comunicado …

Construiu uma cadeira de rodas com bicicletas elétricas para a namorada. Agora, vai produzi-la em massa

Para Zack Nelson, construir esta  peça inovadora de engenharia foi "super divertido e surpreendentemente simples". Há cerca de um ano, Zack Nelson, o youtuber de tecnologia do canal JerryRigEverything, uniu duas bicicletas elétricas para criar uma …

A reeleição de Trump nunca esteve tão ameaçada. A culpa é do pessimismo dos americanos

A gestão do Presidente norte-americano face à pandemia e a perspetiva de uma crise económica ameaçam a reeleição de Donald Trump. Um estudo de opinião da Fundação Peter G Peterson para o The Financial Times indica …

Ministros da Indonésia promovem colar de eucalipto como cura para a covid-19

O ministro da Agricultura da Indonésia foi muito criticado por especialistas por alegar que um colar feito de eucalipto pode ajudar a impedir a transmissão da covid-19. Segundo o The Guardian, o ministro da Agricultura da …

SATA pede auxílio ao Estado no valor de 163 milhões de euros

A SATA, companhia aérea detida a 100% pela Região Autónoma dos Açores, precisa do valor até ao final do ano para pagar dívidas. A SATA pediu um auxílio ao Estado de 163 milhões de euros para …

Cortiça portuguesa usada em foguetões da Space X

A Corticeira Amorim forneceu a Space X, de Elon Musk, para componentes usados nos foguetões espaciais da empresa, adiantou o presidente da empresa, António Rios Amorim. "É o nosso maior cliente [deste segmento] neste momento desde …

Pandemia põe em risco mais de 40% dos empregos no Algarve

Além do Algarve, outros destinos turísticos europeus, como ilhas do sul da Grécia, Canárias e Baleares, estão também em risco. As regiões onde o turismo tem mais peso enfrentam um risco maior de destruição de emprego, …