Máscaras vieram para ficar. Mas pode haver exceções

A máscara de proteção individual vai continuar a fazer parte do nosso dia-a-dia. No entanto, pode haver exceções para os já vacinados contra a covid-19.

O Governo convidou os especialistas a criarem um novo plano e novas regras para o país gerir o combate à pandemia de covid-19 quando estiver completa a vacinação de “todos com mais de 60 anos”.

De acordo com o Público, coube a Raquel Duarte, da Administração Regional de Saúde do ​Norte e do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), traçar as linhas para o futuro.

A proposta de plano da pneumologista, que foi entregue esta semana e que envolveu o matemático Óscar Felgueiras e especialistas de várias áreas do conhecimento, servirá de base à estratégia do Executivo para os próximos meses.

A especialista adiantou ao diário que a vacinação tem de se manter no ritmo atual e a testagem maciça e o cumprimento, na generalidade, das medidas individuais têm de continuar a acontecer.

Os peritos admitem o alívio de algumas medidas ao longo do tempo, mas dizem que algumas restrições vieram mesmo para ficar. É o caso do uso de máscara e da prática do distanciamento físico, que vão continuar a ser “fundamentais” para o sucesso desta nova fase.

Ainda assim, os especialistas admitem a possibilidade da dispensa da utilização da máscara em contextos específicos para quem já foi totalmente vacinado (pessoa que recebeu duas doses da vacina há mais de 14 dias).

“A utilização da máscara vai manter-se, mas é evidente que já se prevê que em alguns contextos para populações vacinadas possa não ser necessário o seu uso”, revelou Raquel Duarte.

“Tem de existir sempre uma avaliação de risco que tem de ter em conta não só a vacinação, mas também a idade, as comorbilidades e até o contexto em questão. E, mais uma vez, é proposta essa avaliação de risco no documento”, acrescentou.

No fundo, é necessário ter em conta vários fatores, como a vacinação, a testagem, as variantes, os internamentos e ainda as infeções nos mais jovens.

Apesar disso, será necessário criar oportunidades para a população poder socializar em segurança. Raquel Duarte disse ao Público que a proposta entregue visa um aumento da liberdade a “conta-gotas”.

“Há vontade de socializar e de voltar à vida normal. É inevitável que ocorra uma intensificação dos contactos, mas é importante que isso seja feito em segurança. Se forem criadas essas oportunidades, será sempre benéfico. Avizinha-se o verão, o bom tempo. Vamos ter que planear essas atividades”, adiantou.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Euro2020. Eriksen cai inanimado no relvado. Dinamarca-Finlândia suspenso

O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do Grupo B do Euro2020, foi interrompido ao minuto 43 depois do médio Christian Eriksen ter caído inanimado do relvado. O jogador do Inter Milão, de 29 …

Hungria quer proibir conteúdos sobre homossexualidade a menores de 18

O Governo conservador húngaro preparou nova legislação que proíbe a exibição de material pornográfico de qualquer tipo e de quaisquer conteúdos que encorajem a mudança de género ou a homossexualidade a menores de 18 anos. O …

Boris "não hesitará" em suspender acordo por causa da Irlanda do Norte

O primeiro-ministro britânico afirmou, este sábado, que "não hesitará" em suspender o acordo do Brexit se a União Europeia (UE) não mostrar flexibilidade e aceitar aplicá-lo de forma "sensata". "Se o protocolo continua a ser aplicado …

País de Gales 1-1 Suíça | Desperdício helvético com preço alto

Dois golos nascidos em pontapés de canto ditaram, este sábado, um empate 1-1 entre um País de Gales aguerrido e uma Suíça penalizada pela ineficácia ofensiva, num embate da primeira jornada do grupo A do …

Sesimbra também não avança para a nova fase de desconfinamento

O concelho de Sesimbra não vai avançar para uma nova fase de desconfinamento, ao contrário do que estava previsto, devido ao aumento local de casos de covid-19, disse à agência Lusa o presidente da autarquia, …

Influente bispo alemão não vê "por que não" se pode abençoar casais homossexuais

"Se os homossexuais pedem alguma bênção, por que não?", disse, esta sexta-feira, um bispo alemão que foi recebido pelo papa Francisco no Vaticano, a propósito da delegação da Comissão Episcopal da União Europeia (Comece). Franz-Josef Overbeck, …

Mais 789 novos casos de covid-19 e uma morte em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais uma morte e 789 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 789 novos …

Organização dos Jogos Olímpicos estima cerca de sete casos diários

Os organizadores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 estimam que haverá cerca de sete casos de covid-19 por dia entre as pessoas envolvidas no evento, disse a emissora pública japonesa NHK. A estimativa foi …

Mais dois militares vão a julgamento por agressões em curso dos Comandos

Estão em causa dois cursos anteriores ao que levou à morte, em 2016, dos recrutas Hugo Abreu e Dylan da Silva. Um dos casos segue já para julgamento, o outro vai para a fase de …

Remodelação à vista (com saídas e trocas de pastas por "um Governo de combate")

O Governo de António Costa tem pela frente um mês de Julho decisivo que ficará marcado pela chegada dos fundos da bazuca europeia. E há dirigentes socialistas que acreditam que o primeiro-ministro deve aproveitar a …