Marques Mendes apanhado a pedir favores nas escutas dos Vistos Gold

PSD / Flickr

Luis Marques Mendes com Miguel Macedo

As escutas telefónicas ao caso dos Vistos Gold detectaram Marques Mendes a solicitar favores ao presidente do Instituto dos Registos e Notariado (IRN), António Figueiredo, um dos principais arguidos do processo.

Um dado avançado pelo jornal Público que destaca que o actual comentador político e ex-líder do PSD foi “escutado”, no âmbito das gravações dos registos telefónicos de António Figueiredo, a interceder pela atribuição da nacionalidade portuguesa a duas familiares de empresários estrangeiros.

Em causa estariam a esposa do empresário moçambicano Salimo Abdula, que não terá até hoje obtido a desejada nacionalidade portuguesa, e a nora do fundador do grupo brasileiro Pão de Açúcar, Geyze Marchesi Diniz, que conseguiu mesmo a dupla nacionalidade.

O Público nota que Marques Mendes “intercedeu” pela agilização dos dois processos, “tendo-se disponibilizado, num dos casos, para falar sobre a questão com o ministro da Economia, António Pires de Lima“.

O comentador político confirmou ao jornal esta abordagem a Figueiredo, notando que “o caso arrastava-se há mais de um ano sem que os serviços dessem qualquer informação”.

Marques Mendes defende-se ainda com o facto de a tal mulher do empresário moçambicano continuar sem a nacionalidade portuguesa, apesar de “ter condições para ser solucionado face à lei”, sublinha.

Pediu favor pela filha que ia casar

O ex-líder do PSD ainda terá solicitado a António Figueiredo ajuda para resolver um problema relacionado com o Cartão de Cidadão da filha, passando por cima dos habituais procedimentos nestes casos.

Marques Mendes justifica no Público que o caso da filha “era uma situação de emergência” porque “ia casar e não conseguia fazer a escritura da casa sem resolver o assunto”.

O comentador político terá também estado envolvido no processo que resultou na isenção do pagamento de 1,8 milhões de euros de IVA por parte de uma empresa de Jaime Gomes, seu sócio e também arguido dos Vistos Gold.

Jaime Gomes é ainda amigo do ex-ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, também acusado no processo, nomeadamente no âmbito desta isenção de IVA num negócio relacionado com o acolhimento em Portugal, de doentes líbios para tratamentos hospitalares.

Marques Mendes diz no Público que, neste caso, a sua intervenção foi meramente no âmbito de consultor da Abreu Advogados e que apenas colocou Jaime Gomes “em contacto com uma especialista em direito fiscal”.

Relvas pediu ajuda e em menos de duas horas Figueiredo resolveu

O Público nota ainda que também o ex-ministro Miguel Relvas recorreu a António Figueiredo, uma vez que a sua esposa precisava de uma certidão do registo criminal para conseguir um visto para Angola, onde ia a um casamento.

Em menos de duas horas, o então presidente do instituto terá resolvido a questão, enviando “um motorista do IRN” levar o documento em mão à casa do ex-ministro, nota o jornal.

António Figueiredo terá também intercedido depois de um pedido do secretário de Estado da Segurança Social, Agostinho Branquinho, no sentido de agilizar a actualização da caderneta predial de um imóvel que este e a mulher queriam vender.

E até a actual ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, terá tentado resolver o problema de uma familiar sua angolana, que queria obter a nacionalidade portuguesa, através de Figueiredo.

Ao Público, a ministra confirma que, quando era Procuradora-Geral Distrital de Lisboa, falou com o presidente do IRN sobre o caso e que este a levou a uma conservadora que, contudo, não resolveu a situação desta familiar que é filha de portugueses, mas que nasceu em Angola quando o país ainda era uma colónia portuguesa.

Apesar do desfecho neste caso, o Público refere que “António Figueiredo fazia com que os almejados documentos surgissem nas mãos do interessado quase que por milagre, de um momento para o outro”.

ZAP

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Pobre Pais com gente desta, correram com os residentes das Provincias Ultramarinas, e agora querem a dupla nacionalidade, para vir usufruir dos
    impostos que os Portugueses pagam, logo têm estes angariadores politicos a disposição.

  2. afinal sr marques mendes para nos ja não e novidade mas quem apregoava sem macula e pecado original tudo parece estranho mas não nos admira foi aprendido tudo na escola do psd ja não da para estranhar

  3. afinal sr marques mendes para nos ja não e novidade mas quem apregoava sem macula e pecado original tudo parece estranho mas não nos admira foi aprendido tudo na escola do psd ja não da para estranhar porque sera que estes estrangeiros todos querem vir para republica das bananas algo ha que lhes agrada pois encontram sempre estes que de mao estendida lhes oferecem o seu apoio

  4. Será que já terem adiado 2 vezes a 1ª consulta da minha filha, também pode ser classificado de situação de emergência?
    Agora está marcada para o 3ºmês, e é partindo do princípio que não é adiada novamente.
    ZERO de acompanhamento a um recém-nascido pode ser classificado de situação de emergência, ou o critério só se aplica a ministeriáveis e afins?

RESPONDER

Nação Cherokee pede à Jeep que deixe de usar o nome da tribo nos seus carros

"É hora de a Jeep reconsiderar chamar os seus SUVs Cherokee e Grand Cherokee". Pela primeira vez, a tribo norte-americana Nação Cherokee pediu diretamente à Jeep para parar de usar o seu nome nos seus …

PCP quer apoios a 100% para pais "imediatamente e com efeitos retroativos"

O secretário-geral do PCP pediu ao Governo, este sábado, apoios a 100% para os trabalhadores que estão em casa com os filhos, pagos "imediatamente e com efeitos retroativos", e defendeu um plano de desconfinamento "setor …

Naufrágio grego que levava partes do Partenon está a revelar os seus segredos

A última expedição de mergulhadores ao navio grego Mentor, que naufragou perto da ilha Citera em 1802, recuperou várias peças do cordame, moedas, a sola de couro de um sapato, uma fivela de metal, uma …

Chega vai reagir "muito veementemente" na rua à tentativa de ilegalização

O líder do Chega disse, este sábado, que o partido vai responder "muito veementemente" e com "presença na rua", já em março, à tentativa de ilegalização da estrutura promovida por Ana Gomes. "Quero deixar claro aqui, …

Procura-se candidato para dormir. Site oferece 1650 euros e uma noite num resort

Este pode ser, literalmente, um emprego de sonho: fazer dinheiro enquanto se dorme, incluindo uma noite num resort de 5 estrelas. O site Sleep Standards, que se dedica a dar informação sobre pesquisas e produtos relacionados …

Catarina Martins faz apelo a Costa. "Moratórias têm de ser estendidas já"

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez um apelo direto ao primeiro-ministro, este sábado, para que não espere que "seja tarde demais" e decida já estender as moratórias, evitando assim uma vaga de despejos e …

Toronto apresenta providência cautelar contra projeto que constrói "casas" para os sem-abrigo

Um carpinteiro canadiano decidiu construir abrigos para as pessoas que vivem nas ruas de Toronto. A autarquia considerou que são perigosos e apresentou uma providência cautelar. De acordo com a empresa de media Vice, Khaleel Seivwright, carpinteiro …

Trinta anos depois, MI6 pede desculpa por ter banido espiões gays

Richard Moore pediu desculpa " pela forma como colegas e concidadãos LGBT+ foram tratados", tendo-lhes sido negada a oportunidade de servir o país no MI6. O chefe do MI6, o serviço secreto de inteligência do Reino …

Já foram administradas 837.887 vacinas em Portugal

Um total de 837.887 vacinas contra a covid-19 foram administradas em Portugal desde 27 de dezembro, quando foi dada a primeira dose, indicou o Ministério da Saúde este sábado. Num comunicado de balanço do processo de …

Pintura de Van Gogh de Paris nunca antes vista exibida pela primeira vez

Uma pintura de Vincent Van Gogh de uma rua de Paris foi exposta pela primeira vez depois de passar mais de 100 anos "escondida" pelos seus proprietários. Uma cena de rua em Montmartre, em Paris, pertenceu …