Afinal, Mário Nogueira não pretende deixar o PCP

Paulo Novais / Lusa

O secretário-geral da FENPROF, Mário Nogueira

O líder da Federação Nacional de Professores (Fenprof), Mário Nogueira, não está, afinal, a pensar deixar de ser militante do PCP. Esta posição surge depois de o jornal Público ter noticiado que ele ia repensar o seu futuro no partido.

Mário Nogueira admitiria deixar o PCP depois de os comunistas afirmarem que vão chumbar o “travão financeiro” da direita relativamente ao decreto sobre a aprovação integral do tempo de serviços dos professores. A mesma posição foi tomada pelo Bloco de Esquerda e, por isso, a aprovação do diploma perdeu força e deve mesmo chumbar em votação final. 

“Poderia ter havido uma maior consideração pelos professores e isso põe-nos a pensar”, disse Mário Nogueira, logo no início da semana, apelando diretamente aos partidos de esquerda para que se abstivessem na votação das condições propostas pelo PSD e CDS.

Questionado pelo Público sobre se estaria a pensar desfiliar-se do PCP devido à posição agora assumida por este partido, o líder da Fenprof comentou que ainda não teve “tempo para pensar nisso”, mas também não descartou a possibilidade. O diário concluiu, assim, que Mário Nogueira poderia “afastar-se do partido”.

Mas uma fonte da Fenprof garante ao Diário de Notícias que Mário Nogueira “não tem qualquer intenção” de deixar o PCP e que “o título da notícia” do Público “não corresponde ao que foi dito e está no texto”.

“Quando se aceita estar numa vida mais pública, consegue-se muitas vezes viver com os insultos e ataques que muitas vezes vêm de onde já se espera. Não é isso que mata. O que mói é quando vêm de pessoas mais próximas, como o meu camarada Carlos Carvalhas, e isso põe-nos a pensar sobre o futuro”, disse Mário Nogueira na entrevista ao Público.

Na terça-feira, o antigo secretário-geral do PCP Carlos Carvalhas disse que só entende o apelo aos partidos de esquerda feito por Mário Nogueira na véspera “pelo desespero”. “A certa altura, as pessoas agarram-se a qualquer coisa”, afirmou, em declarações à TSF.

O líder comunista, Jerónimo de Sousa, disse nesta terça-feira que “houve uma apreensão [do secretário-geral da Fenprof], que se compreende perfeitamente. Mas a grande questão é que não podemos enganar e iludir os professores”, votando favoravelmente os critérios da direita “a troco de uma mão cheia de nada”.

“Acho que, mais cedo ou mais tarde, os professores vão assumir que fizemos bem”, disse.

Mário Nogueira disse ainda que só soube da posição do PCP e do Bloco quanto ao modo como vão votar no Parlamento pela comunicação social.

O Parlamento está no período crucial no que respeita a este diploma. A comissão parlamentar de educação deu esta terça-feira o seu aval à proposta de texto final sobre as alterações ao diploma dos professores, o que deverá remeter para o próximo plenário, na sexta-feira, dia 10, a votação final global da apreciação parlamentar.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. É claro que não !
    O PCP dá-lhe o respaldo necessário para se mostrar importante.
    Como é que os professores se sentem, representados por um professor comuna que já não entra numa sala de aula há mais de 20 anos, mas continuando a receber como professor ??

  2. O número de professores destacados nos sindicatos é actualmente de 281, dos quais 125 exercem actividade sindical a tempo inteiro e por isso não dão aulas!
    O nosso amigo Márinho também não sabe o que é dar aulas, mas sabe bem o que é receber do bom e não fazer nenhum!
    Só a estes amigos professores sindicalistas, todos nós pagamos cerca de 10 milhões de euros por cada ano!
    Querem ser sindicalistas a tempo inteiro? OK, mas porque motivo tenho eu de lhes pagar o ordenado?
    E pior, agora vêm reclamar o que perderam no tempo da crise, quando eu no privado também perdi e não reavi nada! Sendo que agora querem que lhes pague o que eu não tive!
    É INJUSTO PARA TODOS OS PORTUGUESES!
    Percebem agora porque motivo não ganham a simpatia do povo???
    Enxerguem-se e tenham decoro!

RESPONDER

Sócrates saúda saída da prisão de Lula. "Sei que estás em festa, pá"

O antigo primeiro-ministro José Sócrates, acusado de corrupção, considerou que a saída da prisão de Lula da Silva representou uma "reentrada no mundo" do ex-chefe de Estado brasileiro, acontecimento em relação ao qual o PS, …

Ministra da Justiça visitou mãe que abandonou bebé no lixo

A mãe que abandonou o bebé no caixote do lixo em Lisboa está bem de saúde e a receber apoio psicológico, constatou a ministra da Justiça, que esta sexta-feira visitou a jovem na cadeia de …

Ex-embaixadora dos EUA na Ucrânia acusa Trump de intimidação

Marie Yovanovitch, antiga embaixadora dos Estados Unidos na Ucrânia, denunciou esta sexta-feira a existência de uma campanha para a descredibilizar levada a cabo por Donald Trump com ajuda de ucranianos, no inquérito para a destituição …

Subida do Salário Mínimo Nacional vai aumentar as propinas

A subida do Salário Mínimo Nacional para os 635 euros em 2020, vai ter influência em valores a pagar ou a receber, nomeadamente nas propinas mínimas do Ensino Superior público e nos tectos do Fundo …

É essencial um acordo internacional para taxar “gigantes” tecnológicos, defende Costa

O secretário-geral do PS, António Costa, considerou esta sexta-feira insustentável do ponto de vista social a situação em que classes médias e pequenas empresas suportam a maior parte do esforço fiscal e defendeu um acordo …

Lisboa entre as cidades com trânsito mais caótico do mundo

Um estudo da Mister Auto - marca líder de mercado na venda de peças para automóveis - agora divulgado revelou que Lisboa está na 74.ª posição no 'ranking' das cidades mais circuláveis. Ou seja, muito …

Parlamento rejeita reforçar subsídio de doença para doentes crónicos e oncológicos

A Assembleia da República rejeitou esta sexta-feira, na generalidade, reforçar o subsídio de doença para doentes crónicos, oncológicos ou graves. Em causa estavam dois projetos de lei de Bloco de Esquerda e PCP e um projeto …

Vacas levadas pelo furacão Dorian aparecem dois meses depois

Três vacas desapareceram de uma ilha na Carolina do Norte, em setembro, na sequência do furacão Dorian. Nas últimas semanas, foram encontradas a oito quilómetros de distância. As três vacas desaparecidas de uma ilha na Carolina …

Criptomoedas são "péssima ideia" e interferem com a política monetária

O Nobel da Economia de 2007, Eric Maskin, afirmou, em entrevista à Lusa, que as criptomoedas são uma "péssima ideia", alertou que interferem com as medidas de política monetária e partilhou que tem esperança que …

PSD aponta Rio e Pinto Balsemão para Conselho de Estado. PS indica Louçã e Carlos César

PS e PS revelaram esta sexta-feira quais os nomes que vão indicar para o Conselho de Estado. O antigo governante Francisco Pinto Balsemão, o líder do PSD, Rui Rio, e o bloquista Francisco Louçã são …