Marcelo já não acredita nas contas de Costa

Tiago Petinga / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo Rebelo de Sousa já não está tão optimista relativamente às contas do governo de António Costa. Depois de em Maio ter afirmado que estava “tranquilo” com o cenário económico, agora estará mais desconfiado e a antecipar novas medidas de austeridade.

É o jornal Expresso que o garante, noticiando que “Marcelo já não confia nas contas de Costa”.

De acordo com o semanário, o Presidente da República “desconfia das previsões económicas” e “admite medidas adicionais” de austeridade ou um Orçamento rectificativo para fazer face a um cenário eventualmente mais pessimista do que aquele que o governo apresenta.

Em Maio, Marcelo disse ao DN estar “tranquilo em relação ao fecho das contas de 2015, quer quanto às perspectivas dos documentos, quer no que respeita às reformas dos próximos anos, quer no que respeita à quantificação da evolução da economia nos próximos anos”.

Deitar charme a Merkel para pedir ajuda

O Presidente da República realiza uma visita oficial a Berlim entre domingo e segunda-feira, tendo como principal objectivo sensibilizar as autoridades alemãs para a “injustiça” que representaria a aplicação de sanções a Portugal devido ao défice.

Mas o Expresso realça que Marcelo Rebelo de Sousa vai também pedir a Angela Merkel, a Chanceler alemã, ajuda para a Caixa Geral de Depósitos e para o Novo Banco, que apresentaram elevados prejuízos.

O governo também estará a tentar sensibilizar as autoridades europeias para a necessidade de injectar 4 mil milhões de euros na CGD, provenientes de fundos públicos.

Marcelo admitiu, esta quinta-feira, que “há um tema fundamental para tratar em Berlim, o tema das sanções”.

Este assunto voltou à agenda europeia e nacional após o ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schauble, ter alegadamente manifestado a sua oposição ao adiamento de sanções a Espanha e Portugal decidido pela Comissão Europeia, durante uma reunião dos ministros das Finanças da União Europeia (Ecofin), na passada quarta-feira, em Bruxelas.

“Eu penso que é uma injustiça estar a aplicar sanções a Portugal por causa do ano de 2015 e vou explicar isso. Há razões para isso, não é uma razão sentimental ou emotiva”, sustentou Marcelo.

O presidente tem previstos encontros, na segunda-feira, com Angela Merkel, com o presidente da república alemã, Joachim Gauck, e com o presidente do Bundestag, o parlamento federal, Norbert Lammert.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

19 COMENTÁRIOS

  1. Ninguém acredita, nem o próprio António Costa…
    Mas não é razoável que seja – nesta altura – o Presidente da República a “comentar”; Depois de várias intervenções “infelizes”, eu continuo a pedir ao PR que se “resguarde”

  2. É como diz o povo…
    De hora a hora Deus melhora, podes ter fé no rifão, mas não durmas, vai buscar remédios pela tua mão…

  3. Mas só agora é que deixou de acreditar? Deve estar a brincar… Eu sou um zé ninguém e nunca acreditei. Claro que nem a esquerdalhada acredita na geringonça, mas enquanto a pau vai… eles vão mamando!!!

      • Infelizmente, e com a ajuda preciosa da “Europa”, (que nada tem de união) o fim está cada vez mais próximo. Bruxelas quer um Governo submisso como o do Passos. O Costa dá muitos problemas. Têm medo que ainda seja possível que Portugal paga as suas dívidas. Com a direita isso não acontecerá… é a primeira vez que a “União” acena com sanções. Alguma vez isso aconteceu no (des) Governo do Passos? Mesmo NUNCA tendo atingido os objectivos exigidos pela troika? Ora aí está! O Governo funciona e bem (a democracia nunca esteve mais forte) mas, infelizmente, a dependência crescente da Merkl, torna-nos frageis e muito faceis de chantagear e manipular. Infelizmente não me parece que o Costa irá aguentar muito mais. Para mal dos portugueses… Inclusivé das “direitalhas”…

      • Dê para o torto? Mas aquilo já nasceu torto e não tem jeito de se endireitar. Ainda não fizeram uma de jeito, e o que fizeram não passam de operações de charme. A direita foi má, a geringonça de esquerda é péssima. Não temos alternativas mínimamente de jeito no País. Portugal é pequenino, temos pouco por onde escolher… mas se comparar-mos com EUA que neste momento tem 3 potenciais candidatos a presidente, cada um pior que o outro, sendo que um deles (nest caso ela) devia estar presa à muito tempo e mesmo assim anda cheia de peito a fazer campanha… e depois um palhaço cheio de nada e um socialista psicopata… Parece que mundialmente a ‘pouca vergonha’ ganhou direito de cidadania…

  4. E então!? São só porta-vozes do Marcelo! É a Associação de Pais (dos colégios privados…) que dizem que ele disse. É o Expresso que diz o que ele disse. Mas… Ele nada disse! Em que ficamos? No fundo o PR diz meia dúzia de generalidades e vêm alguns iluminados “interpretar” o que ele disse. Deixem-se de tretas! Não acreditem em tudo que a imprensa (os média!) vos diz. 90% é mentira ou interpretação livre (tendenciosa) de declarações (e incluo frases tiradas do contexto e omissões estratégicas). Só sou eu que vejo isto? Mas está tudo cego? Mesmo aqueles que são contra as “esquerdalhas” (que ainda não perceberam o que a direita realmente é…)?
    AAAAAA….. COR….. DAIIIIIIII!!!!!!

  5. Nao tenho partido nem quero saber deles para nada. Mas se alguem me puder responder agradeço. Porque é que a malta da esquerda defende cegamente o que os politicos da esquerda fazem? Não interessa se bem ou se mal. São completamente cegos e dementes…. Não vejo do lado da direita tanta demençia… Tambem existe só que do lado da esquerda são agressivos e portam-se como uma rebanhada. Há malta aqui que ainda defende o Socrates, por ex. È isto possivel? A resposta que quero é de alguem racional e coerente e não destes exemplares que comentaram acima. Obrigado.

    • Infelizmente não terás o que pediste (terás um comentário de um dos “exemplares que comentaram acima”… Não sei em que mundo vives… A agressividade é a mesma! Há gente que defende o Sócrates porque ele não fez só coisas negativas… Olha que há gente que defende o Passos (deve haver algures algo que ele terá feito bem… ao povo)…
      Não vês tanta demência? O que é que andas a ver e a ouvir? O Correio da Manhã? Vê o canal da Assembleia da República (AR TV) e vê lá a demência…
      Ah! Por último, não terás partido, mas parece-me que já tens preferência… Não é a minha, de certeza, mas não te esqueças de ir votar nas próximas eleições. A menos que queiras a demência da ditadura…

  6. Mas afinal o que é que disse o PR ? A montanha pariu um rato. Não vi uma única palavra transcrita acerca da “desconfiança” do Prof. Marcelo. É evidente que é o desejo da direita mais retrógrada que se vai entretendo a criar casos onde eles não existem. Os cães ladram, mas a geringonça vai funcionando…

  7. Isto é a que eu chamo títulos incendiários, que despoletam respostas parvas de quem não lê apenas os títulos….

  8. Nossa, tanto fanatismo e violência verbal dos 2 lados da barreira! Por favor, encontrem um meio termo! A cegueira clubista-partidária, não é boa conselheira.

  9. Nossa! Tanto fanatismo e violência verbal dos dois lados da barreira, que até provoca calafrios. Por favor, encontrem um meio-termo sem clubismo-partidário
    Isenção nos comentários, procura-se!

  10. Penso que o presidente está a dar confiança demais quer à esquerda que imagina que deve fazer o cozinhado como muito bem entende e que ao presidente resta apenas dar a sua bênção, quer à comunicação social que usa e abusa da sua gentileza, um dia virá que o cozinhado cheirará a esturro e que alguns órgãos da comunicação social se tornam enjoativos.

  11. Ora aqui estão os habituais jornalistas que nem de 2ª categoria são que adoram desestabilizar o país, jornalistas da direita claro!

RESPONDER

Família encontrou mais de 2.200 fetos preservados em casa de médico norte-americano

Uma família encontrou mais de 2.200 fetos preservados na casa de um médico norte-americano que morreu no início deste mês. O The Guardian avançou este domingo que uma família encontrou 2.246 fetos preservados em casa de …

Mais plástico e menos peixe. Explorador britânico teme pelo mar português

Farto de ver cada vez mais plástico e menos peixe no oceano, o veterano explorador e documentarista britânico Paul Rose defende que Portugal deve criar mais áreas marinhas protegidas. Paul Rose, que mergulha desde os anos …

Há 10 anos, Banksy pintou chimpanzés no Parlamento inglês. Agora, o quadro vai a leilão

Em 2009, o artista de rua conhecido como Banksy pintou uma enorme tela a óleo do parlamento inglês, mas em vez de deputados os tribunos eram chimpanzés. Banksy pintou o quadro, com quatro metros de comprimento, …

Tempestade em Espanha derrubou palmeira que era Património da Humanidade

A queda de "La Centinela", a árvore mais alta do conjunto que a Unesco classificou como Património da Humanidade desde 2000, está entre os danos materiais causados pela passagem da "gota fria" - um fenómeno …

Dador de esperma teve 12 filhos com autismo (e foi processado)

Danielle Rizzo tem dois filhos autistas, um com seis anos e outro com sete. Ambos foram concebidos com recurso a um dador anónimo. Há três anos, Rizzo descobriu que estes fazem parte de uma "família" …

Em Hollywood, os homens ganham mais 1 milhão de dólares do que as mulheres

Uma equipa de economistas analisou o salário de 246 atores e atrizes e concluiu que as mulheres ganham em média menos 56% do que os homens na indústria cinematográfica, pelos mesmos papéis. A diferença média entre …

"O primeiro passo para salvar o planeta é eleger outro presidente dos EUA"

John Kerry esteve em Lisboa para o encerramento da conferência "O Futuro do Planeta". O ex-secretário de Estado de Barack Obama lembrou que na luta para salvar a Terra, "não estamos a ganhar". John Kerry começou …

Gibraltar dissolve o parlamento e convoca eleições antes da data do Brexit

O chefe do governo de Gibraltar dissolveu esta segunda-feira o parlamento e convocou eleições para 17 de outubro, com o objetivo de preparar este território britânico situado no extremo sul de Espanha para o Brexit, …

Aumento do turismo nos Açores provoca mais acidentes de viação (mas menos graves)

O aumento de viaturas de aluguer que circulam nas estradas açorianas tem levado a um aumento da sinistralidade, ainda que muitos deles não sejam registados. Ainda assim, os acidentes são, no geral, menos graves. Quem o …

Menos plástico e menos jantares. Partidos prometem campanha eleitoral mais sustentável

A sustentabilidade e a proteção do ambiente estão entre as preocupações dos partidos políticos que concorrem às eleições legislativas, com algumas direções a comprometerem-se em diminuir a pegada ecológica e reduzir no plástico, numa campanha …