Marcelo foi a Angola falar de amor aos empresários

Estela Silva / Lusa

O Presidente da República marcou presença no Fórum Empresarial em Benguela para fazer um discurso motivacional aos empresários.

Deixando os números, o investimento, a inflação e o Produto Interno Bruto (PIB) de lado, Marcelo Rebelo de Sousa discursou, em Benguela, aos empresários portugueses e angolanos, falando de amor.

Não faltaram elogios ao Presidente João Lourenço, ao ministro dos Negócios Estrangeiros Augusto Santos Silva e, sobretudo, ao primeiro-ministro António Costa. Marcelo não foi ortodoxo, até porque, tanto ele como João Lourenço concordam que as relações pessoais ajudam às relações diplomáticas que, por sua vez, impulsionam as económicas.

Ao Expresso, um casal de empresários portugueses na área das pedreiras confidenciou que o ambiente para os negócios é muito melhor quando há boas relações políticas. Mas não é política: para Marcelo, é amor.

“Eles não compreendem, eles, que eu encontro aqui e ali nalguns pontos do universo, nas visitas que fiz. E encontrei uma resposta, porque para compreender é preciso cometer e amar. Não se aprende a amar Angola nos manuais, como não se aprende a amar Portugal nos manuais. Ninguém ama em teoria, só se ama em concreto pessoas de carne e osso”, disse o Presidente português, no encerramento do Fórum Económico em Benguela.

Marcelo tinha um objetivo: mostrar que o reatar de relações entre Angola e Portugal em ano e meio era possível, contra aqueles que subestimaram e não acharam ser possível. E foi aqui que o Presidente direcionou elogios ao ministro dos Negócios Estrangeiros, a António Costa e aos ministros socialistas – sim, foi possível.

Mas só foi possível por causa do amor. “Para aqueles que tinham prognosticado que não nos dávamos bem, que tínhamos de esperar muito até ao reencontro das vontades entre os dois países, ficou claro que tinham subestimado Angola e Portugal. Angola é muito melhor do que tinham pensado, Portugal é muito melhor, e a nossa fraternidade também é muito melhor do que tinham pensado. Às vezes dou comigo a perguntar como é que eles não compreenderam.”

O conhecido Presidente dos afetos também não se esqueceu do elogio político. “Queria saudar todos aqueles que permitiram este dia histórico. Saudar o Presidente João Lourenço e os governantes do pais irmão, Angola, que no seu trabalho ao longo dos últimos meses permitiram este dia histórico.”

Depois da política, a economia. Marcelo Rebelo de Sousa frisou que os portugueses “conhecem a terra e conhecem as gentes, não prometem para daqui a anos. Sabem que cada minuto é essencial para Angola hoje”, num apelo ao investimento com o argumento de que Angola precisa urgentemente de recuperar a economia.

Além dos 30 acordos já firmados nos últimos seis meses, Marcelo aliou aquilo que considera ser aproveitar uma oportunidade ao mesmo tempo que se ajuda um amigo, de modo a criar um clima de confiança que se traduza num impulso económico.

Cansado, mas feliz, o Presidente da República voltou a dirigir-se aos que subestimaram o poder da relação fraterna para reatar as relações e, em jeito de despedida, atirou: “Enganaram-se, isto aconteceu e está a acontecer.”

Liliana Malainho LM, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “Angola precisa urgentemente de recuperar a economia”… há sim? e agora 44 anos depois de correrem dai os portugueses a tiro e pontapé é que esperam que sejamos nós a recuperar a vossa economia? acordaram tarde… desenrasquem-se com os russos, cubanos, chinocas e com os brazucas… esses é que são vossos amigos… não vos vão explorar nada… (nada pouco)… hahahahah

    PS: Vai para lá tu Marcelo… e da-lhes muitas beijocas minhas (daquelas em que esticas o bico todo). Mas cuidado leva um bom dinheirito pois se te der “alguma” tens de vir tratar-te ao “puto”… tuparioverina!!

RESPONDER

Mourinho revela o acordo que tem com Bale

O treinador português revelou, este domingo, o acordo que tem com o internacional galês para gerir a sua condição física durante os jogos. Este domingo, na vitória em casa frente ao Crystal Palace (4-1), Gareth Bale …

Pensamentos suicidas e a cor da pele do filho. Revelações de Meghan e Harry abalam família real britânica

A aguardada entrevista do duque e da duquesa de Sussex, conduzida por Oprah Winfrey, foi transmitida este domingo e pôs a família real em xeque. O casal, que deu a primeira entrevista desde que renunciou …

Portugal fecha Europeus de atletismo num inédito segundo lugar

Portugal, com três títulos nos Europeus de atletismo de pista coberta de Torun, na Polónia, fecha a edição com um inédito segundo lugar no quadro de medalhas, logo atrás da Holanda, que obteve quatro ouros. O …

Constança Bradell já reuniu quase 200 mil euros, mas Kaftrio é só de dispensa hospitalar

Constança Bradell, a jovem de 24 anos que sofre de Fibrose Quística, já reuniu quase 200 mil euros, mas associação lembra que o Kaftrio é só de dispensa hospitalar. Depois do apelo emocionado nas redes sociais, …

Peritos revelam critérios do desconfinamento. Escolas e restaurantes devem reabrir após a Páscoa

Presidente da Repúblicas e Governo ouviram, nesta segunda-feira, as explicações dos especialistas sobre a situação da covid-19 em Portugal. Na reunião no Infarmed, foram apresentados os critérios para o plano de desconfinamento. Os especialistas que têm …

Rúben Amorim arrisca suspensão de 1 a 6 anos após acusação de fraude

O Sporting está a ser acusado de fraude na inscrição de Rúben Amorim como treinador. Um caso que resulta de participação feita pela Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF) e que pode valer ao …

MAI impõe mínimo de mulheres no recrutamento para a GNR e PSP

O Ministério da Administração Interna (MAI) vai incluir nas regras de recrutamento em 2021 indicadores mínimos de 15% de mulheres na incorporação para guardas da GNR e de 20% para agentes da PSP. No âmbito da …

Pedro Nuno Santos diz que PS não se pode comportar como se tivesse maioria absoluta

O ministro das Infraestruturas e da Habitação defendeu, este domingo, que o PS não se pode comportar como se tivesse maioria absoluta, mas sim colaborar com BE e PCP porque a geringonça "não pode ser …

Joan Laporta eleito presidente do Barcelona (e já falou sobre o futuro de Messi)

Joan Laporta foi eleito presidente do FC Barcelona, este domingo, sucedendo ao contestado Josep Maria Bartomeu, ao recolher 30.184 votos (54,28% do total), nas eleições para os órgãos sociais do clube espanhol. Joan Laporta, que já presidiu …

Há cargos de supervisão há anos por preencher. João Leão assume atrasos

O Ministério das Finanças assume atrasos na procura por supervisores. Não podem vir do setor bancário e é preciso encontrar mulheres. O gabinete do ministro das Finanças, João Leão, assume atrasos na procura por administradores para …