Marcelo deixou de ser o professor simpático (e arrisca segunda volta)

Ricardo Oliveira / Facebook

Marcelo Rebelo de Sousa e Maria de Belém no debate presidencial na RTP.

Marcelo Rebelo de Sousa e Maria de Belém no debate presidencial na RTP.

Marcelo Rebelo de Sousa e Maria de Belém protagonizaram um duelo quente, marcado por ataques pessoais, em mais um debate presidencial. A socialista manteve o professor no tom irritado e este arrisca, cada vez mais, uma segunda volta eleitoral.

Depois de Sampaio da Nóvoa ter colocado Marcelo Rebelo de Sousa em sentido, num debate onde o ex-comentador da TVI se apresentou mais agressivo do que é habitual, voltamos a ver essa faceta menos sorridente do candidato que vai em vantagem nas sondagens, mas que tem perdido algum terreno para os opositores.

Na última sondagem realizada pelo Correio da Manhã, Marcelo Rebelo de Sousa continua à frente dos concorrentes, mas com menos votos (52,9%) quando chegou a apresentar cerca de 60% das intenções de voto noutros inquéritos.

Sampaio da Nóvoa também passa à frente de Maria de Belém, com 16,9% contra 11,8% da ex-presidente do PS.

Estes dados deixam antecipar a possibilidade de Marcelo ter que ir a uma segunda volta, quando já foi dado como vencedor certo à primeira.

Maria de Belém cita Passos Coelho, Marcelo com uma tirada comunista

No duelo entre os dois candidatos conotados com o PS, Maria de Belém não manifestou uma diferenciação evidente relativamente a Sampaio da Nóvoa no confronto com Marcelo, repetindo muitos argumentos já apresentados pelo ex-reitor.

Mas, a ex-presidente do PS conseguiu manter Marcelo no tom irritado, acusando-o de fazer “intriga política” e de ter “comportamentos muito contraditórios”.

Lembrando o debate com Sampaio da Nóvoa, Maria de Belém atestou que o professor “foi confrontado e transmutou-se”, manifestando “uma dualidade” que não garante “a confiança e a maturidade para garantir a estabilidade no país”.

A socialista chegou a citar Pedro Passos Coelho, o líder do PSD, para chamar “cata-vento” a Marcelo.

A resposta do ex-comentador chegou com uma citação do comunista João Ferreira para acusar Maria de Belém de ser “uma pessoa ziguezagueante, com duas caras, que por um lado faz um discurso de esquerda e, por outro lado, tenta chamar à direita”.

“Mente sistematicamente, fingindo que não mente”, atirou ainda Marcelo, realçando que a ex-presidente do PS que “não consegue unir o partido, quer unir o país”.

“Não é não ter o apoio de António Costa, é que não tem uma palavra que não seja um apoio difuso a todos os candidatos da área, quando foi presidente do partido”, atacou também o professor.

Quanto às funções presidenciais propriamente ditas, pouco disseram os candidatos, com Marcelo a defender a importância dos consensos políticos, destacando que viabilizou três Orçamentos do governo minoritário de António Guterres.

Maria de Belém garante por seu turno que será uma voz activa no âmbito da União Europeia.

SV, ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O meu comentário é simples; Sou do centro esquerda como votante fixo. Devido à forma como o n/ PC é tão submisso á URSS, não gostei que o partido do qual sou acérrimo votante (não militante) tivesse feito o acordo que fez, pois que não acredito na boa-fé a extrema esquerda. Poderá o BE ser o mais credível? Por tal motivo lamento que nenhum dos Candidatos a P.R. seja de facto independente, pois que Marcelo não se manteve muito tempo como líder do seu próprio partido há anos atrás, como é que vai moderar um País com uma coligação á esquerda tão frágil? Será que Sampaio da Nóvoa acaba por ser o fiel da balança e a pessoa que não sendo político tem mão no volante deste FERRARI???

  2. O Marcelo está apenas a ser vítima de uma campanha orquestrada por toda a esquerda onde os seus vários candidatos parte deles candidatos apenas à desistência ou a nada recorrem à calúnia para atacar Marcelo sem sequer dar oportunidade a este de apresentar as suas ideias já que eles também não apresentam as suas simplesmente por falta delas, têm sido uns debates nojentos e vazios de ideias mas é gente desta que se imagina competente para presidente com o aval de certos partidos de assalto.

  3. A grande maioria dos portugueses tem a mesma atitude para a política tal como tem para o futebol. Apoiam sempre os mesmos, razão pela qual o País (e o futebol) não sai do marasmo.

RESPONDER

Polícias voltam aos protestos por causa do subsídio de risco em dia de nova reunião com o Governo

Elementos da PSP e da GNR voltam esta quarta-feira aos protestos por causa do subsídio de risco, uma concentração que vai decorrer enquanto os sindicatos e associações socioprofissionais estão reunidos no Ministério da Administração Interna …

Vieira continua em domiciliária. MP vai pedir reforço de garantias de caução

O Ministério Público (MP) vai pedir reforço de garantias de caução por entender que o uso das ações da SAD do Benfica não é a forma apropriada. O Correio da Manhã avança, esta manhã, que o …

Investigadores suecos pagam 23 dólares a quem se vacinar contra a covid-19

Recompensa surge no âmbito de uma pesquisa que pretende avaliar o nível de eficácia de diferentes incentivos à vacinação contra a Covid-19. O estudo conta com a participação de 8.200 voluntários com menos de 60 …

Costa diz que Estado se curva "perante a memória" de Otelo. Mas BE condena ausência de luto nacional

O primeiro ministro, António Costa, e o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decidiram não declarar luto nacional pela morte de Otelo Saraiva de Carvalho, Capitão de Abril. A líder do BE e o …

Catarina Martins volta a bater o pé e Jerónimo sublinha: "Ainda não há Orçamento"

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta terça-feira, o Bloco de Esquerda, o PCP e o CDS, em mais uma ronda de reuniões com os partidos com assento parlamentar. Se o objetivo do Presidente da República era …

Simone Biles, Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Simone Biles. O ouro olímpico não é sinónimo de paz, muito menos interior

Na sequência do escândalo Nassar, a opinião pública dos EUA concordou que não valia tudo no caminho até ao ouro olímpico — principalmente quando está em causa a dignidade humana. Com a sua principal estrela …

"Sinto que desci ao inferno". Polícias recordam ataque ao Capitólio

"É assim que vou morrer", "sinto que desci ao inferno" e "corri o risco de ser morto" são alguns dos relatos de polícias que presenciaram a invasão ao Capitólio. Começaram as audiências na comissão da Câmara …

Pandemia aumentou o preço dos carros usados. Venda de veículos novos caiu a pique

A procura por usados aumentou com a pandemia. Com menos carros novos a saírem dos concessionários, também por causa da crise dos chips, a oferta de usados é escassa, levando os preços a subirem. Um choque …

Jogos Olímpicos: três polémicas de arbitragem em 24 horas

Depois da pontuação controversa no surf, uma decisão que quase ninguém entendeu, no basquetebol, e uma revisão discutível no judo. A arbitragem não é, ou não é suposto ser, o foco de qualquer edição dos Jogos …

Rui Vitória quer levar Manafá para o Spartak Moscovo

O Spartak Moscovo, treinado por Rui Vitória, desistiu da contratação de Gabriel e apresentou agora uma proposta por Wilson Manafá. Desde que chegou a Moscovo para treinar o Spartak, Rui Vitória tem sondado alguns jogadores que …