Nem Marcelo nem Costa faltaram à homenagem dos Xutos a Zé Pedro

Miguel A. Lopes / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro, António Costa, cantaram “A Minha Casinha” com os Xutos & Pontapés na homenagem a Zé Pedro no Rock in Rio Lisboa

Os Xutos & Pontapés deram esta sexta-feira, no Rock in Rio Lisboa, um concerto emotivo, o primeiro grande espetáculo sem o guitarrista Zé Pedro, que contou com as três maiores figuras do Estado português em palco.

Foi a oitava vez, em oito edições, que os Xutos & Pontapés subiram ao Palco Mundo, o maior da ‘cidade do rock’, no Parque da Bela Vista, mas o primeiro sem Zé Pedro, que morreu em novembro do ano passado, e que a banda decidiu homenagear ao longo de pouco mais de uma hora.

Apesar de não ter estado presente fisicamente, Zé Pedro foi lembrado diversas vezes e acabou por ‘estar’ no concerto em fotografias antigas da banda mostradas nos ecrãs que ladeiam o palco durante “Mar de Outono”, tema do próximo disco, quase a meio do espetáculo, no primeiro momento em que começou a chover.

Em “Maria”, o vocalista Tim avisou o público que tinham recuperado “fitas antigas” e que Zé Pedro estaria em palco com eles.

Nos ecrãs foi projetado um vídeo do concerto de celebração de 30 anos dos Xutos, no Estádio do Restelo em 2009, com foco em Zé Pedro, tendo o público aclamado e aplaudido aquela a quem muitos se referem como ‘o homem do leme’ do grupo, nome de uma das músicas tocadas hoje e que foi um dos momentos emotivos do espetáculo.

O alinhamento consistiu sobretudo de temas que o público conhece bem, como “Contentores”, “À minha maneira” e “Não sou o único” – música escrita por Zé Pedro, como Tim fez questão de lembrar, mas também houve espaço para “Fim do Mundo”, que o vocalista apresentou como “o último tema”.

É o nosso último tema. O nosso último tema gravado [enquanto quinteto], chama-se ‘Fim do Mundo’ e é para vocês todos”, disse.

Ao longo do concerto, o ecrã foi também mostrando imagens dos convidados especiais – o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, o primeiro-ministro, António Costa, e o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.

As três maiores figuras do Estado português e o autarca da capital assistiram ao concerto numa espécie de mini-palanque montado em frente ao palco, junto à zona técnica, mas no fim juntaram-se aos Xutos.

Com algumas de dezenas de outros convidados, os quatro fizeram coro no tema que encerrou o concerto, “A minha casinha”, num momento em que chovia copiosamente, mas durante o qual o público não arredou pé.

Em palco, a acompanhar os Tim, Kalú (bateria), João Cabeleira (baixo) e Gui (saxofone), estiveram familiares e amigos de Zé Pedro, entre os quais se encontravam figuras como os futebolistas Pauleta e Sá Pinto, a líder do Bloco de Esquerda, Catarina Martins e a cantora Raquel Tavares.

Momentos antes de os Xutos & Pontapés subirem ao Palco Mundo, no Rock in Rio Lisboa, houve o “espetáculo Marcelo”.

O chefe de Estado, acompanhado de Ferro Rodrigues, e da mulher deste, de Fernando Medina, e da vice-presidente executiva do Rock in Rio Lisboa, Roberta Medina, dirigiu-se à zona onde assistiu ao concerto pelo palco principal, percorrendo um corredor que liga aquela estrutura à zona técnica de apoio.

Enquanto isto acontecia, as pessoas que se apercebiam da sua presença iam gritando ‘olha o Marcelo’ e algumas corriam na sua direção pedindo para tirarem fotografias com ele.

Questionado pelos jornalistas sobre se se sentia uma ‘estrela’, por causa do entusiasmo demonstrado pelo público presente, o chefe de Estado respondeu que “aquele entusiasmo todo” era para fazer “uma homenagem merecida a Zé Pedro”.

Entre as várias interpelações às quais sempre respondeu, nem que fosse com um sorriso ou um aceno, Marcelo ouviu os “parabéns pelo que disse ao senhor americano”.

António Costa chegou, acompanhado da mulher, já o concerto ia a meio, mas mesmo a tempo de ouvir “Circo de Feras”, canção que entoou, tal como muitas outras e à semelhança da mulher e de Fernando Medina, os mais entusiastas do grupo, que chegaram a levantar-se para dançar.

No final do concerto, Tim agradeceu ao Rock in Rio, mas também ao público e “à pessoa que instigou a realização deste concerto de homenagem”, Marcelo Rebelo de Sousa.

No fim fez-se “um minuto de barulho e palmas pelo Zé Pedro” e ficou confirmado que o guitarrista terá sempre um lugar cativo na banda e no coração do público português.

No mesmo dia, ainda subiram ao Palco Mundo a banda inglesa James, os norte-americanos The Killers e os britânicos The Chemical Brothers.

Este sábado, entram em palco Hailee Steinfeld, Ivete Sangalo, Jessie J e Katy Perry, num dia em que os horários do concerto foram alterados para garantir que os ‘festivaleiros’ conseguem assistir ao jogo entre Portugal e o Uruguai, a partir das 19h00.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Morreu Bunny Wailer, derradeiro ícone do reggae

O cantor e percussionista jamaicano Bunny Wailer, uma lenda do reggae, morreu esta terça-feira, aos 73 anos, no Andrew’s Memorial Hospital de Kingston, o que marca o fim de uma época para este movimento musical. A …

Exilados sauditas sentem-se em perigo após dissidente desaparecer no Canadá

Exilados sauditas no Canadá temem que o dissidente que está de volta ao país de origem tenha sido forçado a revelar informações sobre a comunidade exilada. De acordo com o jornal Público, os exilados sauditas no …

Internamentos voltam a diminuir. Há mais 979 casos e 41 mortes

Portugal registou esta quarta-feira 979 novos casos de infeção por covid-19 e mais 41 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Festas ilegais aumentaram nos últimos 15 dias. PSP já deixa avisos para a Páscoa

Numa altura em que a população já está confinada há mais de um mês, a tendência é cada vez mais para sair de casa e procurar algum contacto social. Por isso mesmo, a PSP já …

Pediatras pedem reabertura urgente das escolas. Professores querem ser consultados na elaboração do plano

A Sociedade Portuguesa de Pediatria defende a reabertura urgente das escolas especialmente o ensino pré-escolar e nos 1º e 2º ciclos do ensino básico, chamando a atenção para as consequências do fecho no desenvolvimento das …

Ventura propõe tirar subvenções a políticos condenados a mais de três anos de prisão

O deputado único do Chega entregou esta terça-feira no parlamento um projeto de lei para retirar, incluindo retroativamente, as subvenções vitalícias a ex-titulares de cargos políticos condenados por crimes "com pena de prisão superior a …

PGR analisa carta que culpa o Governo por "borla fiscal" à EDP na venda de barragens

O Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) está a analisar uma carta do Movimento Terra de Miranda que questiona a autorização dada pelo Governo à venda de seis barragens transmontanas por parte da …

Biden prevê vacinas para todos os adultos antes do fim de maio

Joe Biden assegura que até maio o país terá vacinas suficientes contra o covid para todos os adultos do país, dois meses antes do previsto. O presidente do EUA anunciou que até ao final de maio …

Pandemia não é “uma competição ou um concurso de beleza entre países”

O presidente da Aliança Global para as Vacinas (GAVI), Durão Barroso, defende que o processo de vacinação mundial contra a covid-19 não deve ser “uma competição ou um concurso de beleza entre países” e lança …

Sarkozy admite recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos

O ex-Presidente francês admite recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos contra a sua condenação a três anos de detenção, um em prisão efetiva, por corrupção e tráfico de influência. Numa entrevista ao jornal Le Figaro, …