Marcelo e Costa “que se entendam”, se for essa a opção

José Sena Goulão / Lusa

O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), Jerónimo de Sousa

O secretário-geral do PCP afirmou hoje que o seu partido ainda não decidiu de que forma irá participar nas presidenciais e sugeriu que primeiro-ministro e Presidente da República se entendam, se for essa a opção.

Em conferência de imprensa sobre as conclusões da reunião de sábado do Comité Central do PCP, Jerónimo de Sousa foi questionado sobre este tema a propósito das declarações que o primeiro-ministro e secretário-geral do PS, António Costa, fez na quarta-feira, manifestando a expectativa de trabalhar com o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, num segundo mandato.

“Quanto à afirmação de António Costa em relação a Marcelo Rebelo de Sousa, aquilo que podemos dizer é que: entendam-se, se é essa a opção, que a façam“, sugeriu o secretário-geral do PCP.

Interrogado se está decidido que o PCP vai ter um candidato e se será escolhido antes ou durante o Congresso de novembro, Jerónimo de Sousa declarou: “É uma questão pertinente. Naturalmente que participaremos nessa batalha. Em relação à forma, não está definido, o Comité Central não o definiu”.

“Da parte do PCP, com toda a sua autonomia e a sua independência, garanto que vamos ter intervenção nas presidenciais“, acrescentou.

Questionado se está fora de causa o PCP poder vir a apoiar o atual Presidente da República, Jerónimo de Sousa respondeu: “Como disse, entre nós não discutimos a questão das presidenciais no Comité Central. Fá-lo-emos em breve e não queria antecipar juízos de valor em relação a uma decisão que ainda não tomámos”.

Sobre o diferendo entre o primeiro-ministro e o ministro das Finanças, Mário Centeno, quanto ao Novo Banco, o secretário-geral do PCP considerou que, “mais do que se foi atraso na informação, se foi maior ou menor falta de lealdade, o que os portugueses queriam saber é como é que numa altura destas são transferidos 850 milhões de euros que tanta falta fariam para resolver problemas”.

Jerónimo de Sousa contestou que “se verifique mais uma transferência desta natureza, desta envergadura, com todas as consequências que isso tem, porque dando ali falta doutro lado com certeza”.

Na quarta-feira, durante uma visita à Volkswagen Autoeuropa, o primeiro-ministro disse esperar regressar àquela fábrica com o atual Presidente da República já num segundo mandato de Marcelo Rebelo de Sousa, contando, portanto, com a sua recandidatura e reeleição.

“Nós vamos ultrapassar esta pandemia e os efeitos económicos e sociais este ano, no ano que vem, nos anos próximos. E eu cá estarei, e cá estaremos todos, porque isto é um espírito de equipa que se formou e que nada vai quebrar. Cá estaremos este ano e nos próximos anos a construir um Portugal melhor“, afirmou, em seguida, Marcelo Rebelo de Sousa.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …