Marcelo ainda não é candidato e já tem o apoio de Cristas

Mário Cruz / Lusa

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, admitiu esta segunda-feira apoiar uma recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa nas próximas eleições presidenciais, porque quem apoia à primeira também apoiará a segunda.

“Obviamente quem apoiou à primeira, também apoiará à segunda”, afirmou Cristas aos jornalistas, após a vista a uma fábrica têxtil em Guimarães, no arranque das jornadas parlamentares do CDS em Braga.

A líder centrista foi confrontada com as declarações de Marcelo no Panamá, de que tinha vontade de se candidatar para receber o papa Francisco na edição de 2022 das Jornadas Mundiais da Juventude, que se realizarão em Lisboa.

Apesar de dizer que esse era um assunto para questionar o próprio Rebelo de Sousa, Cristas afirmou que o CDS “foi apoiante desde a primeira hora do Presidente” e que, primeiro, os candidatos apresentam-se e os partidos declaram quem querem apoiar. “Nós cá estaremos”, afirmou a líder centrista.

No passado sábado, falando aos jornalistas na Cidade do Panamá, onde participou nas Jornadas Mundiais da Juventude afirmou que saía de lá com “uma grande vontade” de se recandidatar. À pergunta se espera ser o chefe de Estado a poder receber as jornadas como Presidente da República, começou por dizer: “Eu tenho dito que a minha decisão é só em meados de 2020″.

“Saio daqui — e amanhã [domingo] admito que mais — com uma grande vontade de, se Deus me der saúde e se eu achar que sou a melhor hipótese para Portugal, com uma grande vontade de me recandidatar”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

Marcelo Rebelo de Sousa completou na quinta-feira passada três anos da sua eleição como Presidente da República.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Acho que Marcelo faz mal em se recandidatar.
    Não vai acrescentar nada de novo ao mandato atual, em que já começa a cansar-nos, e vai cansar-se escusadamente.
    Para receber o Papa, qualquer presidente serve. Quanto aos interesses de país, o argumento ainda é pior: Marcelo é tão patriota como os outros e, em matéria de capacidades, não é nenhum iluminado.
    Embora modesto nos hábitos, sente uma grande atração pela comunicação social e pela ribalta política. Fazia melhor em sair. Deixava uma marca de proximidade e apaziguamento a que somava o exemplo de humildade democrática e de sentido de Estado.

RESPONDER

Costa: "PS continua a ser o maior partido autárquico nacional"

António Costa canta vitória nas eleições autárquicas, apesar de ainda não se conhecerem os resultados finais de Lisboa, Sintra e Loures. Para o secretário-geral socialista, não há dúvida de que o "PS continua a ser …

O "primeiro amarelo" para Costa e o "CDS superou todos os objectivos"

"O CDS superou todos os objectivos a que se propôs nestas autárquicas". É assim que Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS-PP, canta vitória, considerando que António Costa "viu o seu primeiro cartão amarelo". Na reacção …

Pegadas provam que as Américas foram povoadas milhares de anos antes do que pensávamos

Investigadores descobriram evidências da presença de humanos nas Américas: pegadas com, pelo menos, cerca de 23.000 anos. A nossa espécie começou a migrar para fora de África há cerca de 100.000 anos. Além da Antártida, as …

Liveblog Autárquicas. PSD conquista Aveiro com maiora absoluta, Isaltino ganha Oeiras

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Jerónimo assume que CDU ficou "aquém", mas não é "determinante para a política nacional"

Jerónimo de Sousa reconhece que os resultados da CDU, nas eleições autárquicas, ficaram "aquém" dos objectivos, mas alerta que não são "determinantes para a política nacional" e rejeita a hipótese de deixar a liderança do …

Geringonça à direita... ou à esquerda? Com Moedas e Medina taco a taco, IL e Bloco entram em jogo

Freguesia a freguesia, eis como Fernando Medina e Carlos Moedas estão a disputar a eleição para a Câmara de Lisboa. As sondagens dão um empate técnico e a Iniciativa Liberal já manifestou que está disponível …

Autárquicas: PS reivindica vitória e acredita que ganha em Lisboa

O secretário-geral adjunto do PS reivindicou hoje vitória do seu partido nas eleições autárquicas, dizendo que irá vencer em número de câmaras e de freguesias, e manifestou-se confiante no quinto triunfo consecutivo em Lisboa. Esta posição …

Autárquicas: Santana reconquista a Figueira e fala numa "proeza sem igual"

Pedro Santana Lopes já fez o seu discurso de vitória como presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, num autoelogio pelo facto de ter ganho a dois "grandes partidos", o PS e o PSD, …

Autárquicas: PS segura Almada

Aposta da CDU em Maria das Dores Meira, atual autarca de Setúbal que atingiu o limite de mandatos naquele concelho, parece não ter sortido os efeitos desejados. O Partido Socialista deverá, segundo as primeiras projeções, conseguir …

Autárquicas: Coimbra muda de mãos com maioria absoluta de José Manuel Silva

Segundo as primeiras projeções desta noite, o ex-bastonário da Ordem dos Médicos e candidato do PSD, José Manuel Silva conquista a Câmara Municipal de Coimbra, com margem confortável Segundo a projeção SIC, José Manuel Silva obterá …