Maquete do avião-guitarra em forma de V levantou voo pela primeira vez

A maquete do avião em forma V apresentado no ano passado pela Universidade de Tecnologia de Delft, nos Países Baixos, levantou voo pela primeira vez.

No ano passado, a companhia holandesa KLM decidiu colaborar com a Universidade de Tecnologia de Delft, num projeto que visa desenvolver um avião futurista em forma de V, semelhante à famosa guitarra elétrica Gibson.

Agora, de acordo com o NewAtlas, o projeto progrediu de renderizações perfeitas de uma aeronave futurística para um modelo em escala capaz de voar, que foi recentemente mostrado em ação pela primeira vez.

A aeronave Flying V terá uma cabine, compartimento de carga e tanques de combustível integrados na estrutura de asa em forma de V, que terá a envergadura semelhante à de um Airbus A350. Isso permitirá que o Flying V descole e pouse usando a infraestrutura aeroportuária existente, com espaço a bordo para a mesma quantidade de carga e passageiros, com 314 assentos.

A Flying V pode oferecer alguns benefícios de desempenho através da aerodinâmica aprimorada devido à sua estrutura geral mais pequena. Menos massa significa menos resistência, o que significa que menos combustível é necessário para levar o Flying V ao seu destino.

De acordo com a equipa, o peso reduzido e o formato exclusivo do Flying V podem fazer com que consuma 20% menos combustível do que um Airbus A350-900, a mais avançada aeronave comercial em ação atualmente.

No entanto, ainda há muitas investigações a serem realizadas antes disso. A equipa desenvolveu uma maquete com a KLM. Com uma envergadura de 3,06 metros, um comprimento de 2,76 metros e 22,5 quilogramas, é apenas uma fração do tamanho do conceito de 55 metros, mas permite que a equipa realize alguns testes importantes e úteis numa escala pequena e segura.

O modelo está equipado com um sistema de controlo para drones e seis quilogramas de baterias de polímero de lítio. Primeiro, foi colocado num túnel de vento e testes em solo nos Países Baixos antes de ser enviado para a Alemanha para o seu voo inaugural.

O teste foi realizado numa base aérea em julho com uma equipa da Airbus, com alguns objetivos principais em mente. A equipa propôs-se a mostrar que o modelo em escala conseguiria descolar, realizar uma série de manobras de teste até que as baterias estivessem quase esgotadas e pousar em segurança.

Com o piloto Nando van Arnhem nos controlos, o voo inaugural do modelo foi considerado um sucesso.

Agora, a equipa tem uma coleção de dados de voo para analisar e usar como base para um novo modelo aerodinâmico. Este modelo pode ser usado para determinar que alterações precisam de ser feitas no modelo para garantir voos mais suaves no futuro.

A partir daqui, a equipa vai trabalhar para refinar o conceito, com as próximas etapas envolvendo a exploração da propulsão sustentável, incluindo a possibilidade de abastecê-la com hidrogénio líquido em vez de querosene.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PRR. Governo admite pedir mais 2,3 mil milhões de euros para capitalizar empresas

Capitalização e inovação das empresas, e a possibilidade de pedir mais 2,3 mil milhões de euros (para um total de cinco mil milhões) na componente de empréstimos. António Costa fez, durante a tarde desta sexta-feira, …

OMS alerta para crescimento "preocupante" de casos no mundo

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira para o continuo crescimento de casos de covid-19 no mundo, referindo que o número de novos casos confirmados por semana quase duplicou nos últimos …

Há falta de sedativos em hospitais brasileiros. Médicos intubam doentes "conscientes"

Estão a surgir vários relatos de profissionais de saúde brasileiros forçados a intubar pacientes sem o auxílio de sedativos. No Brasil, de acordo com a Associated Press, há profissionais de saúde a intubar pacientes sem recurso …

Governo acusado de financiar queima de resíduos recicláveis com 50 milhões de euros

A associação ambientalista Zero acusa o Ministério do Ambiente de utilizar 50 milhões de euros do Fundo Ambiental para financiar a queima de resíduos recicláveis em Lisboa e Porto, indo contra a nova legislação sobre …

Zimbabué. Sem nacionalidade reconhecida, milhares de pessoas lutam de forma desigual por educação e saúde

Centenas de milhares de pessoas no Zimbabué foram marginalizadas e forçadas a lutar de forma desigual pelo acesso à educação, saúde e habitação, porque não têm nacionalidade reconhecida pelo país, acusou um relatório da Amnistia …

Nova Entidade para a Transparência volta a derrapar. Só arranca em 2023

A nova Entidade para a Transparência, o organismo para fiscalizar políticos e altos cargos públicos aprovado em 2019, só deverá arrancar em 2023. A previsão foi avançada por João Caupers, presidente do Tribunal Constitucional (TC), numa …

Bicicleta de Taremi vence prémio de Golo da Semana da Champions

O golo do avançado iraniano, marcado nos instantes finais do jogo contra o Chelsea, que ditou a eliminação do FC Porto da Liga dos Campeões, foi eleito o "Golo da Semana" na prova. "Este chuto espetacular …

Governo levanta suspensão de voos essenciais de e para Brasil e Reino Unido

O Governo levantou, esta sexta-feira, a suspensão de voos com origem ou destino no Brasil e Reino Unido, mas apenas para viagens essenciais.  Os voos com origem ou destino no Brasil e Reino Unido vão …

A Liga dos Campeões vai mudar: mais equipas e um formato inédito

O comité de competições da UEFA reuniu-se esta sexta-feira para aprovar o novo modelo da Liga dos Campeões. O novo formato vai vigorar entre 2024 e 2027. Embora ainda não tenham sido avançadas informações oficiais, o …

Depois do Sofagate, agora é von der Leyen quem está a ser acusada de quebrar o protocolo

Diplomatas da União Europeia dizem que a presidente da Comissão Europeia quebrou o protocolo, uma vez que foi o seu chefe de gabinete que respondeu ao convite da Ucrânia para que marcasse presença na cerimónia …