“Uma tragédia anunciada”. Manaus não tem oxigénio para tratar doentes

Manaus, capital do estado do Amazonas, no Brasil, está a atravessar uma situação caótica devido ao aumento de casos covid-19 e à falta de oxigénio dos hospitais.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram as próprias famílias de pacientes, mas também médicos, a transportar para os hospitais tanques de oxigénio que adquiriram por conta própria.

Há pacientes que estão a receber atendimento com recurso a ventiladores mecânicos, que são equipamentos que precisam do auxílio de uma pessoa para funcionar.

relatos de mortes por asfixia e, face à situação caótica na região, as autoridades locais decidiram transferir para outros estados brasileiros centenas de pacientes infetados com o novo coronavírus.

“Acabou o oxigénio e os hospitais viraram câmaras de asfixia (…) Os pacientes que conseguirem sobreviver deverão ficar com sequelas cerebrais permanentes“, afirmou o investigador Jesem Orellana, da Fundação Oswaldo Cruz, citado pelo jornal Folha de S. Paulo.

A situação levou vários políticos, artistas e clubes desportivos a unirem-se em apelos e doações para ajudar os pacientes internados nestas unidades de saúde. Também há quem responsabilize o atual Governo, presidido por Jair Bolsonaro, por este cenário, classificando-o de “incompetente”.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, visitou o Amazonas esta semana e afirmou que Manaus é “prioridade nacional neste momento”.

Em declarações à agência Lusa, o presidente do Sindicato dos Médicos do Amazonas, Mario Vianna, apelou para que profissionais de saúde portugueses se voluntariem para ajudar esta região brasileira.

“Gostaria que o nosso país irmão pudesse entrar em oração, porque a situação no Amazonas é muito grave. Precisamos, caso a situação continue neste ritmo, que haja um grupo de trabalho de profissionais de saúde, que se voluntariem para virem trabalhar no Brasil, porque temo que possamos entrar num caos total, não só no Amazonas”, disse.

“Agora, com esta nova estirpe do novo coronavírus detetada aqui, e no Japão, pode ser um desastre total. Temo pelo Brasil, temo pelo mundo, e que Deus nos ajude”, acrescentou o presidente do Sindicato dos Médicos do Amazonas.

Vianna garante que está em causa uma “tragédia anunciada” e que já tinha denunciado ao ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, seis meses antes do início da pandemia, a situação precária do sistema público de Saúde do Amazonas.

Segundo dados do Sindicato dos Médicos, apenas esta manhã morreram cinco pessoas, por escassez de oxigénio, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campos Sales, naquele estado localizado na Amazónia brasileira.

“Com certeza que é uma tragédia anunciada, em que faltou responsabilidade, transparência, e onde houve omissão do poder público em tratar da pandemia. A primeira vaga de covid-19 já foi bastante violenta aqui, em Manaus, e agora volta a ficar em destaque, novamente, nesta segunda onda. (…) Tudo contribuiu para este cenário de guerra que temos aqui”, avaliou o médico.

Mario Vianna é incisivo a apontar responsabilidades ao governador do Amazonas, Wilson Lima, a quem acusa de ter pagado 2,9 milhões de reais (460 mil euros) a uma loja de vinhos por 28 ventiladores pulmonares, para tratar pacientes infetados.

O valor unitário equivale a até quatro vezes ao preço dos aparelhos em lojas no Brasil e no exterior, e os equipamentos são considerados “inadequados” para pacientes de covid-19.

O responsável criticou ainda o movimento “pouco democrático” tomado pelo governador, que colocou a polícia em torno dos hospitais, “para coibir os profissionais de saúde de denunciar as condições, e para impedir os familiares das vítimas de se manifestarem”.

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo maior número de mortos (207.095, em mais de 8,3 milhões de casos), depois dos Estados Unidos.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Do subsolo sírio à nomeação ao Óscar: hospitais em tempos de guerra numa "era de impunidade"

The Cave é o nome de uma produção que esteve nomeada para o Óscar de Melhor Documentário de 2020. É também o lugar onde hospitais sírios se escondem para salvar vidas longe de bombardeamentos e …

Patrícia Mamona sagra-se campeã no triplo salto em pista coberta

Esta tarde, Patrícia Mamona tornou-se a terceira atleta portuguesa a garantir a medalha de ouro para Portugal no Campeonato da Europa em pista coberta. A portuguesa Patrícia Mamona conquistou, este domingo, a medalha de ouro na …

Dias de aulas mais longos, férias mais curtas e cinco períodos. Na Inglaterra, já se equacionam formas de recuperar o tempo perdido

Há três medidas em cima de mesa que podem vir a ser adotadas para combater os atrasos na aprendizagem dos alunos. Na Inglaterra, as escolas reabrem para aulas presenciais esta segunda-feira, mas já se pensa …

Índia abre centro de bem-estar para hóspedes abraçarem vacas e "esquecerem todos os problemas"

Animais de conforto e apoio emocional são cada vez mais populares em todo o mundo. Embora a maioria das pessoas use cães ou gatos, há também algumas escolhas mais bizarras, incluindo pavões, macacos e cobras. Os …

Abel Ferreira tentou levar jogador do Benfica para o Palmeiras

O treinador português Abel Ferreira, ao leme do comando técnico dos brasileiros do Palmeiras, pediu a contratação de Franco Cervi, que alinha pelo Benfica, mas acabou por ver a sua proposta recusada pelo jogador argentino. …

Governo aperta regras. Passageiros do Brasil ou Reino Unido têm de ter teste negativo e cumprir isolamento

Os passageiros provenientes do Brasil e do Reino Unido vão ser obrigados a apresentar um teste negativo e a cumprir 14 dias de isolamento profilático. A partir deste domingo, os passageiros provenientes do Brasil e do …

O primeiro hotel espacial mudou de nome (e deverá abrir em 2027)

Fechado em casa a sonhar com a próxima viagem? Esqueça as praias paradisíacas ou as grandes metrópoles. As férias do futuro podem vir a ser no Espaço. Tudo começou em 2019, quando a empresa californiana Gateway …

Testes rápidos esgotam na Alemanha no primeiro dia em que são postos à venda

O processo de vacinação na Alemanha continua lento. O Governo está a contar com a realização em massa de testes rápidos de antigénio para iniciar um plano de desconfinamento progressivo. As principais cadeias de supermercados …

Rio avisou autarcas que podem ser postos "para o lado" se se portarem "menos bem"

O líder do PSD diz não entender o mal-estar de alguns autarcas com o anúncio dos candidatos às eleições locais. Este sábado, no discurso de encerramento da 5.ª Academia de Formação Política para Mulheres do …

Movimento “Black Lives Matter” fez diminuir mortes causadas por polícias

Desde que os protestos de Black Lives Matter começaram a ganhar destaque, após a morte de Michael Brown em 2014, no Missouri, o movimento espalhou-se por centenas de cidades em todos os estados dos EUA …