/

Portugal regista mais uma morte e 334 novos casos. Internamentos voltam a subir

António Pedro Santos / Lusa

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 334 novos casos e registou-se mais um óbito. O boletim deste domingo dá ainda conta de mais 229 recuperados.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Segundo o boletim epidemiológico deste domingo, dia 16 de maio, atualmente contam-se 22.275 casos ativos de contágio por covid-19, mais 104 que no dia anterior. O número traduz um aumento de 334 novas infeções últimas 24 horas.

Os números divulgados elevam para 802.900 os que já recuperaram da doença, mas sinalizam a existência de 245 doentes internados, mais 22 do que no sábado, e 76 em unidades de cuidados intensivos, mais 5 do que na véspera.

Relativamente aos internamentos, os números deste domingo representam a maior subida desde 19 de abril, dia em que se registou um aumento de 26 hospitalizações.

No dia de hoje, a incidência da covid-19 por 100 mil habitantes cai e o Rt – índice de transmissibilidade – mantém-se inalterado desde sexta-feira.

A incidência é de 50,3 no território nacional e de 48,1 no continente (menos de metade da linha vermelha dos 120) e o Rt passa para 0,95 no Continente e na globalidade do território nacional.

O único óbito registado nas últimas 24 horas ocorreu no Norte. A região foi a que também teve um maior aumento do número de casos: mais 141.

As regiões de Lisboa e Vale do Tejo, Centro e Algarve contabilizam, respetivamente, 82, 33 e 22 novos casos nas últimas 24 horas, mas sem óbitos a registar.

Os dados surgem depois de o Secretário de Estado Adjunto da Saúde, António Lacerda Sales, ter vindo afirmar que “não está a ser equacionada” a possibilidade de acabar com a obrigatoriedade de uso de máscara para quem tenha sido já vacinado.

  Ana Isabel Moura, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.