Mais de um milhão de pecadores iranianos consomem álcool

Oatsandsugar / Flickr

Beber chá não é pecado

Beber chá não é pecado

Mais de um milhão de iranianos, de uma população de 77 milhões, consomem álcool, afirmou um participante no primeiro Congresso Mundial sobre o abuso de álcool do Irão.

A agência de noticias dos estudantes iranianos (ISNA) atribui esta afirmação ao Dr. Reza Afshari, presidente da associação de medicina tóxicológica da Ásia do Pacifico, baseada num estudo realizado ao longo de um ano, que acabou em março de 2013.

“Mais de um milhão de Iranianos consomem álcool. 30% dos consumidores são mulheres e 70% homens” afirmou Afshari.

No fim do ano passado foi aberto no Irão o primeiro centro para a desintoxicação de alcoólicos, cujos numeros foram estimados em 200.000 em toda a nação pelas autoridades Iranianas.

O consumo, posse ou venda de bebidas alcoólicas é ilegal no Irão desde a revolução de 1979, e apenas a minoria cristã possui o direito de as produzir.

De acordo com a Sharia (lei muçulmana), o consumo de álcool é mesmo pecado. O artigo 179 da lei estabelece que a terceira violação desta lei é punível com a pena de morte.

Devido à escala do problema a polícia iraniana monta frequentemente testes ao hálito nas estradas do país, sendo a multa de dois milhões de Rials Iranianos (44 Euros).

Grande parte do ácool consumido no Irão é contrabandeado do Curdistão Iraquiano, uma região autónoma do Iraque, mas os Iranianos podem comprar álcool local mais barato.

Relatos da imprensa referem frequentemente casos de mortes relacionadas com o consumo de álcool adulterado.

ZAP/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma planta na Austrália que é masculina, feminina e bissexual

Cientistas da Bucknell University (Austrália) descobriram uma espécie de planta que pode ser masculina, feminina e bissexual. Os investigadores publicaram a descoberta na revista PhytoKeys e chamaram a amostra, que foi descrita em 1970, mas não …

Astrónomos descobrem a mais antiga colisão de galáxias conhecida

Uma equipa internacional de investigadores descobriram o exemplo mais antigo de uma colisão entre duas galáxias. A luz dessa fusão teve de viajar durante 13 mil milhões de anos para chegar até nós, uma vez …

Asteróide do tamanho da Torre Eiffel vai passar pela Terra. É a segunda maior aproximação em 120 anos

Na segunda-feira, dia de S. João no Porto, um asteróide muito grande - que pode ser tão grande como a Torre Eiffel - vai passar pela Terra a mais de 45 mil quilómetros por hora. O …

As eleições foram repetidas em Istambul. Erdogan voltou a perder (e por mais)

O candidato da oposição Ekrem Imamoglu ganhou hoje de novo as eleições municipais em Istambul, após a anulação de uma primeira votação, infligindo ao presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, o pior revés eleitoral em 17 …

No Azerbaijão, há chamas que ardem há quatro mil anos

Chamas altas dançam sem descanso num trecho de 10 metros de encosta. É o Yanar Dag - que significa "montanha em chamas" - na Península Absheron, no Azerbaijão. "Este fogo queimou 4.000 anos e nunca parou", …

A lendária Cidade Perdida do Deus Macaco é um refúgio de espécies "extintas"

A Cidade Branca, imponente sítio arqueológico detetado em 2012 nas selvas das Honduras, é também um "ecossistema prístino e próspero, cheio de espécies raras e únicas". A ONG americana Conservation International chegou a essa conclusão depois …

As mulheres têm mais doenças autoimunes do que os homens. A culpa pode ser da placenta

A hipótese da compensação da gravidez mostra que a evolução pode ter tido um papel importante no sistema imunológico das mulheres. Há cerca de 65 milhões de aos, depois da época dos dinossauros, surgiu o primeiro …

Cientistas conseguiram registar canto de uma das baleias mais raras do mundo

Cientistas conseguiram, pela primeira vez, registar sons de um pequeno grupo de baleias-francas-do-pacífico (Eubalaena japonica). Pela primeira vez, investigadores da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA) conseguiram gravar sons de um pequeno grupo de baleias-francas-do-pacífico (Eubalaena …

Único racismo português "é contra os ciganos" (e Portugal devia pedir-lhes desculpa)

O antropólogo e investigador José Pereira Bastos defendeu este domingo que Portugal deveria pedir desculpa aos ciganos e resolver o problema da habitação, apontando que não adianta de nada haver um Dia Nacional do Cigano. O …

Redes sociais podem ser uma ameaça para as experiências médicas

As redes sociais podem afetar severamente a maneira como se conduzem experiências médicas. A comparação de resultados entre voluntários, por exemplo, pode influenciar os resultados obtidos. Testar novos tratamentos farmacêuticos é um processo complicado. Muitas vezes, …