Mais 1635 casos de covid-19 e 13 mortes. Incidência sobe, mas R(t) desce

5

O boletim da Direção-Geral da Saúde desta segunda-feira  dá conta de mais 13 mortes, 1635 infetados e 971 recuperados em Portugal.

De acordo com o boletim desta segunda-feira, recuperaram da doença mais 971 pessoas, elevando o total de recuperações para 1.071.544​.

O número de internamentos volta a subir, com mais 45 doentes hospitalizados com covid-19 do que no dia anterior, para um total de 809. Destes, 111 estão em unidades de cuidados intensivos, mais sete do que no dia anterior.

Por sua vez, a incidência continua a aumentar, situando-se agora nos 325,9 casos por 100 mil habitantes no território nacional e 327,5 no continente. Na última análise, na sexta-feira, os valores eram de 279,8 e 280,2, respetivamente, estando a fasquia do risco elevado situada nos 240 casos por 100 mil habitantes.

A matriz de risco assinala uma descida do R(t), ou índice de transmissibilidade, para os 1,17 na globalidade do território nacional e 1,18 no continente (era de 1,19 e 1,20, respetivamente, na sexta-feira), escreve o Expresso.

  ZAP //

5 Comments

  1. Pois não faz sentido, agora importam os efeitos na legislativas e a retoma da economia, a nossa sobrevivência fica por nossa conta, depois das festas logo se verá.
    Por duro que pareça, o Natal e Ano Novo deveriam ser como no ano passado, ou corremos o risco de perder muitas vidas e deixar muita gente em mau estado.
    A vacina deveria ser obrigatória, já que não há civismo nem respeito ao próximo.

    • Vão salvar o Natal e o Ano Novo, e vai haver m**** depois, tal como anteriormente.
      O Governo só se preocupa com o cofre.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.