Maior partido brasileiro abandona coligação com Governo de Dilma

Marcelo Camargo / Agência Brasil

O vice-presidente brasileiro, Michel Temer

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), principal aliado do PT da presidente Dilma Rousseff e ao qual pertence o vice-Presidente Michel Temer, decidiu esta terça-feira abandonar o Governo.

Após meses de discussões e ameaças, numa convenção que durou cerca de cinco minutos, o PMDB encerrou uma aliança de cerca de 14 anos com o Partido dos Trabalhadores, elevando o risco de Dilma Rousseff ser destituída da Presidência.

Mais de 100 dos 127 membros da direção nacional do partido decidiram a “imediata saída do PMDB do governo, com a entrega dos cargos em todas as esferas do Poder Executivo Federal”. Os que permanecerem nos cargos ficarão sujeitos à instauração de processos no Conselho de Ética do partido.

A decisão foi anunciada pelo senador Romero Jucá, vice-presidente do partido, que substituiu o líder Michel Temer na reunião. “A partir de agora, o PMDB não autoriza ninguém a exercer, em nome do partido, nenhum cargo federal. Se, individualmente, alguém quiser tomar uma posição vai ter que avaliar o tipo de consequência, o tipo de postura para a sociedade”, disse Jucá.

Além do seu peso no governo, com seis ministros e o vice-presidente, o PMDB domina quase 15% do Congresso brasileiro: 68 dos 513 parlamentares da Câmara dos Deputados e 18 dos 81 membros do Senado.

No entanto, é a nível local que o partido se destaca, com sete governadores eleitos – o que corresponde a um quarto dos Estados brasileiros -, além de 996 prefeitos (17,9%) e 142 deputados estaduais (13,41).

Crise

A decisão desta terça-feira ocorre depois de uma série de notícias negativas para o Governo, como a retração da economia, novas ações da Operação Lava Jato e a polémica nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil.

A crise económica foi apontada como maior justificativa para o afastamento do governo. Apesar de ocupar a vice-presidência do Brasil e de ser responsável, até o início desta semana, por sete ministérios, o PMDB culpou o PT pela recessão enfrentada no país.

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, que desde julho do ano passado defendia o fim da aliança do seu partido com o governo, afirmou que o PMDB carregava o ónus da aliança, sem participar da formulação das políticas económicas e de outra natureza.

“Não tem sentido o PMDB ficar sócio de ónus de um governo impopular, com medidas com as quais nós não concordamos”, disse.

Cunha alega ainda que a saída da coligação do Governo não está relacionada com o processo de destituição de Dilma Rousseff. “O PMDB tinha que sair de qualquer maneira, havendo ou não impeachment“, afirmou.

Segundo a imprensa brasileira, os parlamentares presentes na reunião, que teve lugar na Câmara dos Deputados, entoaram gritos como “Fora PT” e “Brasil, para frente, Temer presidente”.

Michel Temer, líder do partido, esteve à frente das negociações nos bastidores que resultaram no fim da aliança com o PT, nomeadamente encontros entre elementos do PMDB e do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), da oposição, para discutir um possível governo pós-destituição em que assumiria a Presidência da República.

A Presidente brasileira, Dilma Rousseff, cancelou entretanto a viagem que deveria fazer esta semana aos EUA para se dedicar à resolução da crise na coligação e, afirmam analistas, evitar deixar o cargo temporariamente ocupado pelo vice-presidente cujo partido abandonou o governo.

AF, ZAP com Agência Brasil

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A corrupção em portugal teve proporções nestes últimos 4 anos com a direita que nunca ninguém tinha visto antes mas no brasil é impressionante a corrupção descarada desta dilma e do lula!

RESPONDER

Pais de bombeiro que morreu relatam vegetação lastimável na EN 236-1

Os pais do bombeiro Gonçalo Conceição, que morreu na sequência de queimaduras nos incêndios de Pedrógão Grande, relataram esta segunda-feira, no Tribunal Judicial de Leiria, que a vegetação junto à Estrada Nacional (EN) 236-1 estava …

Em 2020, nasceram em casa o dobro dos bebés do ano anterior. Mas não existe regulamentação

No último ano, os partos em casa aumentaram para quase o dobro em Portugal. No entanto, esta é uma realidade ainda sem regulamentação e que as seguradoras recusam financiar. Mais de 1100 mulheres optaram por …

Noah brincou e "comportou-se de forma muito normal". Alta hospitalar já foi autorizada

A criança de dois anos e meio que esteve desaparecida mais de 30 horas em Proença-a-Velha, concelho de Idanha-a-Nova, teve esta segunda-feira alta do Hospital Amato Lusitano, disse a diretora clínica daquela unidade hospitalar de …

Espanha. Indultos aos líderes catalães serão aprovados na terça-feira, anuncia Sánchez

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, informou que o conselho de ministros vai aprovar na terça-feira a concessão de indultos aos líderes independentistas catalães, anúncio feito esta segunda-feira, no Grande Teatro do Liceu, em Barcelona. "Amanhã [terça-feira], …

Número de desempregados inscritos nos centros de emprego recua em maio

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego recuou 1,7% em maio em termos homólogos e 5,1% face a abril, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP). De acordo com …

BE quer retirar da fatura elétrica taxa de carbono paga às barragens e eólicas

A coordenadora do Bloco de Esquerda anunciou, em Torres Novas, a apresentação de uma proposta para que os portugueses deixem de pagar taxa de carbono na energia produzida pelas barragens e eólicas, a exemplo do …

"Eternizar" moratórias de crédito "é negativo", defende Centeno

O governador do Banco de Portugal (BdP), Mário Centeno, defendeu esta segunda-feira que não se pode "eternizar" as moratórias de crédito, concedidas para fazer face aos efeitos da pandemia na economia, e que empresas e …

Barcelona: foram campeãs europeias mas pedem outro treinador

Época inédita no futebol feminino do Barcelona não é sinónimo de continuidade do técnico vencedor. Jogadoras pedem mudança no banco. O Barcelona protagonizou uma época histórica e inédita no futebol feminino. A equipa catalã foi novamente …

PSD/Porto diz que escolha de António Oliveira para Gaia foi "erro de casting"

O presidente do PSD/Porto disse esta segunda-feira que a escolha de António Oliveira para encabeçar a candidatura à Câmara de Vila Nova de Gaia foi “um erro de casting”, pelo que encara a desistência deste …

Há mais três mortos e 756 novos casos de covid-19

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), nas últimas 24 horas registaram-se mais 756 casos de infeção por covid-19 e três pessoas morreram. A região de Lisboa e Vale do Tejo regista …