Maduro manda a OEA “al carajo”

O Presidente de Venezuela Nicolás Maduro explicou nesses termos a sua decisão de retirar a Venezuela da Organização dos Estados Americanos, OEA.

La OEA, p’al carajo!”, declarou esta quinta-feira durante um discurso o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, explicando o seu orgulho com a saída do país da Organização dos Estados Americanos, que classificou de “uma entidade intervencionista”.

“Tenho orgulho de dizer que tomei a decisão de retirar a nossa pátria da OEA, de libertar a nossa pátria do intervencionismo. Estamos livres da OEA e jamais voltaremos!”, disse Maduro, chamado de “ditador” pelo secretário-geral da organização, Luis Almagro.

Caracas anunciou na quarta-feira a sua saída da OEA, depois de o Conselho Permanente da instituição ter convocado uma reunião de ministros dos Negócios Estrangeiros para avaliar a grave crise política que sacode o país.

“Não reconhecemos qualquer reunião, não reconhecemos qualquer decisão da OEA. La OEA, p’al carajo! Luis Almagro p’al carajo! Fora OEA da Venezuela! A Venezuela respeita-se e vamos fazer-nos respeitar”, afirmou Maduro perante uma concentração de mulheres chavistas no palácio presidencial de Miraflores.

“Um secretário-geral absolutamente humilhado, sem vergonha, que está ao serviço da política imperial como nenhum outro secretário-geral em 70 anos de existência da OEA. Luis Almagro é uma vergonha para a América Latina”, acrescentou Nicolás Maduro.

Segundo Maduro, a OEA promove uma campanha para “intervir na Venezuela” sob a orientação de Washington. “Digo ao imperialismo: Já basta. Não se metam mais com a Venezuela”, disse o presidente venezuelano.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Arranca o concurso de acesso ao Ensino Superior. Cursos muito concorridos com mais 107 vagas

A primeira fase de candidatura ao ensino superior começa esta quarta-feira e termina no início de agosto, com 50.860 vagas no concurso nacional de acesso, um total praticamente inalterado face a 2018. Segundo dados oficiais, o …

Morreu o escritor italiano Andrea Camilleri, "pai" do inspetor Montalbano

O escritor italiano, considerado uma referência do romance policial, morreu esta quarta-feira em Roma, aos 93 anos, na sequência de uma paragem cardíaca. Andrea Camilleri, nascido a 6 de setembro de 1925 em Porto Empedocle, Itália, …

Rio quer financiar hospitais do SNS em função da eficiência (e mudar nome do Ministério)

O PSD defendeu esta terça-feira um novo modelo de gestão dos hospitais públicos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), sem fechar a porta às PPP, e a mudança simbólica do nome do Ministério da Saúde …

Guaidó diz que está próxima uma "solução real" para crise na Venezuela

O líder opositor e presidente do Parlamento da Venezuela, Juan Guaidó, insistiu esta terça-feira que está próxima uma "solução real" para a crise político-económica e social que afeta a Venezuela. “Estamos a aproximar-nos a uma solução …

Acordo Ortográfico pode voltar a ser alterado (ou até revogado)

O relatório de atividades do Grupo de Trabalho para Avaliação do Impacto da Aplicação do Acordo Ortográfico (AO) vai ser apreciado esta quarta-feira, às 14 horas, na Comissão de Cultura, da Assembleia da República. Em cima …

Revelados os grandes devedores da banca. CGD perdeu 1,3 mil milhões com 16 clientes

O Banco de Portugal divulgou esta terça-feira a lista agregada dos grandes devedores dos bancos que recorreram a ajuda pública, informação em que não consta o nome dos clientes incumpridores. A informação está disponível no site …

Stonehenge tinha um som (e já se sabe qual era)

Um modelo mais pequeno de Stonehenge foi construído para descobrir o que é que o visitantes ouviam no monumento há mais de quatro mil anos. Os académicos da Universidade de Salford recriaram o antigo círculo para …

Casas em centros históricos classificados pela UNESCO já não têm de pagar IMI

Os proprietários de habitações em centros históricos classificados pela UNESCO já não têm de pagar o imposto municipal sobre imóveis (IMI). Segundo avança esta quarta-feira o Jornal de Notícias, todas as repartições de Finanças do país …

Sobem para quatro as mortes de professores que a Fenprof quer ver investigadas

A morte repentina de três professores enquanto trabalhavam nos últimos meses fez soar os alarmes na Federação Nacional dos Professores (Fenprof). Numa conferência que decorreu no Porto, Mário Nogueira, secretário-geral da organização sindical, revelou que vai …

Sahara já foi casa de algumas das maiores criaturas marinhas

O Sahara nem sempre foi um deserto e há milhares de anos atrás tinha animais, plantas e lagos. Cientistas descobriram agora que algumas das maiores criaturas marinhas viveram lá. O deserto do Sahara é um dos …