Madeira vai ser o palco da “rentrée” do PS

A iniciativa do PS, marcada para sábado, decorrerá junto ao forte, e contará com animação musical e como “ponto alto” intervenções.

A cidade de Machico, na Madeira, vai receber a “rentrée” política do Partido Socialista, com uma festa-comício com os olhos postos nas eleições regionais daquele arquipélago, mas também nas eleições legislativas de 6 de outubro.

No início deste mês, a secretária-geral adjunta socialista, Ana Catarina Mendes, confirmou a realização de uma festa-comício na região autónoma. A iniciativa, marcada para sábado, decorrerá junto ao forte, e contará com animação musical e como “ponto alto” intervenções, que estão previstas para as 15h00.

Além do secretário-geral socialista, António Costa, também vão usar da palavra o presidente do PS-Madeira, Emanuel Câmara, também presidente da Câmara Municipal de Machico, e o cabeça de lista regional, Paulo Cafôfo, ex-líder da autarquia do Funchal.

É um momento político de recomeço do trabalho, tendo em conta os dois próximos momentos eleitorais – as regionais de 22 de setembro e as legislativas de 6 de outubro. Vai ser na Madeira para dar um sinal de força, pois há a possibilidade de o PS, pela primeira vez, poder vir a ganhar aquelas eleições. Mas também vai servir como ‘pontapé de saída’ para as legislativas, de forma a que os portugueses voltem a confiar em António Costa e no PS”, afirmou Ana Catarina Mendes à Lusa no início do mês.

Paulo Cafôfo concorre às eleições legislativas de 22 de setembro como independente apoiado pelo PS. Em 2013, tornou-se presidente da principal câmara madeirense pela coligação Mudança (PS/BE/PTP/PAN/PND/MPT), e foi reeleito em 2017 pela coligação Confiança, conquistando a maioria absoluta. Até então, o município tinha sido liderado pelo PSD, partido que governa a Madeira desde 1976.

Em maio, num comício no âmbito das europeias, Costa admitiu ter “uma obsessão” pelas regiões autónomas, considerando que o voto nas eleições para o Parlamento Europeu seria “um três em um” para a mudança política na Madeira, em setembro.

Eu tenho mesmo uma obsessão pela Madeira, porque o Porto Santo e a Madeira não são menos que os portugueses do continente”, disse António Costa num comício no Funchal, no âmbito da campanha para aquelas eleições, nas quais o PS foi o partido mais votado.

Na altura, Costa apelou também ao voto “para dar força à mudança” começada “na República há três anos e meio” e que admitiu querer continuar na Região Autónoma da Madeira “com a grande vitória de Paulo Cafôfo”, o candidato a presidente do Governo Regional.

O secretário-geral do PS sublinhou ainda que a mudança já tinha sido conseguida no Governo da República, nos Açores e em quatro municípios da Madeira (Funchal, Machico, Porto Moniz e Ponta do Sol), reforçando: “Vamos provar ser possível quando no dia 22 setembro, os madeirenses e porto-santenses escolherem Paulo Cafôfo para ser próximo presidente da Madeira”.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Isabel dos Santos usou equipa de espiões para provar "conspiração" e "vingança" de João Lourenço

A empresária Isabel dos Santos contratou uma firma de antigos agentes secretos israelitas para provar que foi vítima de um ataque orquestrado pelo governo de João Lourenço. Isabel dos Santos criou uma equipa de espiões para …

"Perdemos o avô da nação". Morte do príncipe Filipe deixou "um grande vazio" na vida de Isabel II

A morte do príncipe Filipe, duque de Edimburgo, na sexta-feira, aos 99 anos, deixou a Rainha Isabel II, sua esposa, com "um grande vazio na sua vida", disse este domingo aos jornalistas o seu filho …

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

Portugal regista mais 566 casos e seis óbitos por covid-19

Portugal registou, este domingo, mais seis mortes e 566 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

PS quer que Cavaco Silva diga "quando é que soube do buraco do BES"

O PS quer que o antigo Presidente da República Cavaco Silva esclareça "quando é que soube do buraco do BES" e porque é que "não agiu atempadamente" para evitar o aumento de capital, que gerou …

Perdoar o passado, celebrar o renascimento e cumprir tradições. A primavera traz o Nowruz, o ano novo persa

Assim que as flores começam a desabrochar e os dias ficam mais longos, fica claro que o Nowruz está prestes a chegar. A celebração do ano novo iraniano é secular, com raízes que remontam a …

“Mostrámos que sabemos governar”. Bloco apresenta candidata a Lisboa (e abre a porta a acordo com PS)

O Bloco de Esquerda apresentou a candidatura de Beatriz Gomes Dias à Câmara Municipal de Lisboa, pediu “mais força” para determinar a governação da cidade e abriu a porta a novos entendimentos com o PS …

Fé nos números. Foi o voto não religioso que Donald Trump perdeu em 2020 

Em novembro de 2020, Joe Biden foi eleito Presidente dos Estados Unidos da América. Uma análise revelou recentemente que a derrota de Donald Trump dependeu daqueles que não se identificam com nenhuma religião. Ryan Burge, professor …

Chega apresenta oito candidatos para o distrito do Porto. Ventura acredita que vai ter "grande resultado"

O líder do Chega anunciou este sábado oito candidatos às próximas eleições autárquicas no distrito do Porto, onde André Ventura acredita que o partido vai ter "um grande resultado". "Fizemos esta deslocação ao Porto para anunciar …