Madeira quer visitantes infetados a ajudar nas despesas da estadia. “É aquilo que é justo”

ppdpsd / Flickr

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

O presidente do Governo madeirense anunciou esta terça-feira que decorrem diligências para encontrar mais uma unidade hoteleira para acolher doentes com covid-19, defendendo que os visitantes infetados devem ajudar a custear as despesas da sua estadia.

“O secretário do Turismo (da Madeira) e o Instituto de Administração da Saúde (IASAúde) está a ter uma reunião com os principais grupos hoteleiros no sentido de encontrar uma solução”, disse Miguel Albuquerque à margem da visita que efetuou esta terça-feira a uma exploração agrícola na freguesia da Ponta do Pargo, no concelho da Calheta.

O governante regional salientou que a solução “passa também por aquilo que é justo”, apontando que isso passa pela “comparticipação dos próprios utentes no uso e gastos inerentes ao hotel”.

O chefe do Executivo Regional argumentou que os visitantes “pagam a reserva antecipadamente”, sendo o objetivo que, em caso de terem um teste positivo para covid-19 na chegada à Madeira, “esse dinheiro seja canalizado para ajudar os custos do Serviço Regional de Saúde no funcionamento e despesas inerentes ao funcionamento do hotel”.

Sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras na rua, a partir de quarta-feira, com base na proposta do Governo da República, um diploma já promulgado pelo Presidente da República, Miguel Albuquerque não excluiu a possibilidade de a Assembleia da Madeira também legislar sobre esta matéria.

“Nós agora temos a faculdade de o parlamento regional e o governo (da Madeira) legislar sobre essa matéria” e, “neste momento está tudo em aberto”, referiu, salientando que esta é recomendação que foi introduzida “há muito tempo” no arquipélago.

O responsável insular destacou que a medida “tem sido de forma crescente cumprida pela população” e enfatizou que, por enquanto, ninguém “vai ser multado” porque “a maioria já usa máscara”. “Penso que isso não vai ser um problema que vá surgir na Madeira”, porque “a maioria da população tem cumprido” com a recomendação do uso da máscara, vincou.

Contudo, destacou que “a situação começa a ser bastante preocupante na Europa e mesmo no continente”, pelo que o Governo Regional vai “tomar todas as medidas no sentido de garantir a salvaguarda da saúde pública na Madeira”, argumentando que os aumentos “exponenciais” noutros países obrigam a “cuidado redobrado” neste arquipélago.

O governante disse que vão ser tomadas “decisões relativamente às equipas desportivas” no Conselho do Governo Regional de quinta-feira, podendo ser incluídas outras “medidas necessárias no sentido de salvaguardar a Madeira”. No caso das deslocações dos atletas, indicou que vão ser obrigados a fazer dois testes com seis dias de interregno, cumprindo um período de resguardo.

Ainda sobre decretar o Estado de Emergência, o presidente do Governo da Madeira mencionou ser uma responsabilidade nacional, considerando que “não há nenhum problema” até porque “o pico da pandemia ainda não está concretizado a nível europeu, nem no país”

“Portanto, nós vamos ter que nos prevenir, ter muito cuidado e muito juízo, porque isto vai depender fundamentalmente do nosso comportamento, mais do que tudo o resto”, destacou, opinando que, se as pessoas “relaxarem, pensando que isso é uma brincadeira” as consequências vão acabar por ser “nefastas”.

Miguel Albuquerque considerou que na Madeira as pessoas “já estão conscientes do que se está a passar”, indicando que um dos “grandes desafios que o Sistema Nacional de Saúde tem é qual vai ser a capacidade de resposta numa situação incontrolável” dos cuidados intensivos em caso de “surto pandémico muito forte”.

“Nós aqui temos de resguardar também sempre a não proliferação de focos de infeção local até para termos sempre capacidade de resposta no Serviço Regional de Saúde”, concluiu.

De acordo com os últimos dados revelados segunda-feira pela autoridade regional de saúde, a Madeira reportava 19 novos casos importados de Covid-19, estando em estudo outras 21 situações, totalizando 144 doentes ativos e 400 confirmados.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Meteorito atinge casa de homem indonésio e transforma-o em milionário

O caso insólito aconteceu em Kolang, na Sumatra do Norte, Indonésia. Um fabricante de caixões de 33 anos encontrou um meteorito no seu jardim, depois deste atingir o telhado da sua casa em agosto. O protagonista …

Há 20 anos que ninguém sabe do paradeiro de dois cadernos de Charles Darwin

Dois dos cadernos do naturalista Charles Darwin, um dos quais com o rascunho da “Árvore da Vida” (1837), estão desaparecidos há cerca de 20 anos e terão sido muito provavelmente roubados, anunciou esta terça-feira a …

Cientistas reconstruiram explosão de Beirute através das redes sociais

Cientistas forenses recorreram a imagens partilhadas nas redes sociais para reconstruirem a explosão de Beirute, em agosto, que matou 191 pessoas. A 4 de agosto, uma série de explosões causadas por 2.750 toneladas de nitrato de …

Professor alemão do ensino básico é suspeito de canibalismo e homicídio

Depois de uma pilha de ossos ter sido encontrada por transeuntes no parque de Berlim, as autoridades alemãs descobriram que se tratava de uma vítima de canibalismo. As pistas conduziram-nas, mais tarde, à casa do …

Marselha 0-2 FC Porto | Dragão vence e abre porta dos "oitavos"

Basta apenas um ponto para que o FC Porto carimbe uma vaga nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Na noite desta quarta-feira, os “dragões” venceram o Marseille por 2-0 – com os contributos de Zaidu …

Mais de 100 mil crianças morreram com VIH e 320 mil ficaram infetadas. A pandemia pode piorar o cenário

De acordo com um relatório da UNICEF, a cada 100 segundos uma criança ou jovem com menos de 20 anos foi infetado pelo VIH no ano passado. Com os novos dados, o número total de …

Animação mostra como foram construídas as pontes do século XIV

Construir uma ponte sobre a água parece uma tarefa complicada e a verdade é que, apesar dos inúmeros avanços tecnológicos, os fundamentos pouco alteraram desde os tempos medievais. A Ponte Carlos tem 618 anos, mas não …

Médicos sem Fronteiras deixam hospital da Venezuela devido a restrições

A Médicos sem Fronteiras (MSF) vai se retirar de uma colaboração com um hospital venezuelano que visa tratar pacientes com covid-19 devido a restrições na entrada de especialistas no país, informou a organização na terça-feira. A …

O novo amplificador de guitarra tem maior capacidade de encaixe (e é mais poderoso)

Em 2016, o engenheiro eletrónico Chris Prendergast lançou um projeto Kickstarter para o amplificador de guitarra portátil JamStack. Este encaixava-se num pino de correia e emitia sons gerados por um smartphone. Agora foi lançada a …

Etiópia. Comissão de direitos humanos denuncia massacre de 600 civis na região de Tigré

A organização independente que investiga acusações de violência contra civis na Etiópia corroborou o relatório da Amnistia Internacional que denunciou a chacina de pelo menos 600 pessoas na região de Tigré, no Norte do país. Segundo …