Grupo Lusíadas junta-se à CUF e Luz Saúde e rompe acordo com ADSE

O Conselho de Administração do Grupo Lusíadas Saúde disse esta quarta-feira em comunicado que “está a analisar opções para a cessação das atuais convenções existentes com a ADSE”.

O Conselho de Administração do Grupo Lusíadas Saúde disse esta quarta-feira em comunicado que “está a analisar opções para a cessação das atuais convenções existentes com a ADSE“, juntando-se, assim, ao grupo José de Mello Saúde, responsável pelos hospitais CUF, e ao grupo Luz Saúde, que esta semana também anunciaram que iriam deixar de prestar serviços ao abrigo das convenções celebradas com a ADSE.

“Neste contexto de cessação das atuais convenções, e depois de diversas reuniões internas com as suas Unidades operacionais e respetivas Direções Clínicas, o Grupo Lusíadas Saúde assegurará, contudo, o adequado acompanhamento e tratamento aos Clientes da ADSE que se encontrem a ser assistidos nas Unidades do Grupo, assim como criará uma tabela própria para que os mesmos beneficiários possam aceder às nossas Unidades, podendo posteriormente pedir o reembolso à ADSE em regime livre”, diz ainda o comunicado.



À semelhança dos dois grupos que também suspenderam este acordo, recorda o Observador, a administração do Grupo Lusíadas invoca dois motivos para a suspensão: as “regularizações a posteriori” e a “definição da tabela de preços”.

A decisão é justificada “por considerar que o imperativo de garantia de qualidade e segurança clínica dos seus clientes (beneficiários desse subsistema público) poderá vir a ser sistemicamente afetado com as regras e procedimentos atualmente vigentes”.

O Lusíadas Saúde contesta a redução, por parte da ADSE, dos preços dos atos médicos a posteriori, “mais de dois anos depois nos casos atuais em discussão”, sem ter “em linha de conta o tratamento e atos prestados a cada cliente, de acordo com as suas necessidades específicas”.

Em causa está também a existência de uma tabela de preços que o grupo privado considera “desajustada da realidade atual”.

“Tratam-se de valores incompatíveis com os padrões de segurança e qualidade com que alinhamos a nossa prestação de serviços e com o nível de experiência que fazemos questão de garantir a todos os Clientes que nos procuram, incluindo os beneficiários da ADSE”, sublinha o comunicado.

O Grupo Lusíadas Saúde sublinha que “continua a manter-se, no entanto, totalmente disponível para a construção de soluções de parceria que garantam um compromisso justo, equilibrado, seguro, previsível e sustentável para todos os intervenientes, passível de garantir, acima de tudo, a qualidade dos atos e a segurança clínica para os Clientes das suas unidades de saúde”.

“Oportunamente, e após a necessária análise do conteúdo contratual das convenções em vigor, comunicaremos às partes os procedimentos operacionais relevantes, em especial quanto aos prazos da cessação das convenções e consequente cessação da marcação de atos em regime convencionado”, conclui o comunicado.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Parlamento Europeu aprova novo estatuto do Provedor de Justiça

O Parlamento Europeu aprovou o novo estatuto do Provedor de Justiça Europeu que vai passar a trabalhar com novas regras, podendo avançar com os próprios inquéritos, prevendo-se também no novo regulamento medidas de proteção para …

Fernando Santos: "Estava a dizer à equipa para se chegar à frente"

Explicação do selecionador nacional, que esteve muito agitado durante os últimos minutos do Portugal-França. Uma primeira parte "excelente" e uma decisão duvidosa da equipa de arbitragem que alterou o resultado perto do intervalo. Fernando Santos começou …

Alemanha 2-2 Hungria | Goretzka salva germânicos no fim

Uma Alemanha impiedosa ao atrevimento da Hungria rendeu hoje um empate a duas bolas, selando a qualificação germânica para os ‘oitavos’ do Euro2020 e a despedida dos magiares no quarto e último lugar do Grupo …

Quase 900 funcionários dos Serviços Secretos dos EUA contraíram covid-19

Aproximadamente 900 funcionários dos Serviços Secretos dos Estados Unidos (EUA) testaram positivo para o coronavírus, de acordo com registos do governo obtidos por um grupo de vigilância. De acordo com os registos, obtidos pela Citizens for …

Portugal 2-2 França | Jogo louco vale empate com sabor a oitavos

A seleção portuguesa de futebol qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020, ao empatar 2-2 com a campeã mundial França, em encontro da terceira jornada do Grupo F do Euro2020, na Puskás Arena, …

Em 2020, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), no ano passado, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados e quase 2.700 foram mortas devido à proximidade com vários conflitos existentes em todo o …

Portugal vs França: seleção empata 2-2 e está nos oitavos do Euro!

A seleção de Portugal jogou esta quarta-feira contra a França, num encontro que podia significar o apuramento para os Oitavos de Final do Euro 2020 ou o regresso a casa mais cedo e sem glória. …

Rússia nega investimento em IA para criação de microchips cerebrais

A Rússia negou as alegações de que estaria a investir em Inteligência Artificial que permitiria aos humanos controlar carros, aviões e usinas nucleares através de microchips implantados nos seus cérebros. O diário Kommersant relatou na terça-feira …

Bombeiro que socorreu a princesa Diana após o acidente revela as suas últimas palavras

Quase 24 anos depois da morte da princesa Diana, o chefe dos bombeiros que esteve no local na noite do acidente em Paris, revelou as suas últimas palavras. Amada por todo o mundo, a princesa do …

China inicia nova edição do festival de carne de cão em Yulin

Coincidindo com o solstício de verão, iniciou na segunda-feira em Yulin, no sul da China, o festival em que os participantes comem carne de cão. Segundo os moradores daquela zona, as autoridades suspenderam recentemente as viagens …