Londres declara situação de emergência devido à covid-19

Andy Rain / EPA

O Presidente da Câmara Municipal de Londres, Sadiq Khan, declarou hoje uma situação de emergência na capital britânica, onde os hospitais correm o risco de ficar sobrecarregados devido ao aumento rápido do número de infetados com covid-19.

“A situação em Londres agora é crítica, com o vírus a espalhar-se fora de controlo. (…) A realidade é que vamos ficar sem camas para pacientes nas próximas duas semanas se a propagação do vírus não diminuir drasticamente”, justificou, em comunicado.

O número de casos em Londres ultrapassou os 1.000 por 100.000 habitantes, uma das taxas mais elevadas no país, indicou.

Entre 30 de dezembro e 06 de janeiro, o número de pacientes nos hospitais de Londres aumentou 27%, de 5.524 para 7.034, 35% mais do que durante o pico da primeira onda em abril, e o número de pessoas com necessidade de ventilador subiu 42%, de 640 para 908.

Na quinta-feira, o presidente do serviço de saúde público britânico (NHS), Simon Stevens, revelou que estão a ser internadas por dia mais de 800 pessoas infetadas com covid-19 nos hospitais de Londres, o equivalente à capacidade do hospital de St. Thomas, onde o primeiro-ministro, Boris Johnson, esteve na unidade de cuidados intensivos em abril de 2020.

O Serviço de Ambulâncias de Londres está a receber cerca de 8.000 chamadas de emergência por dia, em comparação com 5.500 num dia normal, e só nos últimos três dias, foram registadas 477 mortes de infetados em hospitais de Londres.

Um “incidente grave” é definido como um evento ou situação de emergência que requer uma resposta especial coordenada entre os vários serviços públicos, tendo sido previamente invocado em situações como os ataques terroristas em Westminster e London Bridge, em 2017, e o incêndio da Torre Grenfell em junho do mesmo ano.

O Reino Unido tem um dos balanços mais pesados da pandemia covid-19, 78.508 mortos registados até quinta-feira, tendo as autoridades britânicas atribuído uma aceleração de infeções nas últimas semanas a uma estirpe do coronavírus altamente infecciosa identificada no sul de Inglaterra.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.899.936 mortos resultantes de mais de 88 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

  // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mariana Mortágua, deputada e dirigente do Bloco de Esquerda

Disponibilidade não chega. Bloco quer "acordo político" para viabilizar OE2022

Para o Bloco de Esquerda viabilizar o Orçamento do Estado para 2022 "precisa de ter um acordo político com o PS", sinalizou Mariana Mortágua. O Bloco de Esquerda acenou com o voto contra e, em pleno …

O primeiro-ministro, António Costa, acompanhado pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho e o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues

Governo pisca o olho à esquerda e cede na caducidade das contratações coletivas

Esta quinta-feira, o Governo enviou aos parceiros sociais duas propostas para alterar o Código de Trabalho: a suspensão da caducidade dos contratos coletivos de trabalho e o modelo de arbitragem para ser aplicado depois de …

Bill Clinton, antigo Presidente dos Estados Unidos, foi hospitalizado

Bill Clinton foi admitido na noite de terça-feira no Centro Médico Irvine da Universidade da Califórnia para "ser tratado a uma infeção não ligada à covid". O antigo Presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, com 75 …

Passar muito tempo no Espaço pode aumentar o risco de danos cerebrais

Um novo estudo mostra que os astronautas que passam longas temporadas no Espaço têm mais probabilidade de vir a ter danos cerebrais. Em comunicado, a equipa de cientistas responsável pela investigação explicou ter seguido cinco astronautas …

Físicos fazem medição mais precisa do mundo da idade de um neutrão

Uma equipa de físicos fez a medição mais precisa do mundo da idade de um neutrão. Este avanço da Física pode ajudar a responder a perguntas sobre o Universo primitivo. Já sabemos - com uma incerteza …

O "telescópio que comeu a astronomia" vai olhar para a Idade das Trevas do Universo

Astrónomos da NASA vão usar o Telescópio Espacial James Webb para olhar para trás no tempo até à Idade das Trevas do Universo. Alguns chamaram o Telescópio Espacial James Webb da NASA de "telescópio que comeu …

Estudo da Universidade do Minho defende legalização da prostituição em Portugal

Um estudo de um investigador da Universidade do Minho (UMinho) defende a legalização da prostituição em Portugal e denuncia a “ineficácia do modelo abolicionista” em vigor desde 1983, anunciou esta quinta-feira aquela academia. Em comunicado, a …

Dispositivo vestível impresso a 3D não precisa de ser carregado

Um grupo de especialistas desenvolveu um dispositivo vestível a que chamaram “dispositivo biossimbiótico”, que conta com vários benefícios. O novo dispositivo é impresso em 3D, personalizado e baseado em análises corporais dos utilizadores e ainda pode …

Microsoft encerra o LinkedIn na China devido às restrições locais

A Microsoft informou esta quinta-feira que irá encerrar a rede profissional LinkedIn na China até ao final do ano, justificando a decisão com a existência de um "ambiente operacional difícil", segundo a agência France-Presse (AFP). O …

Ceni anunciado mas adeptos avisam: "Só será treinador se falar connosco antes"

Mudança de treinador no São Paulo: saiu Crespo e regressou a "lenda" do clube, Ceni. Mas há palavras que não se esquecem... Mais uma mudança de equipa técnica no Brasileirão. Desta vez no São Paulo, que …