Lisboa vai proibir os copos de plástico. Beatas e chicletes no chão valem multa

A Câmara de Lisboa apresentou dez medidas para contrariar o aumento dos resíduos na cidade, incluindo multas até 1500 euros para quem deitar beatas de cigarros e pastilhas elásticas ao chão. E os copos de plástico descartáveis serão proibidos na capital a partir de 2020.

As alterações ao Regulamento de Gestão de Resíduos, Limpeza e Higiene Urbana, apresentadas nesta quinta-feira pela Câmara de Lisboa, incluem um agravamento das coimas, bem como novas contra-ordenações, entre as quais para quem lançar beatas ou pastilhas elásticas ao chão.

A autarquia vai também proibir a utilização de copos de plástico descartáveis a partir de 2020. “No primeiro dia da Capital Verde [2021] queremos que Lisboa tenha eliminado esta prática do ponto de vista da restauração”, vincou o vice-presidente da Câmara de Lisboa, Duarte Cordeiro, citado pelo Jornal de Negócios.

As 10 novas medidas para ajudar a manter a cidade limpa foram apresentadas nos Paços do Concelho, e incluem a contratação de 300 cantoneiros, um reforço da verba para as juntas de freguesia, a recolha do lixo ao domingo ou a proibição do uso de plástico não reciclável em espaços públicos.

Servir produtos em recipientes de plástico não reciclável é punível com coima entre os 150 a 1.500 (pessoas singulares) e entre os 1.000 a 15.000 euros (pessoas colectivas).

Na apresentação foi também anunciado que os estabelecimentos de restauração, hotelaria e comércio vão ficar obrigados a manter limpa a envolvente dos seus espaços num raio de dois metros, e que haverá um aumento do valor das coimas em caso de violação do regulamento. Nestes casos, a coima poderá ir dos 150 aos 15.000 euros.

Também a falta de limpeza dos espaços por parte dos vendedores ambulantes e dos promotores de espectáculos pode resultar numa contra-ordenação nos mesmos valores.

Segundo informação distribuída aos jornalistas, vão aumentar as coimas em relação ao “abandono de resíduos em espaço público”, passando dos actuais 58 até 5.800 euros para os 250 a 2.500 euros (para pessoas singulares), e entre os 500 e 22.000 euros (para pessoas colectivas).

Já o “incumprimento do horário de colocação e retirada dos equipamentos de deposição”, que actualmente daria coima entre os 29 e os 116 euros, poderá, no futuro, resultar no desembolso de até 14.950 euros.

Também a “manutenção em espaço público de equipamentos de deposição” ou a “inobservância das regras de deposição indiferenciada e selectiva” terão uma coima associada que começa nos 100 e pode ir até aos 14.950 euros.

As contra-ordenações novas pretendem punir ainda danos a equipamentos de grandes dimensões (coima até aos 44.890 euros), o lançamento de pastilhas elásticas, beatas e maços de tabaco para o chão (coima até 15.000 euros), ou a afixação de publicidade em contentores para o lixo (coima até 14.950).

A fiscalização ficará a cargo das juntas de freguesia e o dinheiro das coimas reverterá para estas. O impedimento da fiscalização poderá resultar numa coima entre os 250 e os 2.500 euros para pessoas singulares, e entre os 500 e os 22.000 euros para pessoas colectivas.

Com as novas regras, os estabelecimentos terão também de dispor de cinzeiros e papeleiras nas esplanadas. Aqueles que não tiverem poderão ter de pagar até 15.000 euros.

Esta alteração ao Regulamento de Resíduos, Limpeza e Higiene Urbana – em vigor desde 2004 – prevê também sanções acessórias, entre as quais a “privação, até dois anos, de receber qualquer apoio institucional do município”, a impossibilidade, pelo mesmo período, de candidatura a concursos públicos do município, a “suspensão de autorizações de espaço público” (como esplanadas ou venda ambulante), a “restrição do horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais”, ou ainda “contra-ordenações punidas a título de dolo ou negligência”.

Também o horário para a deposição de resíduos na rua se altera, passando das 19:00 às 23:00 para as 20:00 às 23 horas.

 

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Como as decisões nos sacos de plástico, onde o objectivo foi cobrar mais uma taxa, porque pagando essa taxa já se pode usar plástico. As bebidas açucaradas também não se devem consumir, mas pagando o aumento decretado pelo governo, já se pode beber à vontade.
    O governo não gasta um cêntimo na prevenção nem na educação. Limita-se a aproveitar as ocasiões para facturar mais uns milhões.
    Agora vamos ter um polícia atrás de cada adolescente ou de cada fumador – O Big Brother. Cuspir para o chão…pode ! Os caniches a sujarem os passeios também não tem problema, apesar das campanhas de sensibilização neste caso, tem feito melhor do que qualquer multa.
    E que tal multas para as Câmaras e Juntas que deixam acumular o lixo que se vê nas imagens abaixo ?!

    • Como?!
      O governo é que tem que gastar em “prevenção e educação”?!
      Era só o que faltava!…
      Não me digas que as pessoas não sabem que a via publica não é nenhum caixote do lixo?
      Ou que as um beatas e chicletes não são para deitar no chão?!
      Se não sabem viver como pessoas civilizadas, vão ter de aprender e, com as multas, pode ser que aprendam mais rapidamente!!

      • Concordo com o Eu! Mais nada!
        Quanto aos animais, que o Carlos refere, sabe que existem ainda animais abandonados nas ruas, não sabe? Enquanto isto for um país de 3ºmundo e houver animais abandonados, vai haver sempre cócós nas ruas, porque são animais e não humanos, esses sim deviam ser mais civilizados e não fazer a m*rda que fazem!

        • “Enquanto isto for um país de 3ºmundo…”
          Calma que “isto” é Portugal e Portugal não é só Lisboa ou Porto!…
          Nas pequenas cidades ou vilas não me lembro de ver animais abandonados nem cócó nas ruas!…

Responder a Eu! Cancelar resposta

Fogos na Sertã dominados. Chamas ainda descontroladas em Vila de Rei e Mação

O Comandante do Agrupamento Centro Sul da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Belo Costa, disse esta manhã de domingo, que as Forças Armadas estão no terreno com máquinas de rastos, bem como a …

Cemitérios verdes. Especialista britânico sugere enterrar mortos à beira da estrada

O especialista britânico sugere que se use os espaços ao lado das estradas, ferrovias e passeios como "corredores funerários" amigos do ambiente. Uma vez que a ciência ainda não encontrou forma de nos tornar imortais, encontrar …

Consumo de proteínas e laticínios pode ajudar a reduzir risco de diabetes

Cientistas associaram um maior consumo de proteínas e laticínios a um menor risco de diabetes. Em contrapartida, alimentos ricos em calorias foram ligados a um maior risco de diabetes. A diabetes é um problema de saúde …

Médicos alertam: técnica de tapar a boca com fita-cola para dormir melhor é perigosa

Chama-se "buteyko" e consiste em encontrar formas de respirar melhor pelo nariz, entre as quais fechar a boca enquanto dormimos. A tendência está a gerar um debate entre os médicos, que consideram esta técnica perigosa. Foi …

Incentivos financeiros ajudam pessoas a deixar de fumar

Fumar mata um em cada dois fumadores ávidos, mas desistir leva a grandes melhorias na saúde, aumento da esperança de vida e poupança de custos com cuidados de saúde. Pagar às pessoas para pararem de …

Há uma coisa simples que podemos fazer para combater as alterações climáticas: falar sobre o problema

A preocupação com as alterações climáticas pode ser muitas vezes um fardo solitário, mas a verdade é que não precisa de ser assim. De acordo com um novo estudo, simplesmente falar sobre o assunto com …

Em busca das duas princesas alemãs. Vaticano analisa ossários após encontrar túmulos vazios

Os trabalhos começaram esta manhã no cemitério que fica dentro das muralhas do Vaticano e foram analisados os restos dos dois ossários, explicou o porta-voz interino da Santa Sé, Alessando Gisotti. Os ossários estavam perto dos …

Miguel Pinto Lisboa é o novo presidente do Vitória de Guimarães

Miguel Pinto Lisboa foi eleito, este sábado, o novo presidente do Vitória de Guimarães, avança a imprensa portuguesa. Os números ainda não são oficiais, mas as primeiras projeções indicam que o candidato de 47 anos da …

Incêndios em Castelo Branco e Santarém. Há quatro bombeiros feridos, um em estado grave

Dois incêndios em Castelo Branco estão a mobilizar mais de 500 operacionais e 15 meios aéreos. Há estradas cortadas e aldeias evacuadas. Dois incêndios em povoamento florestal, todos no distrito de Castelo Branco, um no município …

"É contra a vontade de Deus". Família que se recusou a pagar impostos é condenada na Austrália

Uma família cristã australiana recusou-se a pagar impostos, alegando que é "contra a vontade de Deus". Em tribunal, o juiz obrigou a pagar 1,3 milhões de euros. Em 2017, na Tasmânia, uma família cristã não pagou …