Lisboa contrata mais de 120 assessores e secretárias para Medina e vereadores

Jerome Dahdah / Flickr

Edifício da Câmara Municipal de Lisboa

O executivo da Câmara de Lisboa vai ter 124 assessores e secretárias a apoiar 17 vereadores, e já começou a assinar contratos, revela este sábado o jornal Sol. Alguns dos assessores contratados são ex-candidatos autárquicos que não foram eleitos.

O executivo da Câmara Municipal de Lisboa vai contratar 124 assessores, adjuntos, chefes de gabinete e secretárias neste mandato, revela o jornal Sol na sua edição deste sábado.

De acordo com a Lei 75/2013, que define o número de funcionários para apoio dos membros dos executivos camarários, o presidente da Câmara e os vereadores de Lisboa têm direito a um total de 10 adjuntos e 9 secretários, além do chefe de gabinete a que Fernando Medina tem direito por lei.

Mas, tal como acontece com a Assembleia Municipal, também no Executivo camarário Lisboa adoptou há alguns anos um regime que lhe permite contratar mais assessores do que o apoio técnico actualmente previsto no Regime Jurídico das Autarquias Locais.

Os primeiros contratos, que foram publicados no portal Base, revelam que alguns dos assessores agora contratados pelo executivo camarário foram candidatos nas últimas Eleições Autárquicas.

Os valores previstos variam, havendo contratos de assessoria a contemplar o pagamento de 3.700 euros mensais mais IVA. Segundo adianta o semanário, a Câmara lisboeta vai pagar 500 mil euros a um só assessor.

A notícia surge depois de a semana passada o mesmo semanário ter denunciado os ordenados acima da média para assessores dos deputados municipais, com casos como de um assessor a ganhar 3752 euros por mês, quase tanto como um deputado da Assembleia (em média, 3816 € mensais), e de secretárias a ganhar 2800 euros – acima da média dos professores universitários, médicos ou diplomatas.

Fora destas contas estão os salários de secretárias e assessores da Presidente da Assembleia Municipal, Helena Roseta, e dos dois secretários, com os quais estes são gastos mais 20.615 euros mensais.

Entre os assessores contratados pela Assembleia Municipal e os contratados pelo executivo de Fernando Medina, “os boys & girls custam a Lisboa 5 milhões de euros por ano“, conclui o semanário.

ZAP //

 

PARTILHAR

23 COMENTÁRIOS

  1. Estas notícias são puras manobras de inveja…

    Lisboa é a capital do país! Só isso bastava para merecer todo este “staff” e este merece o ordenado que a nossa grande líder Helena Roseta propôs…

    Senão vejam:
    O resto do país é só paisagem e a sul é deserto. Só nos resta a nossa grande capital…

    Querem que este país seja governado por incompetentes???

    Estes senhores bem precisam de acessores para lhes dizer o que fazer!

    Vocês não veem que Lisboa é tão difícil de governar???

    • Hi Lisbonense, então a Sul é deserto! Será melhor pedirmos a independência no deserto!
      Realmente a capital dá um exemplo fantástico, vamos todos concorrer a assessor, ganha-se bem e “arranjam-se” conhecimentos para quando acabe o emprego !

      • Minha querida Lu…

        No que diz respeito à independência do deserto respondo-lhe parafraseando Mário Lino so lhe digo “ jamais…”

        No que diz respeito ao emprego,se está aí pelo sul vá trabalhando e pagando os impostos que a nossa grande líder Helena Roseta precisa deles para dividir pelos inúmeros colaboradores que lhe prestam serviço.

        Não faltava mais nada que virem para a capital essa gentinha toda…

    • O jornal Sol denuncia os ordenados acima da média para assessores e secretárias dos deputados do município de Lisboa. Por exemplo, um assessor dos deputados do município de Lisboa ganha 3752 euros por mês, quase tanto como um deputado da Assembleia da República, que ganha, em média, 3816 € mensais.

      Já as secretárias auferem cerca de 2800 euros, com um salário acima da média dos professores universitários, médicos ou diplomatas.

      A nova vereadora da Educação da Câmara de Lisboa, Catarina Albergaria, contratou seis assessores, por ajuste directo, entre os quais o filho do anterior presidente da Câmara João Soares, que vai receber 4.200 euros em vez dos 2.800 definidos na remuneração convencionada.

      E isto é o PS no seu melhor, uma vergonha. Se achas bem então é um esbirro que andas aqui a pastar e a ganhar por post… fica bem… por este andar nem Lisboa escapa a um resgate.

  2. O que é mais espantoso é o facto de nenhuma estação de televisão considerar este assunto como relevante .
    Então não era de chamar o Medina e Helena Roseta e confrontá-los publicamente com este escândalo?
    A nossa comunicação social continua refém de determinados poderes?

    • João sinceramente então esta a querer que se explique o enexplicavel???

      Ele não é o maior!!!!

      E calem-se que se continuarem a falar dessa merd@ dos vencimentos eles ainda seram com recreativos desde o 25 de Abril de 1974!!! (Há e com direito a reforma desde essa altura também)

      Nós podemos tudo e vocês gentinha que vive na paisagem e no deserto pagem mas é os impostos. Ouviram?

  3. Eles comem tudo e não deixam mesmo nada. Muito piores do que aqueles que o Zeca cantava. Se alguém diz alguma coisa, a resposta deles é: agora podes falar e no antigamente não. Podes queixar-te e reclamar que ninguém te leva preso. É o argumento de quem não tem argumentos nenhuns. CORJA!!

  4. Pois, ouvi dizer que a presidente da Raríssimas será contratada como acessora, caso tenha o incómodo de sair da associação. Foi o único tacho que lhe arranjaram para compensar a perda de rendimentos!

  5. Sr. F. Medina e companhia, tendo sido candidato a uma autarquia onde concorremos sós e abandonados pelo Partido de V. Exª., venho por este meio disponibilizar-me para um tachinho que pode ficar aí por uns dois mil euros, desde que fiquem livres de impostos.

  6. alguem tem de fazer queixa na comissao europeia,o partido socialista esta a dar cabo do pais,estes ordenados sao impossiveis,como se pode dar pensoes de miseria a quem trabalhou um vida e esbanjar e boys e girls do partido socialista?o que diz o bloco e o pc?

RESPONDER

Hotel condenado a pagar 19 milhões por discriminação religiosa a funcionária despedida

Quando foi contratada pelo hotel Conrad, Marie Jean fez um acordo: não trabalharia ao domingo, para cumprir os seus compromissos religiosos na igreja Bethel Baptist. Marie Jean Pierre era uma imigrante a tentar ganhar a vida …

"Alpinista de biquiní' morre de hipotermia após queda em desfiladeiro

Famosa pelos seus passeios em biquíni pelas montanhas, Gigi Wu caiu de um desfiladeiro e morreu de hipotermia no Parque Nacional Yu Shan, em Taiwan. Gigi Wu, de 36 anos, apelidada de "alpinista de biquíni" pelos …

Crimes de Vale e Azevedo no Benfica prescreveram

O Tribunal da Relação de Lisboa considerou prescritos os crimes de que o ex-presidente do Benfica João Vale e Azevedo estava acusado, relativos ao desvio de dinheiro dos direitos televisivos do clube, disse esta terça-feira …

Suspensão de voos em Gatwick devido aos drones custou quase 17 milhões à easyJet

A transportadora aérea easyJet informou que os custos devido à suspensão da operação em Gatwick, um dos aeroportos que serve Londres, devido à presença de drones, chegou quase aos 17 milhões de euros. Em comunicado enviado …

Passageiro alcoolizado desviou um avião na Rússia

Um avião de passageiros que voava da Sibéria para Moscovo foi desviado por um passageiro que alterou a rota prevista, obrigando-o a aterrar no Afeganistão. O homem estaria alcoolizado e já foi detido. A Associated Press, …

Santana desafia partidos a falar sobre coligações antes das legislativas

O presidente do partido Aliança, Pedro Santana Lopes, desafiou os líderes partidários a dizerem antes das eleições legislativas deste ano se querem alguma coligação pós-eleitoral e com que partidos. Uma coligação pré-eleitoral dos partidos do centro-direita …

Polícia prende cinco suspeitos da morte de Marielle

A operação Os Intocáveis, desencadeada nesta manhã em áreas controladas por milícias do Rio de Janeiro, prendeu cinco suspeitos do envolvimento nos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. São integrantes de uma …

Centeno não estará no próximo Governo "para não ter de gerir as consequências" das políticas adotadas

Daniel Bessa, antigo ministro da Economia de António Guterres, alerta que as contas públicas estão "por arames", considerando que Mário Centeno, que lidera a pasta das Finanças no atual Executivo socialista, não fará parte de …

Cientista que criou bebés geneticamente modificados foi despedido

O cientista chinês He Jiankui, que anunciou a criação da primeira modificação genética de bebés, foi acusado pelo Governo chinês de driblar a fiscalização e de quebrar as diretrizes em busca de fama e fortuna. Esta …

Autarca que engoliu prova começa a ser julgado (com actores chamados a tribunal)

O antigo-vice-presidente da Câmara de Portimão, Luís Carito, começa nesta terça-feira a ser julgado, depois de ter engolido uma alegada prova dos crimes relacionados com o projecto que visava tornar a cidade algarvia na "Meca …