/

Linha de Fundo: Contagem crescente

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

A epopeia goleadora de Cristiano Ronaldo. A Seleção rumo ao Mundial 2022. O fecho do mercado e as opções dos 3 grandes para o ataque ao título. Os números e as frases da semana. Visto da Linha de Fundo.

Momento da Semana: O Super-Homem é português!

Cristiano Ronaldo escalou o cume do Índice G.O.A.T., estão são as iniciais para Greatest of All times, que significa “O Maior de Todos os Tempos”.

Trata-se de uma tabela que utiliza um novo algoritmo baseado em dados desenvolvidos por Tom Crawford, matemático da Universidade de Oxford.

No estudo encomendado pela LiveScore, um dos maiores fornecedores mundiais de informações desportivas em tempo real, foram analisados dezenas dos jogadores de futebol mais importantes da história, desde o início da modalidade, e avaliou sete pontos de dados.

Os principais elementos diferenciadores para Cristiano Ronaldo foram os seus títulos de clube, golos internacionais e recordes individuais, criando uma pequena vantagem sobre os seus adversários mais próximos.

O Índice Top 10 identificou várias ícones do futebol sul-americano e europeu.

Os números são avassaladores. O recorde mais recente foi com a camisola de Portugal vestida, tornando-se o o melhor marcador de sempre em termos de seleções nacionais, chegando aos 111 golos!

Antes do jogo com a República da Irlanda, o capitão da Seleção estava em igualdade com Ali Daie (109 golos pelo Irão) no topo da lista e quando foi a Seleção Nacional mais necessitava bisou, garantindo uma importante vitória, alcançando mais um recorde para a conta pessoal. Dois golos de cabeça numa reviravolta que fica para a história do futebol.

Melhor marcador (784 golos) em atividade.
Melhor marcador (111 golos) de seleções.
Melhor marcador (450 golos) do Real Madrid.
Melhor marcador (134 golos) da Champions League.
Melhor marcador (14 golos) nas fases finais de europeus.

E garante Cristiano Ronaldo que “mais recordes há ainda para bater”. Bater o máximo de internacionalizações de todo o mundo é a meta seguinte. Só faltam 16 jogos.

Fase de Apuramento Mundial Catar 2022

Artistas reunidos em noite de gala

  • Azerbaijão 0 – 3 Portugal (Bernardo Silva 26′, André Silva 31′ e Diogo Jota 75′)

Jogo de sentido único em Baku. Portugal dominou a partida por completo, não dando a mínima oportunidade ao conjunto azeri.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O Azerbaijão não conseguiu apresentar argumentos suficientes para fazer frente a Portugal, limitando-se quase todo o jogo a defender a sua baliza. De nada valeu, salvando-se de uma goleada expressiva.

Depois do susto frente à República da Irlanda, a equipa portuguesa apresentou-se em grande nível.

Equipa sempre muito comprometida com o jogo, vibrante nas ações ofensivas, solidária e com vários momentos de elevada nota artística. Uma exibição que roçou a perfeição, divertindo quem assistiu ao jogo, ficando clara a ideia que em campo os jogadores também se divertiram, sendo capazes de criar um alto volume de jogo ofensivo, amarrando completamente o adversário. Uma orquestra afinada e com todos a tocarem para o mesmo lado.

Bruno Fernandes esteve indomável, uma das melhores exibições de sempre com a camisola da Seleção portuguesa. Bernardo Silva apresentou-se igualmente num patamar elevado, assim como João Cancelo, sempre em alta rotação, e também João Moutinho, desta vez como capitão de equipa, um maestro.

Tudo a funcionar em pleno. Uma fantástica demonstração individual e coletiva.

“Quando somos o ‘nós’, dificilmente alguém ganha a Portugal”, referiu o selecionador Fernando Santos. Está dado o recado. Desta vez as coisas foram bem diferentes, viu-se coletivo, classe, garra, atrevimento, grandes jogadas e golos. E outros ficaram por marcar num jogo bem conseguido, conquistado com classe e com grandes momentos de futebol. Os artistas reuniram-se à volta do ‘nós’. Bela vitória.

CR7 numa reviravolta histórica

  • Portugal (Cristiano Ronaldo 89′ e 90’+6) 2 – 1 República da Irlanda (Egan 45′)

Quando tudo parecia condenado ao fracasso, com Portugal a perder (0-1) quase em cima do minuto 90, eis que surgiu no jogo Cristiano Ronaldo para resolver a questão.

Depois de ter falhado um penálti aos 15 minutos, marcou aos 89′ e 90’+ 6, ambos os golos de cabeça. Tornou-se o melhor marcador mundial de seleções e conseguiu desatar um nó bem complicado. Portugal nunca funcionou como equipa.

A equipa portuguesa mostrou-se ofensiva mas foi pouco perigosa. Mostrou demasiada vocação atacante, pouca ligação, demasiados erros. É certo que foi superior ao adversário, sempre mais preocupado a defender, mas faltou inspiração, paciência e dinâmica capaz de superar um obstáculo que teve o mérito de adiar a sentença.

O jogo foi… Cristiano Ronaldo e pouco mais do que isso. A formação lusa revelou dificuldade em ligar jogo, com pouca garra e concentração. Noite de vários equívocos e um jogo sofrido.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

As contas do apuramento ficavam comprometidas, todos já pensavam que a situação seria irrecuperável… até que surgiu Cristiano Ronaldo. Dois golos, dois cabeceamentos com muita classe e assunto resolvido. Recorde conseguido e vitória a cair do céu, só que estava lá Ronaldo para de cabeça consumar uma reviravolta histórica.

Um rugido no fecho do Mercado de Verão

O campeão Sporting encerrou o primeiro período de transferências com a saída milionária de Nuno Mendes para o Paris Saint-Germain, com Pablo Sarabia a fazer o percurso inverso.

Depois de ter sido apontado aos gigantes de Manchester, City e United, para além de ter sido referenciado para o Barcelona e Real Madrid, Nuno Mendes foi transferido para o PSG.

Os leões arrecadam sete milhões de euros pelo empréstimo do lateral-esquerdo, por uma temporada, com a garantia de €40 milhões terminada a temporada.

Da capital francesa, além do avultado encaixe financeiro, chegou Pablo Sarabia, internacional espanhol, sem espaço no PSG, até porque Mbappé continua para além da sensacional transferência de Messi, encontrando no plantel leonino palco ideal para se mostrar seja nos flancos ou numa zona mais central do meio-campo ofensivo. Nota ainda para o empréstimo leonino de Gonzalo Plata ao Vallodolid.

No Dragão, o último dia do mercado a ser vivido com ansiedade, acabando por ter sido uma calmaria.

Apesar de forte cobiça, o FC Porto resistiu a tentações. Certamente que Sérgio Conceição agradece, ficando com a garantia que Corona, Luis Díaz e Sérgio Oliveira – que permanecem no plantel – passam a reforços. Sem espaço nas opções do treinador, o defesa-central Diogo Leite foi emprestado ao SC Braga e Romário Baró foi cedido ao Estoril, após ter renovado com os dragões até 2026.

O Benfica arrumou a casa e encolheu o ainda extenso plantel.

Destaque para o adeus a Samaris, com o grego a rescindir o contrato com as águias, e para as saídas de Vinicius (PSV), Florentino (Getafe), Jota (Celtic), Tomás Tavares (Basileia) e Chiquinho (SC Braga).

Quanto a reforços, o desejado defesa-central acabou por ser… Ferro, com os encarnados a garantirem Valentino Lázaro para o meio-campo, por empréstimo de uma época pelo Inter de Milão.

PUBLICIDADE

Está fechado o mercado de transferências de verão de 2021.

O Gil Vicente foi a equipa da Liga com mais caras novas (17), seguida do Estoril Praia (14) e do FC Famalicão (13).

Frases da Semana

“É mais um para o museu. Segredo é a motivação. A vontade que tenho em continuar a jogar futebol. É levantar todos os dias com ambição de querer fazer melhor, de alegrar os adeptos, a família, os meus filhos. Tenho quatro filhos, o Cristianinho já entende tudo e sofre como eu. Mas é bom, porque eles vão crescer com o pai ainda a fazer golos, a dar espetáculo e a ganhar títulos. Não sei se alguém tem mais recordes do que eu, mas este é meu e é único. Estou extremamente feliz”Cristiano Ronaldo, jogador do Manchester United.

“Este feito é a recompensa por uma carreira excepcional de quase duas décadas a representar o teu país ao mais alto nível, o que diz bem do teu tremendo compromisso e dedicação à tua arte e incrível paixão pelo futebol. Ao mesmo tempo que ias fazendo caminho para o recorde de melhor marcador da história do futebol internacional tornaste-te também não apenas num herói nacional, mas num ícone internacional e um exemplo a seguir por aqueles que ambicionam ser jogadores de futebol por todo o Mundo. A tua qualidade e constante dedicação para estar sempre a evoluir merece a admiração e aplauso globais. Parabéns, Cristiano”Gianni Infantino, presidente da FIFA.

“O Ronaldo sempre foi isto na sua história. Os grandes jogadores são assim, às vezes os jogos parece que não estão bem. Tinha um treinador, há muitos anos, Jimmy Hagan, e uma vez perguntei ‘porque é que o Eusébio não sai quando não está a jogar bem?’. E depois quando for preciso onde é que está o Eusébio? Os grandes jogadores são isto. Podem não estar tão bem mas aparecem com tudo e resolvem os jogos”Fernando Santos, selecionador de Portugal.

“O Manchester United é um clube que sempre teve um lugar especial no meu coração e tenho sido inundado de mensagens desde o anúncio na sexta-feira. Mal posso esperar por jogar em Old Trafford em frente a um estádio cheio e ver todos os adeptos de novo. Estou entusiasmado por juntar-me à equipa depois dos jogos internacionais e espero que venha aí uma época com muito sucesso. Estou aqui! Estou de volta ao meu lugar! Vamos fazer acontecer mais uma vez! PS – Sir Alex, isto é para si…”Cristiano Ronaldo, jogador do Manchester United.

“Para ter este desejo e capacidade para jogar ao mais alto nível durante tanto tempo é preciso ser uma pessoa muito especial e não tenho dúvidas que ele vai continuar a impressionar-nos. A sua experiência vai ser fundamental para os jovens jogadores e o regresso de Ronaldo mostra bem o apelo único que tem este clube. É um jogador maravilhoso e um grande ser humano”Ole Gunnar Solskjaer, treinador do Manchester United.

“Não tinha a certeza se seria possível ter a camisola 7 de novo, por isso quero agradecer ao Cavani pelo seu incrível gesto”Cristiano Ronaldo, jogador do Manchester United.

“Os adeptos da Juventus receberam CR7 como um rei, ansiosos para vê-lo em campo e torcer com ele. Foi uma grande história. Os momentos inesquecíveis vividos juntos foram muitos. Poderíamos recitá-los e revivê-los, mas não adianta, porque cada um tem sua memória especial ligada a CR7. Todos compartilham uma emoção que não precisa de ser mencionada, porque todos se vão lembrar do que sentiram ao caminhar juntos neste pedaço da estrada. Aquele vínculo nascido a 10 de julho, há três anos, foi dissolvido, mas o que foi escrito permanecerá para sempre. Foi uma jornada incrível” – Mensagem de despedida da Juventus a Cristiano Ronaldo.

“Para mim, o melhor jogador de sempre. É sensacional que ele tenha escolhido o Manchester United. Tenho a certeza que o seu impacto será enorme dentro e fora do campo. Muitos dos nossos jogadores pode aprender e melhorar com a presença dele no plantel. É óbvio que vai melhorar a nossa equipa. É sensacional tê-lo no United e estou ansioso por conhecê-lo dentro de dias”Harry Maguire, jogador do Manchester United.

“Parece-me o grande treinador que sempre foi. Vai melhorar a Serie A com toda a sua experiência e forma de trabalhar. É um dos treinadores mais importantes do mundo. Tenho a certeza que o Mourinho se sairá bem na Roma porque é um profissional do mais alto nível”Cristiano Ronaldo, jogador do Manchester United.

“Fui bem recebido por todos. O grupo acolheu-me bem e passou confiança. Isso é o mais importante. Sou mais um para ajudar e, se o mister precisar de mim, estarei pronto. Acho que nunca tinha sentido isso na vida. Foi um momento único e irei guardá-lo para sempre. Coração português? A 100%”Otávio, jogador do FC Porto.

“Contem sempre comigo, a toda a hora, em qualquer momento, para estar ao serviço do FC Porto. Sem medo de nada. Sem medo de programas televisivos, nem de cartilheiros que vão tentar beliscar, às vezes, pessoas que não têm nada a ver com o assunto, apenas por serem minhas amigas. Manter-me-ei o mesmo. Sempre a lutar pelo FC Porto, sempre a respeitar os nossos adversários, a querer a união da massa associativa, dos seus adeptos. Todos nós temos a obrigação de pensar nos milhares de portistas que só no FC Porto encontram motivos para sorrir. Se pensarmos nisso, nós vamos procurar servir o FC Porto. Conto convosco com esse espírito, como podem contar comigo para essa finalidade”Pinto da Costa, presidente do FC Porto.

“Hoje só vim enquanto presidente do Benfica e não aquilo que vai passar no Benfica no futuro. Não estou em campanha eleitoral”Rui Costa, presidente do SL Benfica.

“Estamos a pouco mais de 30 dias da realização de eleições no Benfica e não estão definidas as condições em que decorrerão a campanha e o ato eleitoral. Desengane-se quem pensa que a saída de Luís Filipe Vieira fez regressar a cultura democrática ao Benfica. A pior face do Vieirismo continua bem presente, na atual direção e neste presidente da MAG. Um ato eleitoral não se planeia com taticismos delineados ao sabor de resultados desportivos e a democracia não se cumpre porque alguém respeitou uns prazos sem respeitar mais nada. A última eleição do clube decorreu em condições indignas da nossa história e dos nossos valores. Um ano depois, com um presidente que anunciou o início de uma nova era de transparência na vida do clube, é pedido aos sócios que participem numa nova eleição cujas regras serão anunciadas, na melhor das hipóteses, a três semanas do ato eleitoral”Noronha Lopes, candidato à presidência do SL Benfica em outubro de 2020.

“Foi uma surpresa. No fim de um treino, o meu treinador disse-me que tinha sido convocado, mas achei que era para os sub-21. Reagi com uma gargalhada, pois é um sonho estar na seleção principal de Espanha. É um sentimento único, mas ao mesmo tempo sei que é mais difícil ficar do que chegar e por isso vou lutar”Abel Ruiz, jogador do SC Braga.

“Trouxemos para a AS Roma o melhor treinador do mundo, Mourinho. Estou orgulhoso, feliz e motivado por trabalhar todos os dias com Mourinho. Tenho 36 anos e tenho seguido a carreira dele desde que era criança, apesar de ter treinado o FC Porto e eu ser adepto do Benfica” – Tiago Pinto, diretor desportivo AS Roma.

“Conhecia o clube, mas não por dentro. Talvez me tenham surpreendido as infraestruturas e a organização que o Benfica tem. Surpreendeu-me bastante a grandeza do clube, e sem dúvida que o Benfica tem todas as condições e dá todas as condições para os jogadores estarem focados naquilo que controlam: o trabalho de campo, o treino e o jogo. Assinei pelo Benfica de consciência tranquila, numa decisão difícil, mas acertada”João Mário, jogador do SL Benfica.

“Tudo que é bom tem um fim. Com esta revogação de contrato, o meu ciclo acabou aqui na nossa equipa. Um OBRIGADO é pouco para agradecer a todas as pessoas que trabalharam comigo ao longo destes sete anos maravilhosos. Mas, obrigado é a palavra que mais utilizo desde que aprendi português. Isto porque fui, sou e serei eternamente grato por tudo o que vivi aqui graças a todos vós, adeptos fantásticos que me apoiaram sempre. Eternamente grato. Desejo toda a sorte e sucesso no mundo a este enorme clube. Mais uma vez, OBRIGADO BENFICA. Até breve”Andreas Samaris, ex-jogador do SL Benfica.

“Muito feliz por chegar ao Sporting Clube de Portugal. Ansioso por vestir de verde e branco”Pablo Sarabia, jogador do Sporting CP.

“Mudou de equipa, mas creio que foi uma decisão acertada porque agora vai ter mais minutos no seu novo clube. O Sarabia tem qualidade, drible e golo. Acrescenta muitas coisas e estou encantado que comece uma nova etapa», disse o ex-técnico do Barcelona. Vendo a concorrência que ia ter, foi a decisão acertada. Não tem o ritmo dos outros porque não teve essa oportunidade na pré-temporada, mas tem golo”Luís Enrique, Selecionador de Espanha.

“Queridos culés, despeço-me e agradeço o vosso carinho. Deu tudo por esta camisola, esforcei-me por este grande clube e vou triste por não poder ter desfrutado mais do vosso apoio nos jogos. Ainda assim, vou orgulhoso por ter sido um dos vossos. Viva o Barça!”Antoine Griezmann, jogador do Atlético de Madrid.

“Se treinávamos bêbados e fizemos o que fizemos, imaginem sóbrios. O Hleb não jogou comigo. Saímos [do Barcelona] porque o futebol tem destas coisas. Éramos culpados pelos insucessos. Eu, o Eto’o e o Ronaldinho. Nós ganhámos tudo e quando não ganhamos fui vendido para o Chelsea, o Ronaldinho ao Milan”Deco.

“Mbappé e eu damo-nos muito bem dentro e fora do campo, e é claro que gostaria que ele estivesse comigo no Real Madrid, que é o melhor clube do mundo, mas temos que respeitar o clube dele. Tenho a certeza de que um dia Mabappé vai jogar no Real Madrid”Karim Benzema, jogador do Real Madrid.

“Tenho jogado menos que o guarda-redes suplente de ‘Oliver e Benji’. Não quero estar por estar e acomodar-me. Sei que o meu papel é o que é, tenho de saber a minha função e ver o que posso acrescentar noutro ponto de vista. Se vejo que aquilo que acrescento aqui é pouco ou passo para segundo plano, aí direi que chegou ao final. Mas ao dia de hoje continuo a exigir a mim mesmo e não estou contente comigo mesmo porque não estou a desfrutar daquilo que quero fazer, que é jogar”Joaquín, jogador e capitão do Bétis.

“Saiu de uma forma estranha, mas mostrou que estava louco para regressar ao Atlético de Madrid. Há adeptos que não vão gostar, mas há outros que ficaram maravilhados com o seu regresso e no final o importante é o desempenho e ter o melhor plantel. Ele veio em condições extraordinárias para nós e isso mostra a vontade que tinha de jogar aqui. Foi uma sorte contar com Griezmann para os próximos dois anos. Não contávamos ter Griezmann”Enrique Cerezo, presidente do Atlético de Madrid.

“Tenho a certeza de que Messi vai acabar a carreira no Barcelona. Vai ganhar a Champions no PSG e retirar-se no Barcelona. Estamos todos animados por vê-lo a jogar ao lado de Mbappé e Neymar. Acho que vai realizar o sonho do PSG. Se não ganharem agora a Liga dos Campeões, não vão ganhar nunca”Riquelme, antigo internacional argentino.

“Este processo de centralização dos direitos terá de ser inclusivo, ninguém pode ficar de fora. Um dos próximos grandes desafios é incluir todos estes players nesta discussão. Vamos ter de ter os clubes, os operadores, os financiadores da operação. Há uma grande positividade e estamos absolutamente convictos que todos os interesses serão salvaguardados, ninguém passará a receber menos do que recebe. Serão salvaguardados os interesses dos próprios operadores, daqueles que tanto apostaram e investiram no futebol profissional”Pedro Proença, presidente da Liga Portugal.

“Os clubes-estado são tão perigosos para o ecossistema do futebol como a SuperLiga. Fomos críticos da Superliga porque destrói o futebol europeu e somos igualmente críticos do PSG. Perdas de 300 milhões de euros com a pandemia, menos 40% de receitas televisivas em França e mais de 500 milhões em salários? Insustentável”Javier Tebas, presidente da La Liga.

Números da Semana

  • 111 golos de Cristiano Ronaldo pela Seleção de Portugal. Record batido, passa a ser o maior goleador de sempre das seleções. 109 Ali Daie, 84 Puskas, 79 Chitalu e 78 Pelé.
  • Cristiano Ronaldo marcou pela 1.ª vez à Rep. Irlanda: os irlandeses foram a 45.ª seleção a quem marcou.
  • 180.ª internacionalização de Cristiano Ronaldo: iguala Sergio Ramos (Espanha) com mais jogos pela sua seleção. Buffon (Itália) 176 jogos.
  • Otávio (FC Porto) fez estreia pela Seleção Nacional A. É o 8.º brasileiro naturalizado a jogar por Portugal: Lúcio Soares, Celso, Deco, Pepe , Liedson, Rony Lopes, Dyego Souza e Otávio. Foi o 27.º jogador utilizado por Fernando Santos na competição.
  • 3.ª estreia a marcar de jogadores brasileiros naturalizados portugueses:Deco (Brasil), Liedson (Dinamarca) e Otávio (Qatar).
  • André Silva regressou aos golos pela Seleção Portugal 364 dias depois.
  • 13.ª vitória nos 14 últimos jogos realizados por Portugal em fases de qualificação para o Mundial.
  • Portugal só perdeu um dos 24 últimos jogos realizados na fase de qualificação para o Mundial (2-0 com a Suíça).
  • Raphael Guerreiro cumpriu a 53.ª internacionalização. Ultrapassou Fábio Coentrão (52) e passa a ser o lateral esquerdo com mais jogos pela seleção
  • A Juventus divulgou os valores da transferência de Cristiano Ronaldo para o Manchester United. O clube inglês vai pagar vão pagar 15 milhões de euros, com esse valor a ser liquidado em cinco anos. A estes juntam-se ainda 8 milhões dependentes do rendimento nos red devils. O internacional português assinou por 2 temporadas, com mais uma de opção.
  • Cristiano Ronaldo, que trocou os italianos da Juventus pelos ingleses do Manchester United, já fez circular 245 milhões de euros em quatro transferências nas últimas 20 épocas.
  • Cristiano Ronaldo é a pessoa mais seguida no Instagram, com 336 milhões de seguidores, bem mais do que todos os clubes da Premier League juntos, que totalizam 184 milhões de seguidores. O Manchester United é o clube com mais seguidores, 46,1 milhões.
  • Nuno Mendes é reforços do Paris Saint-Germain. O ex-jogador do Sporting CP é o 13.º jogador português a jogar na equipa francesa.
  • Cláudia Neto anunciou a retirada da Seleção de Portugal aos 33 anos. A ex-capitã da Seleção feminina realizou 135 jogos e marcou 20 golos.
  • O judoca português Jorge Fonseca ascendeu ao número 1 do ranking mundial da categoria de -100 kg, numa atualização da federação internacional.
  • Ticha Penicheiro entre as 25 melhores basquetebolistas de sempre da Liga profissional norte-americana feminina (WNBA). A ex-internacional lusa já tinha sido considerada uma das 15 melhores atletas da história da competição, em 2011, e integrado o corredor da fama da modalidade, a mais relevante distinção da carreira de uma basquetebolista nos Estados Unidos, em 2019.

  Teófilo Fernando, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.