Liam Neeson admitiu que já quis matar um “sacana negro” e foi acusado de racismo

O ator Liam Neeson está no centro de uma polémica após ter admitido em entrevista ao jornal britânico The Independent já ter saído de casa para deliberadamente tentar matar um homem negro.

Neeson foi acusado de ser racista, mas, após a repercussão, negou o preconceito. O comentário foi feito durante uma entrevista para promover o seu novo filme, Vingança a Sangue Frio, em que um homem quer punir os responsáveis pelo assassinato do seu filho.

Questionado sobre o comportamento do seu personagem, o ator britânico de 66 anos respondeu que “algo primitivo” surge em alguém quando uma pessoa próxima é vítima de violência. “Deus te livre de ter algum membro da família ferido numa situação criminosa. Vou-te contar uma história. É verdadeira.”

Em seguida, relatou que, há 40 anos, após voltar de uma viagem ao estrangeiro, uma pessoa próxima, que morreu há cinco anos, contou ter sido vítima de violência sexual.

“Ela lidou com a violação de uma forma extraordinária. Mas a minha reação imediata foi… Perguntei-lhe ‘conheces quem fez isso?’ Ela respondeu que não. ‘Qual era a cor dele?’ Ela disse que tinha sido uma pessoa negra”, disse Neeson.

O ator disse ter saído em busca de um alvo para extravasar a sua raiva. “Percorri as ruas com um bastão, esperando que alguém me abordasse – tenho vergonha de dizer isso – e fi-lo durante talvez uma semana, esperando que um ‘sacana negro’ saísse de um bar e tentasse provocar-me sobre alguma coisa. Para que pudesse matá-lo.”

Na mesma entrevista, Neeson disse: “Foi horrível, horrível que tenha feito aquilo. Nunca admiti isto e estou a fazê-lo para um jornalista. Deus me perdoe. Foi terrível, mas eu aprendi uma lição com isso”.

“Não sou racista”, disse Neeson

As declarações provocaram muitas críticas ao ator. O jornalista que fez a entrevista, Clémence Michallon, disse à BBC News que “qualquer um que ouvisse o que ele relatou ficaria chocado e atónito de várias formas, e ele mesmo diz ter vergonha do que pensava e fala que que é algo horrível”.

Carla Hall, colunista do jornal Los Angeles Times, escreveu que este tipo de conduta era “desprezível”, acrescentando que agora ela quer que o ator fale se conseguiu lidar com “qualquer tipo de racismo que ainda tenha”.

Ele era um racista ou apenas um homem abalado, capaz de ser violento para se vingar? Ou era ambos? Claro, era racista. Ele estava pelas ruas a tentar encontrar um homem negro aleatório para matar e deu todos os indícios de ser capaz de ser violento”.

“É uma combinação explosiva. A sua revelação é profundamente perturbadora. A questão é: quanto mudou desde então?”, acrescenta Hall.

Neeson negou no programa Good Morning America ter preconceito: “Não sou racista“. Ele explicou que “nunca tinha experimentado aquele sentimento antes”.

Foi um impulso primitivo de atacar alguém. Neeson reafirmou ter percorrido “deliberadamente áreas frequentadas por negros da cidade, à espera ser provocado para que pudesse reagir com violência física”. “Fiz isto talvez quatro ou cinco vezes.”

Neeson alegou à ABC que teria agido da mesma forma fosse quem fosse o agressor. “Se ela tivesse dito que tinha sido um irlandês, um escocês, um britânico ou um lituano, eu teria a mesma reação. Estava a tentar defender a minha amiga de uma forma terrivelmente medieval.”

O ator disse ter se confessado e passado a fazer caminhadas de duas horas por dia para tentar superar a sua raiva.

Na entrevista à ABC, Neeson afirmou ainda que a sua intenção ao fazer tais comentários era iniciar um debate mais amplo sobre racismo.

Questionado sobre o que desejava que as pessoas aprendessem com a sua experiência, ele disse: “A conversar. A abrir-se. Todos fingimos que somos todos politicamente corretos neste país”.

// BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É óptimo que ele não seja racista. E é corajoso que tenha exposto tais sentimentos e factos. Pode ajudar no debate, sim. E ajudar a compreender a psicologia humana. Não é de atacar o homem, é de o elogiar pois está a ajudar a compreender e evitar os comportamentos racistas

RESPONDER

Catarina Martins considera que moção de censura "não é para ser levada a sério"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, considerou que a moção de censura ao Governo, apresentada pelo CDS-PP, "não é para ser levada a sério", acusando os centristas de contradições. Falando aos jornalistas à margem …

Cidade italiana vai pagar às pessoas que andem de bicicleta

O responsável da cidade italiana de Bari, Antonio de Caro, quer "duplicar o número de bicicletas na cidade" e vai pagar às pessoas que usem esse meio de transporte. A nova iniciativa prevê que os cidadãos …

Astrónomos registam "explosão mortífera" em estrela recém-nascida

Um grupo de investigadores registou uma explosão fortíssima na superfície de uma jovem estrela localizada na constelação de Órion, cuja força supera em dez milhões de vezes fenómenos parecidos no Sol. "Nós examinamos as estrelas vizinhas, …

Forças armadas alemãs ponderaram recrutar estrangeiros (mas ninguém se quis juntar)

As forças armadas da Alemanha estão a lutar para atrair recrutas muito necessárias, com o número de novos soldados no Bundeswehr a cair para um recorde no ano passado. A escassez é um desafio urgente para …

FC Porto vs Vitória Setúbal | Superioridade total do dragão

O FC Porto não vacilou e regressou às vitórias na Liga NOS. Na recepção ao Vitória de Setúbal, os “dragões” venceram por 2-0, num jogo que esteve longe de ser espectacular e que valeu pela …

Os portugueses dormem pouco e mal

Os portugueses estão a descansar poucas horas, dormindo em média menos de seis horas diárias, com reflexos negativos na vida ativa e social, disse esta sexta-feira o presidente da Associação Portuguesa do Sono (APS), Joaquim …

Vaticano destitui ex-cardeal dos Estados Unidos por acusações de abusos sexuais

A Congregação para a Doutrina da Fé expulsou do sacerdócio o ex-cardeal e arcebispo emérito de Washington Theodore McCarrick depois de este ser acusado de abusos sexuais de menores e seminaristas, anunciou o Vaticano. Num comunicado, …

Maré de água suja atingiu a já debilitada Grande Barreira de Coral

Um enorme manto de água poluída oriunda das recentes inundações que se registaram no nordeste da Austrália penetrou em partes da já debilitada Grande Barreira de Coral, o maior recife de coral do mundo. Estas camadas …

É oficial: Pedro Marques é o cabeça-de-lista socialista às europeias

O atual ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, é o cabeça de lista dos socialistas às eleições europeias. Era uma notícia já avançada por vários órgãos de comunicação social e hoje António Costa confirmou-a. …

Governo espanhol aprova ordem de exumação de Franco

O Governo espanhol aprovou a ordem para exumar o ditador Francisco Franco do seu atual lugar de enterro, o monumento do Vale dos Caídos, medida à qual a família ainda se opõe. Os familiares de Franco …