Raras lesmas cor-de-rosa fluorescente sobreviveram aos incêndios na Austrália

Uma rara espécie de lesma cor-de-rosa fluorescente (Triboniophorus aff. graeffei) conseguiu sobreviver aos incêndios que assolaram a Austrália no início de janeiro e que deixaram milhões de animais mortos e outros tantos sem abrigo.

Trata-se das lesmas Kaputar, criaturas do tamanho de uma mão, que vivem a cerca de 1509 metros de altitude apenas em Monte Kaputar, em Nova Gales do Sul, na Austrália.

De acordo com o jornal britânico The Independent, cerca de 60 lesmas Kaputar foram avistadas nas encostas da montanha Kaputar, formada por um vulcão já extinto, seis semanas depois dos incêndios que destruíram quase 18.000 hectares na região.

Segundo Frank Köhler, malacologista do Museu Australiano, algumas destas lesmas fluorescentes sobreviveram ao incêndio porque conseguiram “recuar para as fendas das rochas” durante os momentos de maior calor.

Cerca de 90% da população das lesmas de Monte Kaputar morreu durante os incêndios. Os cientistas chegaram a temer que a espécie tivesse mesmo sido extinta.

As fontes alimentares destas criaturas foram também destruídas, mas o malacologista acredita que a espécie possa recuperar de forma rápida. Lesmas e caracóis “são a base de todos os nossos ecossistemas”, disse Köhler, citado pelo jornal britânico The Guardian. “São a fonte de alimento fundamental para muitos mamíferos e pássaros”.

Estas lesmas deverão levar cerca de cinco anos para se recuperarem dos incêndios, podendo os caracóis precisar de 20 anos, uma vez que a sua esperança média de vida é mais longa e que produzem menos descendentes.

“As espécies não existem independentemente de outras espécies”, recordou ainda o especialista, dando conta que é necessário “manter todo o sistema e todas as espécies nele contidas contra impactos ambientais como os incêndios”.

O Parque Nacional de Monte Kaputar foi atingido pelos fogos e estará fechado ao público até 28 de fevereiro.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Querida ZAP, não é “tratam-se de lesmas”, é trata-se de lesmas. O verbo tratar, quando é sinónimo de lidar, só se conjuga na 3ª pessoa do singular. Repara que as lesmas não são o sujeito. O sujeito aqui é indeterminado, desconhecido. Alguém trata mas não se sabe quem.

  2. Caro ZAP, boa tarde.
    Para mim, são bem giras! Parecem nudibrânquios! 🙂
    Mas já agora, digam-me p.f.: é kaputar ou kaptar?
    Muito obrigada e bom trabalho! 🙂

Responder a ZAP Cancelar resposta

Praias, cafés e espetáculos. Países mais afetados pela pandemia começam a aliviar planos de emergência

Numa altura em que a pandemia parece começar a dar tréguas e com o verão a aproximar-se no hemisfério norte, dezenas de países reabrem esta segunda-feira atividades económicas, de lazer e culturais após as restrições …

Costa, Ferro, Medina e 85% dos socialistas querem que Marcelo continue em Belém

Cerca de 85% dos socialistas querem que Marcelo Rebelo de Sousa continue na Presidência da República para um segundo mandato, revela uma sondagem da Pitagórica para o Jornal de Notícias e TSF. A seis meses …

Um terço das mulheres europeias herdou um gene neandertal favorável à fertilidade

Um terço das mulheres europeias herdou um gene neandertal favorável à fertilidade, sugere uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Max Planck, na Alemanha, e do Instituto Karolinska, na Suécia. Em causa está …

Combater a pobreza energética até 2040 custa 384 milhões por ano

Pela primeira vez, o Governo sabe quanto seria preciso investir para combater a pobreza energética até 2040: 7.671 milhões de euros  – o equivalente a 384 milhões de euros por ano. De acordo com o jornal …

Trump classifica movimento antifascista como organização terrorista

O Presidente norte-americano anunciou que vai classificar o movimento ANTIFA (antifascistas) como organização terrorista, e culpou os média por “fomentarem o ódio e anarquia” na onda de protestos contra a violência policial. “Os Estados Unidos da …

Megaoperação em Loures. PSP e PJ cercam bairro da Quinta da Fonte e detém nove pessoas

A Unidade Especial da Polícia de Segurança Pública (PSP) e a Polícia Judiciária (PJ) estão, esta segunda-feira, desde antes das 7h, a fazer uma megaoperação no Bairro Quinta da Fonte, em Loures. Segundo avança a TVI24, …

Cientistas podem ter descoberto onde vive o stress no cérebro humano

Onde é que os sentimentos negativos, como a pressão e a ansiedade, existem no nosso cérebro? Cientistas da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, tentaram encontrar a resposta. Estudos anteriores indicam que os sentimentos subjetivos ou …

A atmosfera de Marte está a escapar para o Espaço (e já se sabe quem é o culpado)

Marte pode já ter sido um planeta habitável mas, ao longo de milhares de milhões de anos, a sua atmosfera escapou para o Espaço. Os cientistas mapearam as correntes elétricas na atmosfera marciana que podem …

Júpiter é tão grande que o nosso Sistema Solar quase teve dois sóis

O nosso Sistema Solar tem apenas uma estrela e uma série de planetas relativamente pequenos. No entanto, Júpiter esteve muito perto de se tornar o irmão mais pequeno do Sol. Júpiter é, de longe, o maior …

O detetive a bordo do rover da NASA Perseverance

Marte está muito longe da famosa 221 Baker Street, mas um dos detetives mais conhecidos da ficção estará representado no Planeta Vermelho quando o rover Perseverance da NASA pousar no dia 18 de fevereiro de …