Raras lesmas cor-de-rosa fluorescente sobreviveram aos incêndios na Austrália

Uma rara espécie de lesma cor-de-rosa fluorescente (Triboniophorus aff. graeffei) conseguiu sobreviver aos incêndios que assolaram a Austrália no início de janeiro e que deixaram milhões de animais mortos e outros tantos sem abrigo.

Trata-se das lesmas Kaputar, criaturas do tamanho de uma mão, que vivem a cerca de 1509 metros de altitude apenas em Monte Kaputar, em Nova Gales do Sul, na Austrália.

De acordo com o jornal britânico The Independent, cerca de 60 lesmas Kaputar foram avistadas nas encostas da montanha Kaputar, formada por um vulcão já extinto, seis semanas depois dos incêndios que destruíram quase 18.000 hectares na região.

Segundo Frank Köhler, malacologista do Museu Australiano, algumas destas lesmas fluorescentes sobreviveram ao incêndio porque conseguiram “recuar para as fendas das rochas” durante os momentos de maior calor.

Cerca de 90% da população das lesmas de Monte Kaputar morreu durante os incêndios. Os cientistas chegaram a temer que a espécie tivesse mesmo sido extinta.

As fontes alimentares destas criaturas foram também destruídas, mas o malacologista acredita que a espécie possa recuperar de forma rápida. Lesmas e caracóis “são a base de todos os nossos ecossistemas”, disse Köhler, citado pelo jornal britânico The Guardian. “São a fonte de alimento fundamental para muitos mamíferos e pássaros”.

Estas lesmas deverão levar cerca de cinco anos para se recuperarem dos incêndios, podendo os caracóis precisar de 20 anos, uma vez que a sua esperança média de vida é mais longa e que produzem menos descendentes.

“As espécies não existem independentemente de outras espécies”, recordou ainda o especialista, dando conta que é necessário “manter todo o sistema e todas as espécies nele contidas contra impactos ambientais como os incêndios”.

O Parque Nacional de Monte Kaputar foi atingido pelos fogos e estará fechado ao público até 28 de fevereiro.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Querida ZAP, não é “tratam-se de lesmas”, é trata-se de lesmas. O verbo tratar, quando é sinónimo de lidar, só se conjuga na 3ª pessoa do singular. Repara que as lesmas não são o sujeito. O sujeito aqui é indeterminado, desconhecido. Alguém trata mas não se sabe quem.

  2. Caro ZAP, boa tarde.
    Para mim, são bem giras! Parecem nudibrânquios! 🙂
    Mas já agora, digam-me p.f.: é kaputar ou kaptar?
    Muito obrigada e bom trabalho! 🙂

RESPONDER

MP suíço pede 28 meses de prisão para presidente do PSG e 3 anos para Valcke

O Ministério Público suíço pediu, esta terça-feira, uma pena de 28 meses de prisão para Nasser Al-Khelaïfi, presidente do Paris Saint-Germain, e de três anos para Jérôme Valcke, antigo número dois da FIFA. Trata-se dos primeiros …

Empresa japonesa cria lâmpada UV inócua para humanos que inativa coronavírus

Uma empresa japonesa desenvolveu uma lâmpada de radiação ultravioleta que inativa o novo coronavírus, recorrendo a um comprimento de onda que um estudo científico diz ser inócuo para os seres humanos. A lâmpada Care 222 foi …

Trump pede à ONU atribuição de sanções à China por ter "ocultado factos relevantes"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, exortou hoje as Nações Unidas a “pedirem responsabilidades à China” pela sua atuação na fase inicial da expansão da pandemia de covid-19. Na sua intervenção durante o debate geral da …

Há um "clima de medo e insatisfação" nas Forças Armadas, diz Associação de Sargentos

O presidente da Associação Nacional de Sargentos (ANS), Lima Coelho, disse à Rádio Renascença que se vive um "clima de medo e insatisfação nas Forças Armadas", que inclui ameaças, avaliações injustas, demora excessiva das reclamações …

Teletrabalho e questões ambientais são prioridade para o PS no início da sessão legislativa

A líder parlamentar do PS afirma que duas das principais prioridades da sua bancada no início da presente sessão legislativa vão passar pela regulamentação do teletrabalho e pela aprovação de uma lei de bases do …

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie

A justiça alemã abriu um novo inquérito contra o principal suspeito do desaparecimento de Maddie McCann, relativo à violação de uma jovem irlandesa, em 2004, anunciou, esta terça-feira, o procurador de Brunswick. "Posso confirmar que investigamos …

Mais de metade dos portugueses acredita que os fundos europeus vão ser mal geridos

Mais de metade dos portugueses (60,6%) acredita que os fundos europeus que Portugal vai receber para fazer face à pandemia vão ser mal geridos, revela uma sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios e …

CMVM avança com suspensão de ex-secretário de Estado da Energia da OMIP

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) notificou, esta segunda-feira, o ex-secretário de Estado da abertura de um processo para a sua suspensão da administração da OMIP, alegando "dúvida fundada" quanto à adequação aos …

Satélite mostra preparativos de desfile na Coreia do Norte (e há quem desconfie da presença de novos TEL)

Novas fotografias tiradas por satélite e analisadas hoje pelo portal especializado 38North mostram os preparativos para um grande desfile militar na capital da Coreia do Norte, que a 10 de outubro comemora a fundação do …

Cartéis mexicanos ganharam cerca de 40 mil milhões de euros em apenas 2 anos

Os grupos criminosos do México ganharam cerca de mil milhões de pesos (perto de 40 mil milhões de euros), entre 2016 e 2018, revelou na segunda-feira a Unidade de Inteligência Financeira (UIF) do Governo mexicano. Durante …