Lar de Reguengos de Monsaraz corrige questões detetadas em vistoria

Uma equipa multidisciplinar que efetuou uma vistoria ao lar de Reguengos de Monsaraz detetou “zero desconformidades”.

Uma equipa multidisciplinar que efetuou esta segunda-feira uma vistoria ao lar de Reguengos de Monsaraz, em Évora, onde surgiu um surto de covid-19, em junho, que causou 18 mortos, detetou “zero desconformidades”, disse a diretora técnica da instituição.

“A conclusão da vistoria foi a de que, neste momento, estamos com zero desconformidades”, ou seja, “todos os cerca de 70 pontos que fazem parte da checklist estão de acordo com as regras definidas” para a prevenção da Covid-19, afiançou à agência Lusa a diretora técnica do lar, Sara Luís.

O Lar da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva (FMIVPS) já tinha sido alvo de uma vistoria técnica, a 24 de agosto, por uma equipa que incluiu três técnicos: do Centro Distrital de Évora da Segurança Social, da Proteção Civil e da Autoridade de Saúde Pública.

Nesta “visita, no âmbito das chamadas ações de acompanhamento covid-19”, realizadas, “não só a este lar, mas a todas as entidades com as quais a Segurança Social tem acordos de cooperação”, a equipa visitou as instalações do lar e aplicou uma checklist, explicou a diretora técnica.

Na altura, a vistoria, com “caráter preventivo e pedagógico”, apontou “16 pontos a serem melhorados” no lar e indicou “algumas recomendações”, tendo a equipa regressado esta segunda-feira à instituição para “analisar e escrutinar a mesma checklist”, referiu.

“Desta vez, fizeram exatamente o mesmo, foram escrutinando os vários pontos, principalmente aqueles que tinham de ser melhorados, e visitaram as instalações”, relatou.

Segundo a diretora técnica do lar, no período entre ambas as visitas, foi realizado “um trabalho de equipa” para “implementar todas as melhorias sugeridas”, algumas de fácil execução, outras mais complexas: “Alguns dos pontos não eram de tão fácil implementação, nem aqui nem em instituição nenhuma”.

A criação de uma área destinada exclusivamente ao isolamento profilático para utentes foi uma dessas questões mais complexas, mas que foi corrigida.

“Se um utente sai para uma consulta, uma urgência ou uma visita, quando regressa à instituição forçosamente terá de ficar 14 dias em isolamento profilático. Ora, se nós temos cinco a seis consultas ou urgências nessa semana ou o reingresso de utentes que estiveram no domicílio, todas estas pessoas precisam de um quarto único com casa de banho para estarem isoladas”, indicou.

O que o lar fez agora foi “retirar oito vagas e readaptar uma unidade que ficou dedicada só ao isolamento profilático, com quatro quartos”, indicou Sara Luís, exemplificando que foi também “criada toda uma zona protegida, com antecâmara, para futuros casos de utentes infetados com covid-19”.

“As restantes situações apontadas eram muito pragmáticas” e muitas “foram resolvidas de imediato”, disse, referindo que, “infelizmente”, devido ao surto de Covid-19 no lar, a instituição “aprendeu muito e acabou por transpor muitas coisas para esta nova realidade”.

“Mas é preciso estarmos muito atentos e alerta para todas estas situações e estamos a trabalhar para tentar evitar que tenhamos de passar novamente para uma situação” como a do surto que eclodiu em 18 de junho, frisou.

O surto provocou 162 casos de infeção, a maior parte no lar da FMIVPS (80 utentes e 26 profissionais), mas também a 56 pessoas da comunidade, tendo morrido 16 utentes, uma funcionária do lar e um homem da comunidade.

Esta situação levou à abertura de um inquérito judicial e a uma auditoria da Ordem dos Médicos, que concluiu que o lar não cumpria as orientações da Direção-Geral da Saúde.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Assimetrias celestes. Afinal, os ventos estelares não são esféricos

Uma equipa de astrónomos realizou várias observações de ventos estelares em torno de estrelas envelhecidas e, como resultado, apresentaram uma nova explicação para as formas das nebulosas planetárias. Os cientistas descobriram que, afinal, os ventos estelares …

Consumo excessivo de álcool afeta o sistema nervoso (e aumenta a ansiedade)

Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde concluíram que o consumo repetitivo de álcool afeta diretamente células imunes do sistema nervoso central, que eliminam parte da comunicação entre os neurónios, e provoca o …

Afinal, os tubarões-baleia macho não são os maiores peixes dos oceanos

Um novo estudo revela que, afinal, os tubarões-baleia machos não são os maiores peixes do oceano. As fêmeas crescem continuamente muito depois de os machos pararem, atingindo tamanhos maiores - ainda que demorem mais tempo …

Exército norte-americano usou fundos de emergência covid-19 para comprar armas

O exército dos Estados Unidos utilizou fundos de emergência aprovados pelo Congresso especificamente para combater a covid-19 para comprar armas, denuncia esta semana o jornal norte-americano The Washington Post. O caso remonta a março passado, …

Carpinteiros usam técnica medieval na reconstrução de Notre Dame

A reconstrução de Notre Dame - que se prevê estar concluída no prazo de cinco anos - continua a avançar e os carpinteiros usaram técnicas medievais para erguer uma estrutura na fachada do monumento. A Catedral …

Durante um ano e meio, uma aldeia inteira perdeu a Internet todos os dias à mesma hora (e já se sabe porquê)

Durante 18 meses, os residentes de uma vila no País de Gales perderam a Internet todos os dias à mesma hora. Agora, engenheiros identificaram o motivo: uma televisão em segunda mão que emitia um sinal …

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …