Juncker pede aos britânicos “que saiam o mais rápido possível”

European Parliament / Flickr

Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia

Londres não tem pressa de sair da União Europeia, na sequência do resultado do referendo desta quinta-feira que ditou o Brexit. Mas Bruxelas quer agora o divórcio o mais rapidamente possível.

Ao abrigo do Tratado de Lisboa, o Reino Unido tem até 2 anos para efectivar a saída da União Europeia, mas a aparente calma que reina agora do outro lado do Canal da Mancha contrasta com a súbita pressa da União Europeia em dar seguimento à vontade expressa pelos britânicos.

O presidente da Comissão Europeia, Jean Claude-Juncker, quer o Reino Unido separado da União Europeia “o mais cedo possível”, para que a Europa se possa unir em torno dos restantes 27 estados-membros.

Numa conferência de imprensa muito aguardada e com a sala de imprensa da sede da Comissão Europeia completamente lotada, Juncker começou por ler uma declaração conjunta com os presidentes do Conselho Europeu, Donald Tusk, do Parlamento Europeu, Martin Schulz, e da presidência rotativa holandesa da UE, Mark Rutter.

“Que seja claro e evidente para todos que o processo de incerteza não durará muito tempo. Há que acelerar as coisas”, disse Juncker.

O presidente da Comissão Europeia reforçou a ideia expressa na declaração conjunta pelis presidentes das instituições europeias, que manifestaram querer “um divórcio o mais célere possível, por muito doloroso que seja o processo”.

Estas posições contrastam com a declaração do primeiro-ministro britânico, David Cameron, que anunciou que até outubro deixará a liderança do governo britânico, defendendo que deve ser o novo primeiro-ministro a negociar o processo de saída com Bruxelas.

Quando questionado sobre se a saída do Reino Unido não representaria “o princípio do fim da UE”, o presidente da Comissão respondeu simplesmente “obrigado”.

“Thank you”, disse Juncker, que abandonou a sala de imprensa da Comissão ovacionado – sobretudo pelos muitos funcionários que também marcaram presença.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Concordo plenamente com o Junker. Ou é ou não é. O nim não é solução para coisa nenhuma. Mas podem sempre fazer mais duzentos “referendus” até acertarem, aliás é a prática dos “democratas” europeus: fizeram a UE sem passar cartão às populações, agora que as pessoas não querem arranjam factos, mortes, quedas da bolsa, inventam histórias de bruxas e a repetem os referendus em nome da de mocracia. Democracia 1, democracia 2, democracia 3…. pronto, acertamos! Verdadeira democracia. Hilariante esta democracia e quem a apoia….

  2. Já eu prefiro que este “esquentador” de meia-tigela (Junker), ainda saia antes da UE do que o RU.
    Lixo como ele (e países manhosos como o seu Luxemburgo) é que são umas das causas da crise na UE…

RESPONDER

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …

Turismo, indústria e energia fazem do Norte região que mais cresceu em 2018

O Norte foi a região portuguesa que mais cresceu em 2018, com um aumento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,9%, impulsionado pelo turismo, indústria e energia, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística …