/

JSD coloca cartaz a contar semanas desde promessa de Costa de computadores para alunos

6

A Juventude Social-Democrata (JSD) colocou esta quarta-feira um cartaz no centro de Lisboa com um contador das semanas que passaram desde o início do ano letivo, “altura em que António Costa tinha prometido que todos os alunos teriam acesso a computadores”.

O cartaz foi colocado à tarde no Marquês do Pombal, com o contador nas 27 semanas, e irá ser atualizado.

O objetivo é recordar o primeiro-ministro, António Costa, sobre o tempo que já passou desde o início do ano letivo, altura em que os computadores deviam ter sido entregues a todos os alunos, segundo uma promessa do primeiro-ministro feita em abril de 2020″, refere a JSD, em comunicado.

No outdoor da JSD, Costa segura num computador portátil onde se contam 27 semanas desde o início do atual ano letivo, 2020/2021.

O presidente da JSD, o deputado Alexandre Poço, apelou ao Governo para que “cumpra a promessa que fez aos alunos e aos pais”. “Este é mais um apelo à ação, em vez de continuarmos com propaganda e anúncios atrás de anúncios”, referiu.

A JSD recorda que, em setembro, colocou perguntas ao ministro da Educação que se mantêm: “Quando é que o primeiro-ministro e o ministro da Educação conseguem prever a chegada dos computadores a todos os estudantes? Conseguem garantir a conclusão da distribuição ainda neste ano letivo?”.

No passado dia 10 de março, o Governo anunciou já ter distribuído, através do programa Escola Digital, 100 mil computadores e ter mais 350 mil em processo de aquisição.

Nessa ocasião, o secretário de Estado para a Transição Digital, André de Aragão Azevedo, não se comprometeu com prazos, dizendo que estes estavam dependentes de fatores que não são totalmente controláveis, nomeadamente, a escassez devido à “enorme procura” de todos os países.

Em 11 de abril do ano passado, em entrevista à Lusa, o primeiro-ministro afirmou que no atual ano letivo haveria acesso universal dos alunos dos ensinos básico e secundário à Internet e a equipamentos informáticos, considerando que este investimento avultado era essencial face aos riscos de pandemia.

Assumimos um objetivo muito claro: Vamos iniciar o próximo ano letivo assegurando o acesso universal à rede e aos equipamentos a todos os alunos dos ensinos básico e secundário”, declarou António Costa.

  // Lusa

6 Comments

  1. Como há muita procura e escassez no mercado, é natural que haja atrasos, mas o que interessa é fazer ruído e concorrência ao Ventura.

    • Não: O que interessa é fazer anúncios para fazer de conta que se está a tratar do assunto. O PS trata os portugueses como parvos.
      O problema é que os portugueses lhe dão razão.

  2. É com criticas destas que o Rui Rio não se cansa de dar tiros nos pés, toda a População corre para as casas que vende computadores, e não os há por falta de componentes o consumidor com mais pressa terá de dar cerca de mil euros por um computador de 200 euros.
    Com um Governo e uma Oposição Patriota, não só esta organização Ucranianos, Russos, Venezuela, como todas do género deviam era ser consideradas elegias em Portugal, vão fazer politica e desordem para os seu países, o Problema é que desde que as televisões tomaram conta dos partidos políticos, ou os partidos políticos tomaram conta das televisões, não sei, é muito confuso, a classe de deputados desceram de nível a pique, na TVI existe enorme quantidade de comentadores, analistas, jornalistas etc., tudo da mesma área politica, a TVI parece o seguro de políticos desempregados, nas RTPs apesar de ser financiada pelos fundos do Tesouro dos nossos impostos, e das Taxas nas faturas da Luz, acontece precisamente o mesmo, tudo da mesma area politicas, só que nas RTPs sabe-se que é liderada por PSD.
    Agora digam Lá, COM SINCERIDADE, sejam lá do BE, PCP/Verdes, PSD/CDS, CDS, Chega, PAN, IL, sejam lá apoiantes do partido que forem, seja lá das RTPs, da SIC, da TVI, do CMTV, se Em Portugal Com a canalhice que se desta gente como agora a do IL, se Existe alguém confiável, e com capacidade para governar Portugal, Para ser 1º Ministro, QUE NAO SEJA O PS, O ANTONIO COSTA.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.