Afinal, está vivo. Homicídio de jornalista russo foi encenado pelos serviços secretos

O jornalista russo, dado como morto esta quarta-feira, afinal está vivo e bem de saúde. Arkady Babchenko confessou que tudo não passou de uma encenação com o objetivo de expor os agentes russos.

Arkady, Babchenko, que foi notícia esta manhã por alegadamente ter sido morto a tiro à porta de casa, na Ucrânia, está vivo. O crítico de Vladimir Putin deixou o país natal devido a ameaças de morte que recebeu, tendo-se instalado em Kiev, capital da Ucrânia.

Mas não morreu: a notícia da sua morte fazia parte de uma encenação criada pelo jornalista, em conjunto com as autoridades da capital ucraniana, no âmbito da investigação das ameaças de morte de que era alvo, avança o Público.

Babchenko está vivo e deu esta tarde uma conferência de imprensa em que o caso da sua alegada morte foi esclarecida. Segundo a Reuters, a notícia gerou uma grande onda de indignação devido ao suposto envolvimento de Moscovo no assassínio. Esta era uma acusação de ucranianos, que culpavam o Kremlin de querer silenciar um crítico de Putin.

Sabe-se agora que tudo não passou de uma encenação. Segundo as autoridades de Kiev, esta encenação foi realizada no âmbito de uma investigação relacionada com as ameaças d morte de que o jornalista russo tem sido alvo.

O próprio jornalista pediu desculpa e adiantou que esta operação estava já preparada há dois meses. O diretor dos serviços de segurança ucranianos disse que os serviços que dirige tinham recebido informações sobre um plano russo para assassinar Babchencko, plano esse agora frustrado.

“Graças a esta operação, conseguimos frustrar uma provocação cínica e documentar os preparativos deste crime pelos serviços especiais russos”, disse Vasily Gritsak, diretor dos serviços de segurança da Ucrânia, em declarações aos jornalistas, precisando que a “provocação” consistia em assassinar Babtchenko.

Babchenko, de 41 anos, é um crítico das políticas do Kremlin, apontando a anexação da Crimeia, o apoio aos insurgentes separatistas no leste do país e a campanha russa na Síria. Dirigentes ucranianos e russos acusaram-se mutuamente pela suposta morte do jornalista.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Encenação de quem?!
    Ahahahha… mais uma anedota para fazer dos Russos o “bicho papão”.
    Então e a CIA e os seus espiões americanos, hem? Pois, mas ah, esses são bonzinhos…

  2. A Ucrânia, como sempre, mostra ao mundo sua especialidade: mentir aos outros por tudo e por nada. Os europeus e os americanos insistem em culpar a Rússia. Tenho certeza que o avião que foi abatido na Ucrânia, tem suas próprias digitais neste assunto, não os russos… Para onde os ucranianos fugiam logo após a Ucrânia começar a guerra contra a sua própria população e que ate agora ceifou mais de 11 mil vidas: Para a Rússia!!! No mínimo, muito estranho que fujam correndo se proteger exatamente no pais opressor.

RESPONDER

"Retoma da normalidade". Bruxelas propõe este mês livre-trânsito digital para vacinados e recuperados

A Comissão Europeia vai apresentar este mês uma proposta legislativa para criar um livre-trânsito digital que permita retomar as viagens em altura de pandemia de covid-19, comprovando a vacinação ou a recuperação dos cidadãos. A informação …

Noiva de Khashoggi pede "punição imediata" de Mohammed bin Salman

As declarações da noiva de Jamal Khashoggi surgem depois de as autoridades norte-americanas terem publicado um relatório em que Mohammed bin Salman é acusado de ter ordenado o assassínio do jornalista. Joe Biden está a ser …

Covax permite que países mais pobres comecem a receber a vacina (mas só garante 20% da vacinação)

A Covax visa fornecer vacinas contra a covid-19 a 20% da população de 200 países e territórios que estão incluídos no sistema através de um sistema de financiamento que permite a 92 economias de baixo …

Reino Unido vacinou 20 milhões com 1.ª dose. País deteta casos de variante de Manaus

O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, anunciou no domingo que mais de 20 milhões de pessoas no Reino Unido já receberam a primeira dose da vacina contra covid-19. "Estou absolutamente encantado por informar que mais …

Famílias numerosas já podem pedir desconto no IVA da luz

As famílias com cinco ou mais elementos podem pedir a redução do IVA da eletricidade ao seu fornecedor a partir desta segunda-feira e têm de comprovar a sua condição de família numerosa. Em causa está a …

Netflix foi a grande vencedora da noite dos Globos de Ouro

  A 78.ª edição dos Globos de Ouro decorreu de forma virtual, com apresentação de Tina Fey e Amy Poehler e a participação de alguns dos laureados do ano passado. Os Globos de Ouro, prémios de cinema …

Portugal regista mais 34 óbitos e 394 novos casos. O menor número desde setembro

Portugal registou esta segunda-feira 394 novos casos de infeção por covid-19 e mais 34 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Nicolas Sarkozy condenado a três anos de prisão por corrupção

Nicolas Sarkozy foi esta segunda-feira condenado a três anos de prisão por corrupção e tráfico de influências, tornando-se o segundo chefe de Estado condenado em França, após Jacques Chirac em 2011. O ex-Presidente francês foi condenado …

Câmara de Lisboa oferece viagem de táxi a idosos que vão tomar a vacina

Os residentes em Lisboa com mais de 80 anos ou 50 anos e patologias associadas podem deslocar-se gratuitamente de táxi para tomar a vacina contra a covid-19. Os custos da viagem são assumidos pela autarquia …

Liquidez é "abundante" mas "é preciso fazê-la chegar" à economia, diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, indicou que a crise de 2008 e de 2020 não são comparáveis devido à abundância de dinheiro disponível e que há liquidez para travar o impacto económico, mas …