Jornalista russo crítico de Putin morto a tiro

Arkady Babtchenko foi encontrado pela mulher no edifício do seu apartamento, em Kiev. Acabou por morrer na ambulância a caminho do hospital. No entanto, sabe-se agora que esta morte não passou de uma encenação.

Um jornalista russo, muito crítico do Presidente russo, Vladimir Putin, foi assassinado esta terça-feira, com tiros nas costas, em Kiev. Arkady Babtchenko foi encontrado pela esposa no edifício do seu apartamento em Kiev, a sangrar, e morreu na ambulância que ela chamou, a caminho do hospital.

A polícia adiantou que Babtchenko morreu devido a vários tiros disparados nas suas costas. Em comentários televisivos, o chefe da polícia de Kiev, Andriy Krishchenko, afirmou: “A primeira e mais óbvia versão da causa do assassínio é a das suas atividades profissionais”. No entanto, sabe-se agora que tudo não passou de uma encenação.

A notícia da sua morte fazia parte de uma encenação criada pelo jornalista, em conjunto com as autoridades da capital ucraniana, no âmbito da investigação das ameaças de morte de que Babtchenko era alvo.

O jornalista, de 41 anos, era um crítico contundente das políticas do Kremlin, apontando a anexação da Crimeia, o apoio aos insurgentes separatistas no leste da Ucrânia e a campanha russa na Síria. Dirigentes ucranianos e russos acusaram-se mutuamente pela morte.

Anton Gerashchenko, um deputado ucraniano que foi conselheiro do Ministério do Interior, afirmou no Facebook que os investigadores devem olhar pela “os esforços das agências de espionagem russas para se livrarem dos que procuram dizer a verdade sobre o que se passa na Rússia e na Ucrânia”.

 

Esta terça-feira, o político adiantou ainda que o suposto assassino de Babchenko estava à espera dele nas escadas dentro do edifício onde o jornalista morava e que o alvejou nas costas, quando ele saía para comprar pão. Em Moscovo, dirigentes e deputados criticaram as autoridades ucranianas pela sua alegada incapacidade de proteger os jornalistas.

“A Ucrânia está a tornar-se o país mais perigoso para os jornalistas”, disse o deputado russo Yevgeny Revenko, em observações transmitidas pela agência noticiosa estatal RIA Novosti insistindo que “o Governo ucraniano não pode garantir as liberdades básicas”.

Pavel Sheremet, outro jornalista de renome, natural da Bielorrússia mas que trabalhou para meios de comunicação russos, foi morto através da explosão do carro, no centro de Kiev, em julho de 2016. O caso continua por esclarecer.

Em março de 2017, Denis Voronenkov, um deputado russo que passou de apoiante a crítico do Kremlin, foi assassinado à entrada de um hotel em Kiev. Os procuradores ucranianos alegaram que Voronenkov, que passou a crítico do Kremlin, depois de se mudar para a Ucrânia em 2016, foi morto por ordem de um criminoso russo.

Arkady Babchenko esteve nas fileiras militares russas e combateu na primeira guerra separatista na Chechénia, durante a década de 1990. Mais tarde, tornou-se jornalista, trabalhando como correspondente militar para vários meios russos, e publicou vários livros baseados nas suas experiências de guerra.

Babchenko saiu da Federação Russa em fevereiro de 2017, dizendo que estava a receber ameaças e estava preocupado que pudesse ser preso.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

      • Se os outros mais de 20 jornalistas russos que foram assassinados de forma “misteriosa” nos últimos anos (curiosamente todos críticos do Putin), aparecerem por aí a dar conferencia de imprensa é que será surpreendente!…
        Mas, esta operação dos serviços secretos ucranianos foi muito bem elaborada e mostra bem como se fazem os “acidentes estranhos” que acontecem com alguma frequência aos críticos do Putin…

  1. O que significa: “No entanto, sabe-se agora que tudo não passou de uma encenação”? O autor do artigo, sabendo isso, não deveria ter alterado o título e o início do artigo? Parece que o desmentido aconteceu a meio da escrita do artigo, mas é estranho que o jornalista obtivesse tão rapidamente informações pormenorizadas sobre a encenação. Terei que concluir que a manutenção do título e da parte inicial do artigo foi uma manobra típica daquele jornalismo noticioso tipo CM TV/Correio da Manhã!

RESPONDER

Bactérias benéficas do leite materno mudam ao longo do tempo

De acordo com um novo estudo, a mistura de bactérias benéficas transmitidas pelo leite materno muda significativamente com o tempo. Este pode atuar como uma injeção de reforço diário para a imunidade e metabolismo infantil. Os …

Quando um tigre vale mais morto do que vivo: A sórdida realidade das quintas de procriação

Em alguns países asiáticos, quintas de procriação de tigres exploram até ao tutano o valor económico do animal, submetendo-o a condições de vida degradantes. Tigres já foram puderam ser encontrados em grande parte da Ásia, do …

Ana Estrada Ugarte. Em decisão histórica, Peru abre as portas à eutanásia

Numa decisão histórica esta quinta-feira, o 11.º Tribunal Constitucional do Superior Tribunal de Justiça de Lima, no Peru, ordenou ao Ministério da Saúde do país que respeitasse a vontade de Ana Estrada Ugarte de acabar …

Árbitros estrangeiros na próxima época? APAF recusa "atestado de incompetência"

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) tem a certeza de que o Conselho de Arbitragem (CA) não irá passar um "atestado de incompetência" aos árbitros portugueses, chamando estrangeiros para encontros de Ligas nacionais. Segundo …

Depois do desconforto que a série causou na Família Real, Harry defende "The Crown"

Durante uma entrevista a James Corden, para o programa americano The Late Late Show, o príncipe Harry defendeu a série The Crown da Netflix, explicando que embora não seja “estritamente precisa”, retrata a pressão da …

Benfica vai apresentar queixa por ameaças de morte a Vieira e vandalismo

O Benfica vai avançar com queixas devido às ameaças de morte ao presidente do clube em tarjas colocadas nas imediações do Estádio da Luz, mas também pela vandalização de várias casas benfiquistas. Segundo o jornal online …

Submarino civil transparente pode levá-lo ao local do naufrágio do Titanic

A Triton, uma empresa com sede na Florida, fabrica submarinos civis de última geração há mais de uma década. Agora, vai fazer nascer o Triton 13000/2 Titanic Explorer, que para além de oferecer aos passageiros …

Catorze detidos nos novos protestos em Barcelona a favor de Pablo Hasél

Pelo menos 14 pessoas foram detidas pela polícia catalã, este sábado, durante os distúrbios que se seguiram a mais uma manifestação em Barcelona a reclamar a libertação do rapper Pablo Hasél. Segundo o jornal Público, pelo …

Procuradores avançam para tribunal contra nomeações de chefias

O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) está envolvido numa nova polémica, depois do concurso que culminou na indigitação de José Guerra para a Procuradoria Europeia. Segundo avança o Jornal de Notícias, este domingo, um concurso para …

A partir de segunda-feira, eletrodomésticos vão ter novas etiquetas energéticas

As organizações não-governamentais ambientalistas saúdam as novas etiquetas energéticas, que entram em vigor esta segunda-feira, mas pedem “mais atenção” ao consumidor e “maior rapidez” na reclassificação de “mais produtos”. Em comunicado, a cooligação Coolproducts, um grupo …