88 dias depois, adolescente escapa com vida ao assassino dos pais

Departamento do Xerife do Condado de Barron

Jayme Closs desapareceu a 15 de outubro. Consegui fugir após 88 dias de sequestro

Após 3 meses de cativeiro, a jovem Jayme Closs, de 13 anos, já é considerada uma heroína nos EUA. A adolescente, que tinha desaparecido em outubro, no dia em que os pais foram assassinados, conseguiu fugir ao seu sequestrador.

Jayme Closs tem apenas 13 anos, mas já é considerada uma heroína. Conseguiu escapar de uma casa onde se encontrava em cativeiro há quase três meses, numa zona rural do estado norte-americano do Wisconsin.

A adolescente norte-americana desapareceu em outubro, no dia em que os pais foram assassinados na casa da família. Após 88 dias de sequestro, Jayme conseguiu fugir ao seu raptor, que foi detido esta sexta-feira e acusado de assassinar os pais da menina.

O paradeiro de Jayme Closs permaneceu um mistério durante os últimos meses. A jovem foi dada como desaparecida e as autoridades temiam que tivesse sido assassinada juntamente com os pais. Mas esta quinta-feira, numa inesperada reviravolta, a Polícia do Condado de Barron informou que a adolescente tinha sido encontrada viva.

Em conferência de imprensa, as autoridades policiais adiantaram que tinha sido detido um suspeito, cuja identidade foi divulgada esta sexta-feira. Jake Thomas Patterson, de 21 anos, é acusado de homicídio qualificado e sequestro.

As autoridades acreditam que Jake Thomas Patterson tenha assassinado os pais de Jayme para para sequestrar a adolescente

Segundo os relatórios preliminares da polícia, a adolescente foi sequestrada a 15 de outubro, antes de o dia nascer. Os seus pais, James e Denise Closs, de 56 e 46 anos, foram assassinados a tiro dentro de casa, na cidade de Barron.

A polícia chegou ao local na sequência de uma chamada telefónica para o número de emergência 911, feita a partir do telemóvel de Denise. Segundo contou o operador do 911, ouvida na altura pela cadeia de TV ABC, ninguém chegou a falar durante a chamada, mas ouviram-se “muitos gritos”.

O funcionário tentou ligar de volta para o número que tinha estabelecido a a ligação, sem sucesso. Quando a polícia local chegou à casa da família, quatro minutos mais tarde, encontrou a porta arrombada e o casal morto a tiro. Não havia no entanto no local qualquer sinal de Jayme, que se manteve desaparecida até esta quinta-feira.

O destino da adolescente foi motivo de especulação desde então. Numa conferência de imprensa, em outubro, a polícia informou ter recebido mais de 400 chamadas de pessoas com informações sobre o suposto paradeiro de Jayme. Algumas testemunhas diziam ter visto a jovem num posto de gasolina em Miami, a milhares de quilómetros de casa.

Jayme foi encontrada em outro condado, na cidade de Gordon, a mais de uma hora de distância de casa.

A polícia acredita que Jake Thomas Patterson tenha assassinado James e Denise Closs para sequestrar Jayme. Segundo Chris Fitzgerald, xerife do Condado de Barron, Patterson não tinha histórico criminal no Estado de Wisconsin e a jovem era o seu “único alvo”.

O responsável policial não adiantou no entanto por que motivo o sequestrador teria escolhido a jovem. Segundo Fitzgerald, não há registo de qualquer contacto entre Patterson e Jayme através das redes sociais.

Os investigadores dizem ter para já “informações limitadas” sobre o caso e realçam que o suspeito ainda está a ser interrogado, mas adiantaram que o alegado homicida terá seguido uma série de passos para esconder a sua identidade das autoridades.

Jayme, que passou por uma avaliação psicológica, prestou depoimento às autoridades policiais e ao FBI, agência federal que tutela os crimes de rapto, após o que foi finalmente entregue à família. “É incrível a força de vontade de uma menina de 13 anos para sobreviver e escapar”, realçou Chris Fitzgerald.

ZAP // BBC / The Independent

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

    • Caro Impressive,
      Efectivamente, ambas as fontes que citamos (BBC e The Independent) indicam que foi esse o tempo que a polícia demorou a chegar ao local após a chamada para o 911.

      • Numa zona rural? Um telefonema para o 911 não vai parar à polícia, vai para um serviço de atendimento que depois entra em contacto com a polícia.

        4 minutos é impressionante, e infelizmente duvido que isto se passasse em Portugal.

        Quando um avião aterrou no meio do rio Hudson, algo para que ninguém estava preparado, os serviços de emergência demoraram apenas 25 minutos a chegar ao avião.

  1. Nem tudo é perfeito nos USA, mas em PT, definitivamente ainda temos muita rasa de sal para comer… esperando que o dinheiro necessário entretanto não vá parar aos bolsos do costume…

RESPONDER

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …

Sérgio Conceição sai do FC Porto no fim da época

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, deixará o comando dos dragões no final da temporada. A derrota em casa com o Braga terá ditado a saída do técnico azul e branco. O técnico do FC …

Joacine quer mais direitos para deputados sem partido. "Está a antecipar" o futuro

A deputada Joacine Katar Moreira, do partido Livre, defendeu esta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos. A deputada única do Livre assumiu esta posição no final de uma reunião do …