Pneumonia viral com origem na China chegou ao Japão

sarihuella / Flickr

O Japão anunciou, esta quinta-feira, o primeiro caso de uma pneumonia viral, causada por um novo tipo de coronavírus, com origem na cidade chinesa de Wuhan, onde matou já uma pessoa e infetou outras 40.

O paciente é um cidadão chinês, de 30 anos, que reside na prefeitura japonesa de Kanagawa, no sul de Tóquio, mas que visitou Wuhan no início do ano, disse o Ministério da Saúde japonês.

O homem deslocou-se a um centro médico no mesmo dia em que regressou ao Japão, a 6 de janeiro, depois de três dias com febre. No dia 10 de janeiro, o paciente foi hospitalizado e teve alta na quarta-feira, após os sintomas terem diminuído. Os testes do Instituto de Doenças Infecciosas do Japão deram positivo para o novo tipo de coronavírus.

As autoridades chinesas disseram que a doença teve origem num mercado de mariscos situado nos subúrbios de Wuhan, cidade no centro do país e um importante centro de transporte doméstico e internacional.

Segundo o testemunho do paciente japonês, durante a viagem a Wuhan, não visitou aquele mercado, mas poderá ter estado em contacto com um dos doentes chineses.

Ontem, as autoridades de saúde de Wuhan admitiram a possibilidade de que esta pneumonia seja transmissível entre seres humanos, referindo o caso de um casal em que o marido, trabalhador no mercado, desenvolveu a doença antes da mulher, que não se deslocou ao local.

Os casos de pneumonia viral alimentaram receios de uma potencial epidemia, depois de uma investigação ter identificado a doença como um novo tipo de coronavírus, uma espécie de vírus que causam infeções respiratórias em seres humanos e animais e são transmitidos através da tosse, espirros ou contacto físico.

Alguns destes vírus resultam apenas numa constipação, enquanto outros podem gerar doenças respiratórias mais graves, como a pneumonia atípica, ou Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), que entre 2002 e 2003 matou mais de oito mil pessoas em todo o mundo.

De acordo com a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, “não há motivo para alarme”. “Não há grande probabilidade de chegar a Portugal: mesmo na China o surto foi contido, para o vírus chegar cá seria necessário que alguma pessoa tivesse vindo da cidade afetada para Portugal”, explicou aos jornalistas, citada pelo Observador.

Além disso, “um dos indicadores que nos deixa tranquilos é o facto de nenhum dos profissionais de saúde que trataram estes doentes em internamento, inicialmente mesmo sem saberem o que era, terem, até à data, adoecido”, disse ainda a responsável da DGS.

O alerta de disseminação do vírus foi dado depois de o primeiro caso detetado fora da China ter sido conhecido esta semana, o de um tailandês que visitou Wuhan.

Até ao momento, os sintomas descritos para esta pneumonia viral são febre e fadiga, acompanhados de tosse seca e, em muitos casos, falta de ar.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Chega "indica" Joana Marques Vidal para conselho de ética parlamentar

O Chega propôs na sexta-feira a criação de um conselho de ética parlamentar, presidido pela ex-procuradora-geral da República (PGR), Joana Marques Vida. Numa nota enviada à agência Lusa, o Chega justificou esta iniciativa pelo facto de …

Miranda do Corvo decreta três dias de luto municipal por morte de bombeiro

A Câmara de Mirando do Corvo decretou três dias de luto municipal em memória do bombeiro da corporação de voluntários da vila José Augusto Dias Fernandes, que morreu no sábado, durante o combate a um …

Bill Gates pede que medicamento para a covid-19 vá para os mais necessitados (e não para o "maior apostador")

O co-fundador da Microsoft Bill Gates pediu esta semana que os medicamentos e uma eventual vacina que possa surgir para a covid-19 sejam disponibilizados para quem mais precisa, e não para o "maior apostador". Citado pela …

Dois (ou três) jogadores do Flamengo podem chegar ao Benfica à boleia de Jesus

Os jogadores do Flamengo Gerson e Bruno Henrique podem chegar ao Benfica à boleia de Jorge Jesus, que tem sido apontado à Luz para suceder a Bruno Lage. Apesar de já se ter noticiado a …

Ensino Superior tem 2.370 vagas para alunos do profissional

O próximo ano letivo terá 2.370 vagas no Ensino Superior direcionadas para alunos do ensino profissional, avança o jornal Público este sábado, detalhando que, ao todo, 456 licenciaturas. As vagas em causa fazem parte do …

Horta Osório não exclui regresso a Portugal (e trabalhar fora da banca)

António Horta Osório, que em breve vai deixar a presidência executiva do banco britânico Lloyds, não exclui um regresso a Portugal no seu futuro profissional. “O meu futuro profissional [pós-Lloyds] está totalmente em aberto e …

Parede de estação de comboio na Polónia escondia carta escrita por trabalhadores forçados da 2ª Guerra

Uma carta escrita por dois trabalhadores forçados durante a II Guerra Mundial foi encontrada dentro de uma garrafa escondida na estação de comboios de Nowe Skalmierzyce, um cidade na Polónia. A carta foi descoberta por trabalhadores durante …

No século XVIII, um em cada cinco londrinos tinha contraído sífilis até aos seus 35 anos

Há 250 anos, pelo menos um em cada cinco londrinos tinha contraído "a varíola" (sífilis), causada pela bactéria Treponema pallidum, até aos seus 35 anos. Este estudo, com base em registos de internação, relatórios de inspeção e …

Cofre de antigo caçador de vampiros vai a leilão no Reino Unido. Está repleto de objetos

O cofre de um caçador de vampiros do século XIX vai ser leiloado em Dervyshire, no Reino Unido, informou a leiloeira Hansons. Em causa está uma caixa antiga, forrada a seda vermelha e decorada com …

Bombeiro morre no combate a um incêndio na Serra da Lousã

Um bombeiro morreu este sábado durante o combate a um incêndio na Serra da Lousã, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes. O autarca desconhece as circunstâncias em que ocorreu a …