Covid-19. Itália com mais 793 mortos nas últimas 24 horas

Andrea Fasani / EPA

Itália registou mais 793 mortos por Covid-19, este sábado, um número recorde em 24 horas, subindo para 4825 o número de óbitos registados num mês.

As autoridades italianas anunciaram mais 6557 casos positivos pelo novo coronavírus, o que representa mais um número recorde de infetados.

A região de Milão, na Lombardia, situada no norte do país, onde os serviços de saúde já estão sobrecarregados, registou a maioria das mortes, 546 das 793 contabilizadas e a maioria dos novos casos de contágio.

Por outro lado, 6072 pessoas foram dadas como curadas, valor que de ontem para hoje aumentou 943 casos. Existem 17.708 pacientes hospitalizados, sendo que 2857 estão nos cuidados intensivos.

Mais de 300 mortos e 4946 infetados em Espanha

Espanha registou nas últimas 24 horas 324 mortos com o novo coronavírus e um aumento de 4946 no número de infetados, de acordo com a atualização diária feita pelas autoridades de saúde.

Segundo os números do Ministério da Saúde, desde o início do surto, o país teve um total de 24.926 casos da pandemia, dos quais 1326 morreram e 2125 foram curados.

A região mais atingida pela covid-19 é a de Madrid, com 8921 infetados e 804 mortos, seguida pela da Catalunha (4203 e 122), a do País Basco (1725 e 85) e a da Andaluzia (1515 e 40).

562 mortos confirmados em França

França registou até hoje 14.459 infeções e 562 mortos, anunciaram as autoridades francesas, indicando que a estimativa de casos no país é de entre 30 a 90 mil pessoas infetadas.

Este foi o maior aumento de mortos associados à pandemia da Covid-19 em 24 horas em França, com 112 mortos mais desde os números revelados na sexta-feira. Há ainda 1525 pessoas nos cuidados intensivos.

O número de casos anunciado diariamente pela autoridades consiste no número de pessoas em que o teste ao vírus foi positivo, mas, esta tarde, o ministro da Saúde, Olivier Véran, estimou que há entre 30 e 90 mil infetados no país, entre pessoas que não demonstram quaisquer sintomas e pessoas com sintomas leves que estão em quarentena nas suas casas.

O ministro indicou ainda que França encomendou 250 milhões de máscaras que devem chegar ao país nas próximas semanas e que os hospitais e laboratórios vão começar a testar mais pacientes.

233 mortes só no Reino Unido

De acordo com o relato deste sábado do NHS, o Reino Unido já regista 233 mortes, sendo que só em Inglaterra são 53 (220 mortos no total).

No País de Gales, o diretor geral de saúde, Frank Atherton, também anunciou mais duas mortes de infetados com o novo coronavírus. Até agora, o país regista cinco vítimas mortais.

Finlândia regista primeira morte

A Finlândia registou a primeira morte provocada pelo novo coronavírus, um “idoso” que vivia na capital, avançou o Instituto Finlandês de Saúde e Bem-Estar (THL). “Esta primeira morte, na Finlândia, causada pelo novo coronavírus é lamentável, mas não surpreendente”, notou o THL, referindo-se à idade do doente.

O Presidente finlandês, Sauli Niinistö, já enviou uma mensagem de condolências à família e aos amigos do falecido, na qual diz que a epidemia, naquele país, está a entrar “na próxima fase“, que é também “a mais séria”.

As autoridades de saúde identificaram, até ao momento, 521 infetados, ressalvando, que os testes apenas estão a ser aplicados aos grupos de riscos, pelo que o número real de infetados poderá ser até 30 vezes superior ao registado.

Na segunda-feira, a primeira-ministra, Sanna Marin, declarou estado de emergência, o que implicou, por exemplo, o encerramento de fronteiras para não residentes e a proibição de protestos com mais de 10 pessoas.

Turquia suspende voos para 46 países (Portugal incluído)

A Turquia suspendeu as ligações aéreas com 46 países, incluindo Portugal e várias nações da América Latina, medida que tem como objetivo tentar limitar a propagação da pandemia.

Em comunicado, citado pela agência espanhola EFE, o Ministério dos Transportes da Turquia anunciou que a suspensão de voos entrou em vigor às 17h00 locais.

Entre os países afetados pela suspensão das ligações aéreas desde a Turquia estão a Argélia, Tunísia, Ucrânia, Polónia, Portugal, Taiwan, Canadá, Colômbia, Peru, Equador, Panamá, Guatemala e Índia.

A restrição do voos para estes 46 países junta-se assim às anunciadas anteriormente, para 22 países, entre os quais Espanha, Alemanha, Itália e França.

Além disso, o país impôs um recolher obrigatório parcial a cidadãos com mais de 65 anos e/ou portadores de doenças crónicas. A medida entra em vigor a partir da meia-noite.

Estado de Nova Iorque ultrapassa os 10 mil infetados

O número de pessoas infetadas com Covid-19 no Estado de Nova Iorque aumentou para 10.356, numa altura em que tenta aumentar a capacidade dos hospitais para 75.000 camas e comprar máscaras para prestadores de serviços.

A informação foi divulgada pelo governador Andrew Cuomo, o qual anunciou que vão ser enviadas para a cidade de Nova Iorque um milhão de máscaras, onde se regista o maior número de casos (6211), sendo que 500.000 têm como destino Long Island City, que acumula mais de 1500 infetados com o novo coronavírus. O restante, de dois milhões, será distribuído por aquele Estado, que até ontem tinha registado 35 mortes.

Nas últimas horas foi reportado um aumento de 1803 novos contágios no Estado.

O Governo federal declarou estado de emergência em Nova Iorque, que regista cerca de metade de todos os casos dos Estados Unidos, o que facilita a alocação de fundos.

900 milhões de pessoas confinadas em casa

A pandemia da Covid-19 já obrigou 900 milhões de pessoas de 35 países a estarem confinadas em casa, noticiou hoje a agência France Presse, citando uma base de dados.

A maior parte das pess

oas — cerca de 600 milhões de 22 países — está sujeita a confinamento obrigatório, como é o caso em Itália, o país europeu mais afetado.

As restantes pessoas — 300 milhões de 13 países — estão sujeitas a recolher obrigatório, como é o caso da Bolívia, a quarentenas, como no caso do Irão, e a apelos não coercivos para não saírem de casa.

Em Portugal, onde vigora o estado de emergência até 2 de abril, o isolamento é obrigatório para doentes com Covid-19 ou que estejam sob vigilância ativa. Os idosos com mais de 70 anos e os doentes crónicos só devem sair de casa em situações excecionais, como ir ao supermercado ou à farmácia.

O novo coronavírus já infetou mais de 271 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 11.500.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …

Covid-19. México investiga mercado negro de atestados de óbito falsos

As autoridades da Cidade do México anunciaram que estão a investigar um suposto mercado negro de atestados de óbito relacionado com a covid-19, no dia em que o país registou 625 mortes nas últimas 24 …

Astrónomos descobrem "réplica" do Sol e da Terra a três mil anos-luz

O que diferencia esta descoberta de outros exoplanetas parecidos com a Terra é que a sua estrela tem uma semelhança impressionante com o nosso Sol. Entre os dados da missão Kepler, uma equipa de investigadores identificou …

Sem romarias e festas, milhares de famílias estão a entrar em falência

Milhares de famílias cujo rendimento depende das romarias e festas populares estão a atravessar sérias dificuldades económicas. Os prejuízos ultrapassam os 50 milhões de euros. A suspensão das festas populares e romarias religiosas em todo o …

Corpo de Maria Velho da Costa ficou 11 dias na morgue. Filho critica MP e fala em "massacre psicológico"

Os restos mortais da escritora Maria Velho da Costa, que faleceu a 23 de Maio, ficaram no Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, durante 11 dias, sem que a família tivesse conhecimento de que já …