Israel não vai cumprir a “vergonhosa resolução” do Conselho de Segurança da ONU

World Economic Forum / Flickr

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

Israel não vai cumprir a resolução aprovada esta sexta-feira pelo Conselho de Segurança da ONU, que exige o fim imediato da colonização em territórios palestinianos, disse o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu.

“Israel rejeita a vergonhosa resolução da ONU anti-Israel e não está de acordo”, informa, em comunicado, o gabinete do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu.

No comunicado, o primeiro-ministro salienta que, como o “Conselho de Segurança não faz nada para parar o massacre de meio milhão de pessoas na Síria, conspira contra a única verdadeira democracia do Médio Oriente, Israel, e qualifica o Muro das Lamentações, lugar mais sagrado do judaísmo, como um ‘território ocupado”, disse.

A resolução aprovada esta sexta-feira pelo Conselho de Segurança da ONU exige que Israel “pare imediatamente e completamente toda a atividade dos colonatos em territórios palestinianos”.

No comunicado, Benjamin Netanyahu acusa também o Presidente cessante dos Estados Unidos, Barack Obama, de se ter associado à “liga anti Israel” na ONU.

Os Estados Unidos, depois de terem vetado em 2011 uma resolução similar, abstiveram-se, o que permitiu que a resolução fosse aprovada pelos restantes membros do Conselho de Segurança.

Israel espera trabalhar com o Presidente eleito Donald Trump e todos os nossos amigos no Congresso, os republicanos e democratas, para neutralizar os efeitos negativos da presente e absurda resolução”, acrescenta o comunicado.

// Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Judeus são JUDEUS!
    Quem souber a história de todas as malfeitorias desde há 3 000 anos, não se surpreende com esta atitude arrogante, desafiadora e desumana.
    Têm sido eles o epicentro de todas as grandes catástrofes humanas provocadas pela sua avareza, ganância, escravização dos povos para os explorar.
    Começou com a sua expulsão do Egipto por terem tomado o controlo do poder para escravizar o povo. Foram expulso pelo Faraó.
    São mestres na arte de se vitimizar e quem ousar reprovar as suas atitudes contra o povo da Palestina, é apodado de anti-semita, como se semitas não fossem todos os povos da região do Médio Oriente.
    80% dos judeus actuais nem sequer são semitas porque são judeus conversos da região do mar Cáspio. Nunca passaram pela Palestina, e nesta região foram sempre uma minoria diminuta. Porque raio é que se acham donos do território?

    • Caramba…
      Os tipos lá por Israel até podem estar errados… e muito… na Palestina também…
      Mas este comentário também é de uma “isenção” impressionante… nada racista/xenófobo… nada mesmo… (para qualquer duvida… “modo irónico” ligado…)

  2. Apoio o comentário e o uso da liberdade de expressão do/a “NORTHWIND”!

    Acho reprovável que sempre que se tentam dizer certas verdades e falar de certos factos se seja logo apelidado de anti-semita! … Caso se defendesse a ocupação ilegítima da Palestina, aí sim… já todos batiam palmas! Abaixo a hipocrisia! Há que chamar as coisas pelos nomes e quem ocupa e oprime, tem de ser chamado de ocupante e opressor!

    (A ver se o outro não disse logo que ia puxar os cordelinhos através dos amigos no Congresso… é assim… quem tem dinheiro… (não importa de onde apareceu),.. tem sempre a capacidade de transformar as suas más em boas acções e criar uma perspectiva histórica alternativa…)

    …São os verdadeiros “lobos em pele de cordeiros” !

  3. Bom, talvez tenha sorte, quem sabe, ao apelar aos amigos do congresso dos EUA, lembram-se do Estado livre de jones?. Pois bem, podem colocar lá o Estado de Esrael, porque desde a sua fundação foi sempre o 51º estado dos EUA. O António podia fazer deste tema o próximo cartoom, seria também apelidado de racista, certamente.

Até as estrelas têm auroras (e já as podemos ver)

Uma equipa internacional de astrónomos observou sinais de rádio estranhos vindos de uma anã vermelha. Estas ondas bizarras estavam a ser produzidas pela interação com um exoplaneta que orbitava a estrela, criando uma aurora. Apesar de …

Tiroteios em dois bares fazem oito mortos na Alemanha

Pelo menos oito pessoas morreram hoje em dois tiroteios em dois bares na cidade alemã de Hanau, no centro do país, indicou a polícia local, sem precisar o número. O primeiro tiroteio ocorreu num bar de …

Descobertos sarcófago e altar dedicado ao fundador de Roma do século VI a.C.

Os dois objetos foram descobertos numa área subterrânea perto da Cúria, foi anunciado esta terça-feira. Um sarcófago considerado "excecional" e um altar do século VI a.C., que poderá ter sido dedicado a Rómulo, fundador de Roma, …

40 anos depois, cientistas identificam falha fundamental na eficiência dos painéis solares

Os painéis solares são uma das invenções mais impressionantes, mas é emergente descobrir como torná-los ainda mais eficientes. Recentemente, uma equipa de cientistas resolveu um mistério de 40 anos em torno de um dos principais …

SIC vai lançar serviço de streaming e canal de e-sports este ano

A SIC vai avançar para uma plataforma de streaming ainda em 2020. A "Netflix à portuguesa" ainda não tem nome, mas tem como objetivo "encontrar mais e novas audiências". Em entrevista ao jornal Público, o CEO …

Dagmar Turner tocou violino enquanto lhe era removido um tumor do cérebro

Uma paciente do King's College Hospital, no Reino Unido, tocou violino enquanto os médicos lhe removiam um tumor do cérebro. Desta forma, foi possível preservar a sua capacidade de tocar e a sua paixão de 40 …

"Não é aceitável". Tribunal de Contas refuta acusações de Manuel Heitor

O Tribunal de Contas (TdC) refutou as acusações do ministro do Ensino Superior sobre a auditoria ao modelo de financiamento do setor, considerando-as inaceitáveis e infundadas. "O tribunal tem o máximo respeito pela opinião dos auditados, …

"Lava que se farta". Isabel dos Santos recorre da absolvição de Ana Gomes

A empresária angolana recorreu para o Tribunal da Relação de Lisboa por causa das publicações no Twitter nas quais a antiga eurodeputada acusa a empresária, por exemplo, de "lavar que se farta". Em janeiro, o Tribunal …

Ministro considera "inaceitável" que TAP pague prémios em ano de prejuízos

O ministro das Infraestruturas e da Habitação considerou "inaceitável" que a TAP, empresa que "tem 100 milhões de euros de prejuízos" em 2019, atribua prémios a uma minoria de trabalhadores. "É uma falta de respeito para …

Eventos climáticos extremos podem levar os EUA a uma crise económica, revela estudo

Um relatório recentemente divulgado revela que os eventos climáticos extremos podem levar os Estados Unidos (EUA) a uma crise económica sem precedentes, com uma maior incidência no mercado da energia. "Se o mercado não fizer um …