Israel declara guerra ao Irão (ou mais um caso de má tradução)

Abir Sultan / EPA

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

Por vezes, as traduções podem ser traiçoeiras. Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel, foi apanhado no meio delas, tendo acidentalmente declarado guerra ao Irão.

O tweet fazia parte de uma tradução dos comentários feitos por Netanyahu após uma reunião com o ministro das Relações Exteriores de Omã. Ambos estavam em Varsóvia, na Polónia, para uma cimeira do Médio Oriente, organizada pelos Estados Unidos e Polónia, o país anfitrião.

De acordo com o tweet, o primeiro-ministro israelita teria dito que a cimeira – “que não era segredo” – “era uma reunião aberta com os representantes dos países líderes da Arábia, que se sentaram à mesa com Israel para avançar com o interesse comum de guerra com o Irão”.

Porém, segundo Michael Koplow, analista do Médio Oriente, “guerra com o Irão” é um erro de tradução de uma frase que poderia significar “combater o Irão”. O tweet foi excluído e substituído por um comunicado usando essa mesma expressão, mas a versão “guerra” chegou a algumas manchetes, tendo já sido atualizadas.

Quer tenha sido uma simples trapalhada ou uma gafe, a confusão sobre as intenções da observação é característica de toda esta conferência. Quando foi anunciado pela primeira vez no mês passado, a cimeira ia ter foco na “influência desestabilizadora” do Irão, como disse o secretário de Estado Mike Pompeo. O ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, descartou-o como um “circo desesperado anti-Irão”.

Mais tarde, o foco foi ampliado para o Médio Oriente em geral, incluindo questões como o conflito israelo-palestino, a luta contra o Estado Islâmico e os conflitos na Síria e no Iémen. Algumas autoridades negaram que o Irão seja o foco, provavelmente numa tentativa de atrair a participação de mais países, muitos dos quais são críticos das políticas do Irão no governo Trump.

Estiveram cerca de 60 países estão presentes, mas houve ausências notáveis – a maioria dos signatários do acordo nuclear de 2015 do qual Trump retirou dos EUA. Rússia e China não estavam lá, nem França, Alemanha ou o alto representante da UE para assuntos externos. O secretário de Relações Exteriores britânico, Jeremy Hunt, participou, mas diz que prefere falar sobre o Iémen.

Esses chamados países E3 anunciaram planos no mês passado para estabelecer um sistema de pagamento para continuar a conduzir o comércio com o Irão, desafiando as novas sanções dos EUA.

A Autoridade Palestina também boicotou a reunião, já que tem mais contacto com as autoridades dos EUA desde a decisão de Trump de transferir a embaixada dos EUA em Israel para Jerusalém.

A conferência apresenta uma oportunidade para alguns dos países envolvidos. Para o anfitrião, a Polónia, que normalmente não é conhecida pelo seu interesse na política do Médio Oriente, o evento pode ter mais a ver com preocupações sobre a Rússia do que com o Irão.

O governo da Polónia tem tentado convencer Trump a manter as tropas dos EUA na Polónia. O presidente Andrzej Duda chegou ao ponto de dizer, numa reunião em setembro, que uma nova base para as tropas americanas poderia ser chamada de Fort Trump.

Para Netanyahu, como sugeriu, o encontro é uma rara oportunidade de ter reuniões públicas com líderes árabes. Após anos de isolamento regional, Israel está a construir discretamente contactos e a aumentar a cooperação com governos contra o Irão. Os contactos ainda são delicados, contudo, uma vez que a maioria desses países ainda não tem relações diplomáticas formais com Israel.

ZAP // Slate

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Irónico como nos enfiaram mil e uma histórias na cabeça acerca dos Nazis… e agora todos acham bem o que Israel faz, quando está ao mesmo nível, senão pior que a Alemanha Nazi. Hipócritas.

    • “…e agora todos acham bem o que Israel faz…”
      Todos quem?
      Não falta quem critique e até há muitos judeus moderados que são contra estas politicas radicais de Israel!

Encontrado o primeiro planeta que sobreviveu à morte da sua estrela

Uma equipa internacional de astrónomos relatou o que pode ser o primeiro planeta intacto encontrado a orbitar uma anã branca, as densas sobras de uma estrela semelhante ao Sol, apenas 40% maior do que Terra. O …

Os sinais de vida em Marte podem ter sido "apagados" por ácidos

Fluidos ácidos podem ter destruído há muito as evidências de vida biológica passada dentro da argila marciana - possivelmente explicando, assim, por que é tão difícil encontrar evidências de vida antiga no Planeta Vermelho. Em pouco …

Faca feita de fezes entre os vencedores deste ano dos prémios Ig Nobel

Uma faca feita com fezes congeladas e um jacaré a arrotar são alguns dos vencedores dos prémis Ig Nobel, que distinguem as invenções mais incomuns. Os prémios Ig Nobel – uma paródia dos prémios atribuídos pelas …

O hemisfério norte teve o verão mais quente de que há registo (e isso é um sinal de alerta para a Terra)

O hemisfério teve em 2020 o verão mais quente de que há registo. No geral, o Planeta Terra teve três dos meses mais quentes, e o mês de agosto foi o segundo mais quente que …

Há uma nova explicação para o naufrágio do Titanic: Uma fantástica Aurora Boreal

Todos conhecemos a história do Titanic. Também todos sabemos que o seu naufrágio aconteceu após o grande navio ter embatido num iceberg. Contudo, um investigador americano põe novas hipóteses em cima da mesa. E se …

Famalicão 1-5 Benfica | "Águia" faminta com nota artística

Após a desilusão de Salónica, que ditou um adeus precoce dos milhões da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica goleou na noite desta sexta-feira o Famalicão por 5-1, numa espécie de redenção. Neste …

O anonimato de Banksy teve um custo. Perdeu os direitos sobre uma das suas obras mais icónicas

O famoso artista de rua britânico Banksy perdeu uma longa batalha judicial pelos direitos autorais da obra "The Flower Thrower", contra a Full Colour Black, empresa que produz postais de felicitações. Banksy, o misterioso artista que, …

Reino Unido e Espanha aumentam restrições. Itália e Alemanha com quase dois mil casos

Madrid restringe movimentos de 850 mil pessoas, Itália regista um aumento dos casos de infeção nas últimas 24 horas, britânicos enfrentam novas restrições no país e Alemanha com dois mil novos casos de covid-19. A região …

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …