Israel constrói no deserto a maior torre de energia solar do mundo

Na paisagem das areias do deserto do Negev, no sul de Israel, destaca-se uma torre de 250 metros de altura – o equivalente a um prédio de 50 andares.

Trata-se da torre da central solar de Ashalim, parte do esforço das autoridades israelitas para produzir, até 2020, 10% de sua energia através de fontes renováveis. Actualmente, essa percentagem é de 2,5%.

A torre de Ashalim, a mais alta do mundo para um projecto de energia solar térmica concentrada, isto é, com apenas uma torre central, é circundada por 50.600 espelhos.

Estes heliostatos, controlados por computador, estão distribuídos por uma área de 3 km², e acompanharão a movimentação do sol de modo a reflectir luz sobre a caldeira localizada no topo da torre durante o maior tempo possível ao longo do dia.

A radiação solar infravermelha capturada pelos espelhos e reflectida sobre a caldeira criará um processo térmico de vapor que moverá enormes turbinas, produzindo grandes quantidades de energia eléctrica “limpa”.

Quando pronta, no primeiro trimestre de 2018, a central de Ashalim produzirá 121 megawatts de energia solar, suficientes para iluminar 125 mil casas, evitando a emissão anual de 110 mil toneladas de dióxido de carbono.

“A electricidade será gerada a partir do vapor, da mesma forma que aconteceria com uma central de gás ou de carvão, mas a energia não tem origem em combustíveis fósseis. Vem do sol.

Esta é uma obra de grande porte para quem quer investir em energia limpa”, diz o director-geral da central solar, o engenheiro uruguaio Jacinto Durán-Sanchez.

Os espelhos serão controlados remotamente, e os engenheiros e directores da central poderão até fazê-lo por telemóvel. Diariamente, a areia do deserto acumulada sobre eles terá de ser retirada.

“Os heliostatos vão estar inclinados, enviando raios de sol e calor até à caldeira, que elevará a temperatura do vapor de água até aos 600 graus. Cada heliostato tem o seu comando remoto individual. Entre os espelhos há torres de wi-fi, para assegurar que estejam ligados 24h por dia”, explica o engenheiro argentino Claudio Nutkiewicz.

No mundo, há actualmente apenas 10 centrais heliotérmicas com capacidade superior a 121 MW. A maior é a de Ivanpah, no deserto do Mojave, nos Estados Unidos. Inaugurada em 2014, tem uma capacidade projetada de 392 MW, mas tem três torres de 190 metros de altura, o equivalente a 40 andares, que recebem luz de 173.500 heliostatos.

O projecto israelita é mais humilde no número de espelhos, um terço, mas inova ao contar com apenas uma torre, dez andares mais alta – que teria potencial maior na produção energética com custo menor do que o de erguer múltiplas torres.

Há outros mega-projetos em curso com torres altíssimas, em vez de várias mais baixas. Uma delas, na Austrália, ficará perto da de Ashalim: a Aurora Solar Energy terá uma torre de 227 metros de altura – 48 andares.

A central heliotérmica de Ashalim tem um custo estimado de 470 milhões de euros, e faz parte de um projeto mais amplo, o Megalim, uma joint-venture entre a General Electric, a BrightSource, empresa americana de energia solar que também construiu a central de Ivanpah, e o fundo israelita Noy, que investe em infraestrutura, com participação do Banco Hapoalim, o maior banco israelita.

No total, o projecto é estimado, em 680 milhões de euros, incluindo mais duas obras complementares: uma para armazenamento de energia solar de noite e outra de uma central com tecnologia fotovoltaica para produzir ainda mais energia. Juntos, os três projectos solares gerarão 310 MW, cerca de 2% das necessidades de Israel.

Mas as centrais heliotérmicas também têm críticos. Nos Estados Unidos, ambientalistas apontam para o fenómeno das aves mortas encontradas nas proximidades destas centrais. Segundo os ambientalistas, os pássaros são incinerados pela luz reflectida pelos espelhos, que pode alcançar 600° centígrados.

// BBC

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Compreendo os ambientalistas que sejam críticos com estes projetos, pois quanto mais aves morrerem incineradas pelo calor dos espelhos, menos sobram para os caçadores.
    Para além disso eles devem utilizar computadores à manivela, carros a pedais e outos equipamentos similares para poderem reduzir a sua pegada ecológica.
    Ser-se ambientalista, não é sinónimo de ser-se burro, mas lá que alguns parecem…

RESPONDER

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …

Relógio em Nova Iorque mostra o tempo restante para reverter efeitos do aquecimento global

O Metronome, icónico relógio digital de Nova Iorque, deixou de mostrar o tempo do dia-a-dia e mostra agora o tempo restante que o nosso planeta tem para reverter os efeitos do aquecimento global. O relógio digital …