Interesse na compra da TVI faz ações da Cofina subir mais de 5%

José Sena Goulão / Lusa

O Diretor de Informação da TVI, Sérgio Figueiredo

As ações da Cofina subiam esta segunda-feira mais de 5%, depois de na semana passada a dona do Correio da Manhã ter confirmado que estava a negociar com a Prisa a compra da Media Capital, dona da TVI.

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) levantou a suspensão da negociação das ações da Cofina e da Media Capital na passada sexta-feira (16 de agosto). No dia 14 de agosto, a negociação das ações da Cofina tinha sido suspensas pela CMVM, depois de o Expresso ter noticiado que a dona do Correio da Manhã estava em conversações com a Prisa para a compra da TVI.

Nesse mesmo dia, a Cofina confirmou que estava a negociar com a Prisa a compra da Media Capital, e um dia depois coube à empresa espanhola confirmar que estava em negociações em regime de exclusividade com a dona do Correio da Manhã sobre uma eventual venda da Media Capital.

Qualquer guia de fintech explica que a notícia da compra de uma empresa por outra faz  aumentar as ações de quem é vendido e, quase sempre, de quem compra. Foi este o caso da Cofina, que no início da sessão desta segunda-feira chegou a valorizar mais de 6%, seguindo cerca das 9h10 a ganhar 5,62% para 0,47 euros. As ações chegaram a estar a valorizar 14,61%, para 0,45 euros a meio da sessão.

Em 16 de agosto, a Cofina adiantou que estava a negociar com a Prisa a aquisição da Vertix, que detém 94,69% da Media Capital, admitindo lançar uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a dona da TVI.

A notícia seguiu-se a meses de especulação no mercado acerca do potencial interesse do grupo de media na estação de televisão.

A Cofina é dona do Correio da Manhã, CMTV, Jornal de Negócios e Record, entre outros meios de comunicação social, tendo já mostrado interesse em estar presente no mercado de televisão aberta. Não há ainda valores concretos para esta proposta.

A saída de Rosa Cullell da administração do grupo Media Capital terá marcado o início das negociações, aponta o jornal, que relaciona o avanço da Cofina com a desvalorização da TVI no mercado.

A estação de televisão, em forte quebra de audiências, era líder do mercado português – e o maior ativo da Prisa no nosso país – quando a Altice tentou comprar o grupo Media Capital.

As negociações em regime de exclusividade estarão em vigor durante um período de 30 dias, o qual poderá ser prorrogado por vontade das partes.

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …

China anuncia fim de novas centrais a carvão no estrangeiro

Segundo os especialistas, o impacto da medida deverá depender da forma como será implementada, podendo ter um grande impacto na luta contra as alterações climáticas. Num anúncio bem recebido por ativistas e organizações ambientes, a China …

Roménia vai distribuir €200 mil a quem tiver vacinação completa contra a covid-19

A Roménia anunciou uma "lotaria de vacinação" que distribuirá prémios de até 200.000 euros entre aqueles que tiverem a vacinação completa, na tentativa de elevar a taxa de imunização, a segunda mais baixa da União …

Antes da invasão ao Capitólio, Bannon ajudou a planear estratégia para "matar a presidência de Biden no berço"

O estrategista-chefe da campanha de Donald Trump, Steve Bannon, revelou que falou com o ex-Presidente antes da invasão ao Capitólio, a 06 de janeiro, discutindo as condições para "matar a presidência de [Joe] Biden no …

Costa prepara novo alívio de restrições para vigorar a partir de 1 de outubro

António Costa prepara-se para anunciar, na quinta-feira, o levantamento de um conjunto de restrições que vigoraram por causa da covid-19. O primeiro-ministro, António Costa, prepara-se para anunciar na quinta-feira o levantamento de um conjunto de restrições …

IPO Porto. Cirurgias fora do horário suspensas desde julho

As intervenções cirúrgicas feitas fora do horário normal estão suspensas no bloco central do IPO do Porto desde o dia 1 de julho. Os profissionais de saúde do IPO do Porto estão indisponíveis para realizar intervenções …

Rio critica "vigarice" das sondagens. Líder do PSD acredita na vitória de Moedas

Esta tarde, ao lado de Francisco Rodrigues dos Santos e de Carlos Moedas, Rui Rio apelou a que não se acredite nas sondagens que, "ou são mal feitas, ou são encomendadas: uma vigarice". O presidente do …

A prova que precisava: Sim, as máscaras protegem contra a covid-19 (mas há uma predileta)

As máscaras funcionam? Se sim, será melhor utilizar uma N95, uma máscara cirúrgica ou uma máscara de pano? No último ano e meio, os investigadores produziram muitas evidências laboratoriais sobre a eficácia das máscaras. Para muitas …

Trump processa sobrinha e New York Times por investigação sobre os seus impostos

O antigo Presidente norte-americano processou a sobrinha e o jornal The New York Times devido à divulgação de um artigo no qual é alegado que Donald Trump estaria envolvido em "esquemas de evasão fiscal". Donald Trump …