Inspirados na chita, cientistas desenvolvem o robô macio mais rápido de sempre

Quando pensamos em robôs macios, tendemos a imaginar dispositivos que se movem muito lentamente. O mais recente robô deste tipo é capaz de desafiar a nossa própria imaginação, movendo-se muito mais rapidamente do que os já existentes.

Totalmente inspirada pela biomecânica das chitas, o animal mais rápido do mundo, uma equipa de cientistas desenvolveu um novo robô macio capaz de se mover mais rapidamente, em superfícies sólidas ou na água, do que as gerações anteriores deste tipo de máquina autónoma. Além disso, adianta o portal EurekAlert, este robô consegue agarrar objetos gentilmente e levantar objetos pesados.

“Fomos inspirados pelas chitas a criar um tipo de robô macio que possui uma coluna biestável“, o que significa que o robô possui dois estados estáveis, explicou Jie Yin, da Universidade Estatal da Carolina do Norte e um dos autores do artigo científico, recentemente publicado na Science Advances.

Os cientistas conseguem alternar entre estes dois estados bombeando ar para os canais que revestem o robô de silicone. A troca entre os dois estados liberta uma quantidade significativa de energia “que permite que o robô exerça rapidamente uma força contra o solo, galopando pela superfície”.

Os robôs macios já existentes rastejam no solo como se fossem minhocas, o que limita a sua velocidade. Até agora, os robôs macios mais rápidos moviam-se a 0,8 comprimentos de corpo por segundo, em superfícies planas e sólidas.

Agora, a nova classe de robôs flexíveis, chamada LEAP, consegue atingir velocidades de até 2,7 comprimentos de corpo por segundo, ou seja, três vezes mais rápida do que a geração anterior, a uma frequência de atuação baixa de cerca de 3Hz. Estes robôs “galopantes” têm, aproximadamente, sete centímetros de comprimento e pesam cerca de 45 gramas.

A equipa demonstrou ainda que o design do LEAP poderia melhorar a velocidade de natação dos robôs macios: nos testes, um robô LEAP conseguiu nadar a uma velocidade de 0,78 comprimentos de corpo por segundo, em comparação com 0,7 comprimentos de corpo por segundo no robô de natação anterior.

O trabalho em equipa foi outro detalhe importante da investigação. Os cientistas demonstraram que, juntos, vários robôs flexíveis conseguiam levantar objetos delicados ou com um peso igual ou superior a 10kg, como se fossem uma pinça.

“As potenciais aplicações destes robôs incluem tecnologias de busca e resgate, onde a velocidade é essencial, e a robótica de fabricação industrial”, remata Yin.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Guarda de Honra ao Sporting? Jesus já foi "campeão três vezes" e nunca teve

Hoje é dia de dérbi na capital, mas o Benfica não vai fazer a Guarda de Honra ao campeão Sporting. É o treinador Jorge Jesus quem o diz, considerando que não é tradição no futebol …

Portugal permite entrada de turistas de quase toda a Europa (e não apenas do Reino Unido)

Na sexta-feira, fonte governamental revelou que as viagens não essenciais de e para o Reino Unido vão ser permitidas a partir de segunda-feira, bastando apresentar um teste negativo para a covid-19 realizado nas 72 horas …

FC Porto "pesca" em Paços de Ferreira. Há dois reforços a caminho do Dragão

O FC Porto já prepara a próxima época e há dois jogadores do Paços de Ferreira na órbita do Dragão. Bruno Costa e Eustáquio, a dupla que brilhou no meio-campo dos pacenses nesta temporada, vão …

Para já só 180 trabalhadores aceitaram acordo com a TAP. Discórdia pode levar a despedimento coletivo

A TAP já chegou a acordo com 180 pessoas na última fase do programa de medidas voluntárias. A expectativa da companhia é que saiam cerca de 500 trabalhadores, que se irão juntar às adesões contabilizadas …

Número de nascimentos em janeiro e fevereiro foi o mais baixo desde que há registos

Janeiro e fevereiro de 2021 tiveram os números mensais de nascimentos mais baixos desde que há registos, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE). Em janeiro nasceram com vida 5912 crianças (menos 19,3% que em janeiro …

China pousa pela primeira vez uma nave em Marte

A China anunciou este sábado que pousou com sucesso a sua primeira nave espacial na superfície de Marte, avançou a agência estatal Xinhua citando a Administração Espacial Nacional da China. Ao pousar na planície Utopia, no …

Garrafas de água, sumo e latas de cerveja podem vir a ter uma taxa até 15 cêntimos

O preço de embalagens de água, sumos ou cerveja vai passar, em 2023, a vir acompanhado de uma taxa de depósito. O valor da tara deve variar entre os 5 e os 15 cêntimos. Como noticia …

Banco Montepio passa de lucros a prejuízos de 15,9 milhões no primeiro trimestre

O Banco Montepio registou prejuízos de 15,9 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano em comparação com lucros de 5,4 milhões no mesmo período do ano passado, foi divulgado esta sexta-feira ao mercado. De acordo …

Aviso da PSP a negar festejos em Alvalade andou “perdido” na CML. Medina sacode responsabilidades

O Sindicato dos Oficiais da PSP garante que município foi “redundantemente alertado” para entendimento de que devia ser recusada colocação de ecrãs gigantes junto a Alvalade. Contudo, a autarquia diz não ter informado os promotores …

Metrópole no Camboja medieval. Estudo mostra quantas pessoas viveram no Império de Angkor

Um novo estudo arqueológico mostra quantas pessoas viveram no antigo Império de Angkor ao longo do tempo. A população era comparável à da Roma antiga. Quão grandes eram as antigas cidades? No seu auge, há cerca …