/

INSA confirma: Há 16 casos da nova variante em Portugal Continental

Dezasseis casos da nova variante do SARS-CoV-2, recentemente detetada no Reino Unido, foram já identificados em Portugal Continental, indicou, este domingo, o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge.

Tal como tinha sido noticiado pela RTP, ao final da manhã, estes 16 casos juntam-se aos outros 18 da Região Autónoma da Madeira, segundo informações avançadas pelo presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque.

A nova variante, mais contagiosa, foi sinalizada no âmbito da atualização do “Estudo da diversidade genética do novo coronavírus SARS-CoV-2 (covid-19) em Portugal”, desenvolvido e coordenado pelo Instituto Ricardo Jorge, em colaboração com o Instituto Gulbenkian de Ciência.

O trabalho já permitiu analisar 2290 sequências do genoma do novo coronavírus, obtidas de amostras colhidas em mais de 65 laboratórios, hospitais e instituições de 199 concelhos.

Nesta nova atualização, foram inseridas mais 22 sequências com o objetivo de pesquisar a presença da estirpe recentemente identificada no Reino Unido, indica o Instituto Ricardo Jorge, em comunicado.

“Entre as novas sequências agora analisadas, provenientes de 13 amostras colhidas no aeroporto de Lisboa e nove amostras colhidas noutros locais, o Instituto destaca a deteção de 16 sequências da nova variante”, sublinha o texto.

A nova variante foi detetada, pela primeira vez, em dezembro, no Reino Unido, um dos países europeus mais atingidos pela covid-19, com 75.024 mortes. Esta estirpe já é responsável por 62% das novas infeções só na capital britânica, Londres.

A rápida propagação do coronavírus, atribuída à nova variante, levou hoje o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, a avisar que poderão ser decretadas restrições mais rigorosas.

Em Portugal somaram-se, este domingo, mais 73 mortes e 3384 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico da DGS indica ainda que estão internadas 3044 pessoas, mais 186 do que no sábado, das quais 500 nos cuidados intensivos (mais oito).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 7118 mortes e 427.254 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 77.601, mais 926 do que no sábado.

  // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.