Na Índia, usar cigarros eletrónicos já pode dar prisão

O Governo indiano anunciou esta quinta-feira a proibição de cigarros eletrónicos no país, de 1,3 mil milhões de pessoas, numa ação que pretende ser a favor da saúde e contra os vícios.

“A decisão foi tomada devido ao impacto que os cigarros eletrónicos estão a ter na juventude de hoje”, disse o ministro das Finanças, Nirmala Sitharaman, numa conferência de imprensa. “Tornou-se uma moda experimentá-los, usá-los”, acrescentou.

Um decreto aprovado pelo Governo do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, proíbe a produção, importação ou exportação, transporte, armazenamento e venda de cigarros eletrónicos. Uma primeira infração é punível com um ano de prisão e/ou multa de 100.000 rupias (1.270 euros), até três anos e/ou 500.000 rúpias (6.300 euros) em caso de reincidência.

Essa medida “melhorará a política de controlo do tabaco, promovendo melhores resultados em termos de saúde pública”, disse o Governo na conta do seu serviço de imprensa no Twitter.

A proibição de cigarros eletrónicos na Índia ocorre após a proibição pelo estado norte-americano de Nova Iorque de comercializar este produto com aroma no seu território. Nos EUA, já sete pessoas morreram vítimas de doença pulmonar associada ao uso dos cigarros eletrónicos. Já foram registados 380 casos de doença pulmonar associada ao uso destes dispositivos em 36 estados norte-americanos.

Os cigarros eletrónicos, considerados “inegavelmente prejudiciais” num relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), enfrentaram recentemente um aperto na sua regulação em todo o mundo, principalmente nos EUA. O processo consiste na inalação de vapores criados pelo aquecimento de um líquido a uma temperatura alta, que na maioria contém nicotina, dentro do cigarro eletrónico. Este produto tem crescido em popularidade desde seu surgimento, em meados dos anos 2000.

O processo é apresentado pelos seus defensores como muito menos perigoso para a saúde do que os cigarros tradicionais, mas os legisladores e as autoridades de saúde em todo o mundo temem que isso acabe por levar os jovens a fumar tabaco.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Outros demagogos! Um país com graves problemas de subnutrição, falta de acesso a cuidados médicos, ausência de saneamento e água potável canalizada, prefere preocupar-se com este produto. Nunca se preocuparam com o consumo de tabaco mas agora até parece que o tabaco é um produto inofensivo em comparação com o vapor de nicotina. Os milhões de casos de cancro de pulmão provocado pelo fumo nunca levou a qualquer proibição. Preferem imitar os gringos com esta medida fácil e assim se acham pessoas muito evoluídas. Preferem também enviar objetos para Marte e Lua, afrontar a China e o Paquistão, importar armamento, a trabalhar para o bem estar do povo ou fazer qualquer coisa para acabar com a miserável sociedade de castas.

RESPONDER

PAN não terá candidato próprio nas presidenciais (e deverá apoiar Ana Gomes)

O Partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) não vai ter candidato próprio às eleições presidenciais de 2021 e vai anunciar esta quinta-feira o candidato que irá apoiar. O semanário Expresso avança que, até agora, a única certeza é que …

Cientistas mostram que os corvos são capazes de pensar de forma consciente

Um novo estudo descobriu que os corvos não são só inteligentes, como mostram também ter uma forma de consciência, sendo capazes de estar conscientes do mundo à sua volta no presente. De acordo com o site …

"Alto risco". África do Sul proíbe entrada de turistas de Portugal

Os turistas oriundos de Portugal não vão ser autorizados a entrar na África do Sul, quando o país africano reabrir as fronteiras internacionais na quinta-feira, anunciou esta quarta-feira o ministro do Interior sul-africano. Portugal consta de …

Descoberta rara. Encontrado vapor de água salgada em torno de duas estrelas bebé gigantes

Uma equipa de investigadores descobriu um par de estrelas bebé massivas rodeadas por vapor de água e sal de cozinha, de acordo com um novo estudo. As duas estrelas bebé têm uma massa combinada 25 vezes …

Sonda da NASA deteta nanojatos na coroa solar (e desmistifica a sua extrema temperatura)

Uma equipa de cientistas, liderada pelas Universidades de Northumbria e St. Andrews, em cooperação com a NASA, descobriu um novo tipo de atividade dentro da atmosfera do Sol que poderia explicar como é que a …

Barry Jenkins vai realizar sequela de "O Rei Leão"

O realizador e argumentista de Moonlight foi escolhido pela Walt Disney Studios para realizar a sequência do blockbuster de 2019, O Rei Leão. Ainda não há uma data de lançamento prevista para o segundo filme, mas …

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …

Pássaros de São Francisco aprenderam uma nova (e mais complexa) melodia durante a pandemia

Uma nova investigação científica relata que os pardais-de-coroa-branca de São Francisco, ave que vive nas zonas urbanas e rurais da cidade norte-americana, aprenderam uma nova e mais complexa melodia durante a pandemia. De acordo com …

Enorme espinha dorsal de tubarão-branco dá à costa em Massachusetts depois de uma tempestade

A espinha dorsal que se acredita pertencer a um espécime de tubarão-branco (Carcharodon carcharias) deu à costa numa praia em Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de uma tempestade ter atingido a região. A espinha foi encontrada …

A China está a tornar-se o país com maior influência na ONU

Há dez anos, a China começou uma operação que lhe tem vindo a garantir mais influência nas Nações Unidas. Agora, o poder que possui na organização mundial protege o país asiático do escrutínio internacional. De acordo …