EUA vão retirar do mercado cigarros eletrónicos com sabores

O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou esta quarta-feira, durante uma reunião na Casa Branca, que os cigarros eletrónicos com sabores vão ser retirados do mercado.

Depois da morte de seis pessoas por doença pulmonar que se suspeita estar associada à utilização de cigarros eletrónicos, e de outros 450 casos semelhantes terem sido reportados, Trump considera que são necessárias “medidas fortes” para “proteger crianças inocentes dos potenciais riscos destes cigarros”.

A FDA (Food and Drug Administration, que controla a qualidade alimentar e dos fármacos no país) ainda estará a trabalhar no assunto, sendo expectável a divulgação em breve de novas orientações, segundo informou Alex Azar, secretário de Estado da Saúde e Serviços Humanos, no Twitter.

Na terça-feira, foi confirmada a morte de uma sexta pessoa, que residia no estado do Kansas, tinha 50 anos e um historial de problemas de saúde. A vítima terá dado entrada no hospital com vários sintomas que terão progredido rapidamente.

Não foram avançados quaisquer detalhes sobre o tipo ou modelo de cigarro eletrónico utilizado, à semelhança do que aconteceu nas cinco mortes anteriores, a primeira ocorrida a 23 de agosto, no Illinois, a segunda em Oregon e as seguintes nos estados de Indiana, Minnesota e Califórnia.

Foram registados 450 casos de doença pulmonar causada potencialmente pelo uso de cigarros eletrónicos em 33 estados norte-americanos. As vítimas começaram por apresentar sintomas como tosse, dor no peito e dificuldade em respirar, e num curto período do tempo a sua saúde deteriorou-se ao ponto de terem de ser hospitalizados. Outros pacientes apresentaram náuseas, vómitos, diarreia, fadiga e perda de peso.

Segundo uma análise preliminar realizada pelo Centro de Controlo e Prevenção de Doenças dos EUA, a maioria dos consumidores recorreu a produtos que continham compostos da canábis, incluindo THC (tetraidrocanabinol), substância psicoactiva encontrada na canábis, refere o jornal The Hill.

O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças apelou aos consumidores para que não utilizem cigarros eletrónicos.

Os cigarros eletrónicos retirados do mercados são cigarros com sabor, que tem que ver com o número crescente de jovens norte-americanos que utilizam estes cigarros.

Esta semana, de acordo com o Expresso, as autoridades de saúde federais norte-americanas criticaram a empresa Juul Labs, uma gigante na área da comercialização de cigarros eletrónicos, por ter feito “publicidade enganosa dos seus produtos”, apresentando-os em escolas e a alunos como uma alternativa mais saudável aos cigarros tradicionais.

A cidade de São Francisco anunciou em junho que ia proibir a venda de cigarros eletrónicos em 2020.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Trump está a "ter o seu próprio Brexit": tirar os EUA da União Postal Universal

Os EUA podem estar prestes a sair de um tratado misterioso que governa a entrega global de correspondências, deixando os remetentes comerciais, gerentes de correspondência militar e milhões de americanos estrangeiros preocupados. A Casa Branca diz …

Ativista Greta Thunberg arrasa congressista republicano nos EUA

Com tranquilidade e humor, a ambientalista sueca de 16 anos Greta Thunberg mostrou na quarta-feira que é um osso duro de roer em pleno Congresso dos Estados Unidos (EUA), ao devolver o argumento usado por …

Conselho de Disciplina nega recurso e confirma suspensão de Bruno Fernandes

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) rejeitou esta sexta-feira o recurso apresentado pelo Sporting relativo à expulsão de Bruno Fernandes, tendo mantido a partida de suspensão aplicada ao médio leonino. Em …

Mães acusam escola em Lisboa de racismo na divisão de turma

A Escola Básica S. Vicente, em Telheiras, Lisboa, foi acusada de fomentar a divisão racial e está a ser investigada pela Inspecção-Geral da Educação e Ciência (IGEC).  Foi Sandra Monteiro, de 36 anos, assistente técnica num …

TripAdvisor ganha processo contra restaurante que reclamou das críticas

O juiz de um tribunal espanhol considerou que os filtros utilizados pelo TripAdvisor funcionaram e que o dono dos restaurantes poderia ter denunciado o perfil dos utilizadores que escreveram os comentários alegadamente negativos. O proprietário de …

Twitter fecha milhares de contas por divulgarem notícias falsas. Mais de 200 associadas ao PP de Espanha

O Twitter anunciou esta sexta-feira que fechou milhares de contas em todo o mundo por divulgarem notícias falsas e propaganda pró governamental, em países como os Emirados Árabes Unidos, Egito e Espanha. As contas criadas na …

Remessas de emigrantes crescem 12,5% até julho

As remessas dos emigrantes portugueses voltaram a disparar. Crescem nos primeiros sete meses deste ano em 12,5% e já valem mais de 2,3 mil milhões de euros. A manter-se este ritmo, caminham para superar largamente …

Parecer da PGR sobre empresas de familiares de políticos dá razão a António Costa

O primeiro-ministro decidiu esta sexta-feira homologar o parecer do Conselho Consultivo da Procuradoria Geral da República (PGR) sobre incompatibilidades e impedimentos de políticos, no qual se recusam interpretações estritamente literais - e até inconstitucionais - …

Cuba considera "injustificada" a decisão dos Estados Unidos de expulsar diplomatas

O Governo de Cuba considerou "injustificada" a expulsão dos dois diplomatas, acusados pelos Estados Unidos de "atividades que comprometem a segurança nacional". O Governo de Cuba considerou esta quinta-feira "injustificada" a expulsão de dois dos seus …

Fisco perde recurso e vai ter de devolver parte de imposto sobre carro usado importado

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) perdeu o recurso que tinha interposto no Supremo Tribunal Administrativo (STA) e vai mesmo ter de devolver a um contribuinte parte do Imposto sobre Veículos (ISV) cobrado na importação …