EUA vão retirar do mercado cigarros eletrónicos com sabores

O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou esta quarta-feira, durante uma reunião na Casa Branca, que os cigarros eletrónicos com sabores vão ser retirados do mercado.

Depois da morte de seis pessoas por doença pulmonar que se suspeita estar associada à utilização de cigarros eletrónicos, e de outros 450 casos semelhantes terem sido reportados, Trump considera que são necessárias “medidas fortes” para “proteger crianças inocentes dos potenciais riscos destes cigarros”.

A FDA (Food and Drug Administration, que controla a qualidade alimentar e dos fármacos no país) ainda estará a trabalhar no assunto, sendo expectável a divulgação em breve de novas orientações, segundo informou Alex Azar, secretário de Estado da Saúde e Serviços Humanos, no Twitter.

Na terça-feira, foi confirmada a morte de uma sexta pessoa, que residia no estado do Kansas, tinha 50 anos e um historial de problemas de saúde. A vítima terá dado entrada no hospital com vários sintomas que terão progredido rapidamente.

Não foram avançados quaisquer detalhes sobre o tipo ou modelo de cigarro eletrónico utilizado, à semelhança do que aconteceu nas cinco mortes anteriores, a primeira ocorrida a 23 de agosto, no Illinois, a segunda em Oregon e as seguintes nos estados de Indiana, Minnesota e Califórnia.

Foram registados 450 casos de doença pulmonar causada potencialmente pelo uso de cigarros eletrónicos em 33 estados norte-americanos. As vítimas começaram por apresentar sintomas como tosse, dor no peito e dificuldade em respirar, e num curto período do tempo a sua saúde deteriorou-se ao ponto de terem de ser hospitalizados. Outros pacientes apresentaram náuseas, vómitos, diarreia, fadiga e perda de peso.

Segundo uma análise preliminar realizada pelo Centro de Controlo e Prevenção de Doenças dos EUA, a maioria dos consumidores recorreu a produtos que continham compostos da canábis, incluindo THC (tetraidrocanabinol), substância psicoactiva encontrada na canábis, refere o jornal The Hill.

O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças apelou aos consumidores para que não utilizem cigarros eletrónicos.

Os cigarros eletrónicos retirados do mercados são cigarros com sabor, que tem que ver com o número crescente de jovens norte-americanos que utilizam estes cigarros.

Esta semana, de acordo com o Expresso, as autoridades de saúde federais norte-americanas criticaram a empresa Juul Labs, uma gigante na área da comercialização de cigarros eletrónicos, por ter feito “publicidade enganosa dos seus produtos”, apresentando-os em escolas e a alunos como uma alternativa mais saudável aos cigarros tradicionais.

A cidade de São Francisco anunciou em junho que ia proibir a venda de cigarros eletrónicos em 2020.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Vaiado em Boticas, Galamba diz que foi obrigado a dar concessão de exploração de lítio

Depois de ter sido recebido com protestos em Boticas, devido à exploração do lítio, o secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba, assegurou que o Governo foi obrigado a dar a concessão, em …

Juventus quer esquecer drama com Ronaldo, mas colegas esperam pedido de desculpas

A Juventus vai reunir-se com Cristiano Ronaldo para resolver a situação da forma mais pacífica possível. Os colegas de equipa esperam um pedido de desculpas do português. A novela de Cristiano Ronaldo no último jogo da …

A cidade do futuro está a chegar. Volocopter promete táxis voadores já em 2022

A empresa alemã Volocopter prometeu na Web Summit que os seus táxis aéreos estarão a operar de forma comercial dentro de dois ou três anos. Em declarações ao ZAP, Alexander Zosel, co-fundador da empresa, disse …

João Mário dispensado dos trabalhos da seleção por lesão

O médio, um dos 25 convocados para os duelos de Portugal com Lituânia e Luxemburgo, de apuramento para o Euro 2020, foi dispensado da seleção nacional, esta segunda-feira, devido a problemas físicos. De acordo com uma …

12 mil anos de história genética mostram que todos os caminhos vão (mesmo) dar a Roma

Afinal, pode haver alguma verdade no famoso provérbio que diz que "todos os caminhos vão a Roma". Essa é a conclusão de investigadores que descobriram a rica história genética da área. No auge do Império Romano, …

Nuno Manta Santos anuncia saída do Marítimo

Nuno Manta Santos deixou de ser o treinador do Marítimo, anunciou, esta segunda-feira, o técnico na sua página do Facebook, deixando a equipa insular no 14.º lugar da I Liga portuguesa de futebol. A saída do …

Marcelo nota "salto" nas relações com Itália mas deixa um desafio à comunidade portuguesa

Esta segunda-feira, em Roma, o Presidente da República considerou que houve "um salto humano" nas relações luso-italianas e um "estreitamento" em termos culturais, económicos e políticos, mas pediu à comunidade portuguesa para "ir mais longe". "Agora …

Falta de funcionários. Brandão Rodrigues responsabiliza algumas escolas por atraso no processo

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, lembrou que algumas escolas demoraram a iniciar o processo de contratação de funcionários, garantindo que atualmente há muito mais assistentes e novas formas de colmatar as necessidades dos …

Cientistas inventam novo método para testar neurotoxinas letais sem usar cobaias

Os testes em animais não vão ser mais precisos relativamente a um grupo de neurotoxinas mortais, graças a uma nova investigação da Universidade de Queensland, na Austrália. Por mais benéfica que a Ciência seja para a Humanidade, …

México concede asilo a Morales. Ex-Presidente da Bolívia promete regressar "com mais força"

O ex-Presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou na segunda-feira que está de partida para o México, país que lhe concedeu asilo político, mas prometeu regressar brevemente "com mais força e energia", um dia depois de …