São Francisco poderá ser a primeira cidade a proibir venda de cigarros eletrónicos

Se esta decisão for aprovada pela FDA, São Francisco vai tornar-se a primeira cidade a banir a venda de cigarros eletrónicos.

De acordo com o Observador, a Câmara de Supervisores de São Francisco, nos EUA, aprovou uma portaria que proíbe o fabrico e a venda de produtos de tabaco na cidade, nos quais se incluem os cigarros eletrónicos.

Os supervisores foram unânimes na votação, considerando que os cigarros eletrónicos são uma “epidemia”, sobretudo entre os mais jovens, e que têm “apagado o progresso feito na redução do tabaco” nessa faixa etária.

O governo de São Francisco considera que, com esta decisão, se reafirma “a recusa em permitir que a cidade seja usada para atividades que contribuam para o peso do uso do tabaco”.

Tal como recorda o jornal online, há um ano a mesma cidade já tinha proibido a venda de tabaco aromatizado, incluindo os cigarros de mentol e os líquidos aromatizantes para cigarros eletrónicos.

A medida está a levar preocupações junto dos comerciantes e, por isso, a Câmara decidiu criar um grupo de trabalho para os auxiliar nos problemas que possam vir a ter no futuro.

Entre os argumentos utilizados para contestar a medida está, por exemplo, a ideia de que estes cigarros eletrónicos são “uma alternativa mais saudável aos cigarros tradicionais” e o facto de esta proibição deixar “os cigarros tradicionais nas prateleiras como única escolha para os fumadores adultos”.

Esta decisão ainda vai ser alvo de votação final na próxima semana e tem de ser aprovada pela Food and Drug Administration (FDA), agência federal que regula alimentos e medicamentos nos EUA.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.