/

Incidência e R(t) recuam em dia com mais 1.023 infetados e sete mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 1.023 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas 24 horas, 1.023 novos casos positivos de covid-19 e sete óbitos.

A região de Lisboa e Vale do Tejo é a que regista mais infeções esta sexta-feira (374), seguida imediatamente pelo Norte, que contabiliza 372 novos casos. Segue-se a região Centro (143), o Algarve (78), o Alentejo (37), a Madeira (13) e os Açores (6).

Dos sete óbitos, três foram registados em Lisboa e Vale do Tejo, dois no Norte, um no Centro e um no Algarve.

Os internamentos voltaram a descer. Há, agora, 474 doentes internados no país, menos 23 do que na quinta-feira, e 97 pessoas em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), menos seis do que no último boletim.

Nas últimas 24 horas, 1.555 pessoas recuperaram da doença, num total de 1.007.911 recuperados desde o início da pandemia. Portugal tem hoje 34.626 casos ativos, menos 539 em relação ao dia anterior, e 31.704 contactos em vigilância.

Em relação à matriz de risco, o índice de transmissibilidade R(t) recuou de 0,84 para 0,83 a nível nacional e a taxa de incidência é agora de 173,6 casos por 100 mil habitantes. No continente, o R(t) é de 0,82 e a incidência situa-se nos 177,9 casos de infeção.

  Liliana Malainho, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE